exalam

Já me cansei de amores incompletos, de amores fantasiados, de amores doentios, e principalmente, cansei da falta de amor. Já cansei de tanto “e se”, cansei de tanto engolir “sapos”, da sensação de estar ferindo alguém, de me sentir excluída de tudo, e de me sentir usada. Cansei de esperar as pessoas “corretas”, cansei de sonhar com um mundo melhor, cansei de viver em tanta hipocrisia, cansei dos risos falsos, cansei dos abraços que exalam veneno, cansei da estupidez humana, cansei de tanta indolência. Mas sabe do que eu nunca me canso? Nunca me canso de namorar teus olhos, nunca me canso de beijar seus lábios que fazem o tempo parar, acelerar as batidas do meu coração e arrepiar até o último fio de cabelo, aquecendo então, minh'alma. Esses teus beijos que dão sensação de infinito, não me canso deles, meu amor.
—  A luz dos olhos teus.
Não, eu não sou uma pessoa apaixonável.
As pessoas, ao me conhecer, logo avisam: não se apaixone por mim. O problema não sou eu, é você. Assim, na cara dura, sem rodeios. Não sei o que tenho de tão errado que assusta as pessoas. Talvez seja minhas palavras que exalam romantismo, ou meu jeito torto que exala medo, ou minhas roupas que não são de marca e não combinam. Nem vou falar da minha estrutura física e dos meus defeitos, nem é preciso. Pois as pessoas sempre acrescentam: o problema é você, porque você é demais para mim, você é incrível e merece alguém melhor. Nem preciso falar que acho tudo isso uma grande baboseira. Quem em sã consciência dispensaria alguém melhor que si próprio? Tenha decência e mais humildade em reconhecer que não sou suficiente, ou que sua vida vazia não é capaz de suportar um coração que transborda.
—  Jadson Lemos.
O meu amado fala e me diz: Levanta-te, meu amor, formosa minha, e vem. Porque eis que passou o inverno; a chuva cessou, e se foi; Aparecem as flores na terra, o tempo de cantar chega, e a voz da rola ouve-se em nossa terra. A figueira já deu os seus figos verdes, e as vides em flor exalam o seu aroma; levanta-te, meu amor, formosa minha, e vem.
—  Cânticos 2:9-13.
O cosmos se agita com a tua chegada, mon cher. Teus poros exalam poesia pelo ar que nos envolve, cada palavra que saí de tua boca é como uma nota musical que compõe delicadamente uma canção de ninar, teu toque agita todo o universo e além dele, agita o vazio de minha alma e o preenche de esperança, o sol entra novamente pelas vidraças de meu peito, nossos olhares se cruzam, e trocam sorrisos. As flores que outrora estavam mortas em meu peito renascem e a cada toque, cada gesto o jardim de minha alma se refaz.
—  Felipe Bueno.
Não sei lidar com a tua presença, nem com todos os teus detalhes. É demais pra mim, entende? Todos esses sentimentos que exalam pelo meu corpo quando penso em ti, é muito pra mim. Eu não sei mais como posso encarar isso, encarar você. Perdi a coragem, a sensatez, não consigo mais ver um lado bom nisso tudo, — mesmo eu sendo o mais otimista de todos — eu só quero desistir. Lutar por tudo isso dói e eu já cansei de sofrer, e de sentir e de amar. Não sou mais o mesmo perto de ti e eu não gosto disso. Desculpe, mas eu estou desistindo de você e de todas as consequências que você me causa.
—  Curastes troca palavras com Ponderamos

sofro de uma intensidade intrínseca
ou mergulho, ou nem molho os pés
ou me jogo com tudo,
ou nem dou o primeiro passo.
minh'alma tem mania de mar
e não se contenta em sentir por partes
não há temperança no meu vocabulário
mas uma necessidade insaciável de arte
meus desejos exalam pelos poros
nunca pude controlar meu transbordar
em cada coisa que fizer,
e em cada canto que eu chegar
serei alma sem pestanejar

Silas Tosta

O coração agradecido é como um ímã, que paira sobre o dia, coletando razões para gratidão. Obrigada, Deus. Seus pulmões inalam e exalam 11.000 litros de ar por dia. Obrigada, Deus. Ele faz com a ansiedade, o que o sol da manhã faz com a névoa. Obrigada, Deus.
—  Max Lucado
paradoxal

inconstantes surpresas
plurais, vivas
vêm contemplar a beleza
de um sonho incerto.
Se ele sempre existiu ou
só agora surgiu,
não sei.
o certo é que
neste inverno,
numa tarde fria
sombria
até os ventos exalam
cheiro de café.

Gogos EP 01

                                                   
Á história dos Gogos se passa em um lugar distante da realidade, um lugar onde não existem leis físicas ou algo que pode-se considerar “impossível”, um lugar mágico, repleto de maravilhas e coisas inacreditáveis jamais vistas por ninguém..

Os gogos são mini-criaturas, do tamanho de uma bala doce, pequenos mais porém seres incríveis e misteriosos por serem tão extraordinários. Criaturas engraçadas e divertidas, que exalam alegria. Curiosos e astutos, inteligentes e fortes, BONS E MAUS. Estes seres fascinantes contagiam, logo ao saber de suas histórias empolgados todos ficaram..

Mais os Gogos simplesmente não podem ser vistos em terra por qualquer um, apenas os merecedores de coração puro, como, o coração de uma criança, possui tal habilidade de ver os Gogos.

Mais no momento, não vamos falar de histórias entre o Homem e os Gogos, vamos falar da história dessas criaturinhas divertidas, e loucas que vamos ver por aqui.

Na nossa história, os Gogos vivem em Gogoland, um complexo Gogo que ficava em algum lugar ai. Para chegar nesse determinado local, os Gogos passaram por muitas dificuldades com sua nave. Sim eles tem uma nave. Os Gogos enfrentaram diversas barreiras como, a falta de energia, e combustível na nave gogo.

 Os gogos tiveram de parar em um determinado local, para recarregar a energia, e combustível da nave. Esse procedimento, durou apenas algumas horas, porém, foi o suficiente para eles se depararem com os perigos que haviam do lado de fora da nave, os perigos que o mundo proporcionaria a eles, naquele momento em diante.

Eram Lagartos, carnívoros e com fome, um pouco maiores que os Gogos, estavam em um bom numero para acabar com a maioria deles. Famintos e com raiva, os lagartos foram depressa atacar, mais não contavam que os Gogos eram bem inteligentes.

 Um dos gogos, Ayu, já teria percebido á presença dos carnívoros muito antes deles darem o primeiro passo, e rapidamente se organizou, formando um esquadrão defensivo para conter a ameaça. Ayu, e seu esquadrão, rapidamente se direcionaram para o combate aos carnívoros, e assim, surpreendendo os atacantes, Ayu, utilizando suas “habilidades NINJA”, junto de seu esquadrão, em um combate, derrotaram todos os lagartos, e os espantaram para fora da zona em que á nave gogo se localizava, eliminando a ameaça, e a nave do perigo. E assim, salvando o dia.

AYU era um gogo NINJA, Sábio, e astuto, um gogo que se preocupava com os seus amigos Gogos, e tinha um espírito heroico. Estava sempre disposto a ajudar, e se sacrificar, pelos seus amigos, e pelo bem. Com suas Habilidades, e sabedoria milenar NINJA, Ayu, era um HERÓI, e um Gogo corajoso, e Valente. Este é o nosso Herói, em que teremos o prazer de contar as sua histórias, junto-o dos outros bravos e destemidos Gogos, e as aventuras destes carinhas.

Mais tudo isso em que acabamos de ver, foi só uma das mais diversas dificuldades em que os nossos amigos Gogos tiveram de enfrentar.

Seguindo viagem, com á nave já carregada, e pronta para aguentar mais léguas e grandes distâncias, os gogos sem deixar ninguém para trás, voaram para o seu destino. Para o local aonde será á sua casa, mais nessa viagem ainda teria de acontecer muita coisa. E não tava demorado para que acontecesse algo, que acabaria com á paz dos Gogos, e ali mesmo dentro da nave, aconteceram conflitos. Discussões, brigas, e bate bocas. Não sabe-se lá o determinado motivo do porquê disso tudo, mais era um motivo gogo bem     peculiar. Tinha gogo se batendo, se xingando, e muita coisa mais, porém, rapidamente surge alguém que iria solucionar isso tudo. Que iria dar um fim aquilo tudo. E o fez, e quem fez, o nome desta gogo seria Summy, a gogo ROCHKEYRA, que tinha um ótimo poder em sua conversa, e  conseguia persuadir bem rápido, com seu poder de persuasão. Summy, organizou um palco improvisado dentro da nave gogo, e pegou seu instrumento musical, á sua guitarra, para mostrar aos Gogos o seu verdadeiro poder. O PODER DA MÚSICA.

 Sozinha, Summy organizou o seu show musical e mostrou para todos o seu talento. Acabando do que seria um MONTÃO DE GOGOS brigando, em, um show musical gogo dentro da nave. E todos que estavam brigando e discutindo, pararam para se unir e curtir o show da Summy. E assim, a nave gogo partiu tranquila.

A nave continuou á sua longa viagem até seu destino. Mais ainda tinha mais coisa pra acontecer com os nossos amigos Gogos. Chegando um pouco próximo ao destino, nossos amigos se depararam com mais uma barreira. Mais essa nova situação em que os Gogos estavam, era bem mais difícil do que tudo oque eles teriam passado antes, naquele momento, os nossos amiguinhos Gogos estavam prestes á enfrentar UM FURACÃO. Algo que eles nunca tinham visto antes, e isso os amedrontava. O furacão estava no meio do caminho dos Gogos. Eles não tinham para onde ir, não há tempo. Eles teriam de enfrentar o furacão.

Ninguém sabia oque fazer, os Gogos estavam com medo, teriam de pensar depressa ou, o furacão os sugaria e acabaria com os Gogos. Eles não tinham muito tempo, precisavam de uma solução, e rápido. Até que um gogo teve uma ideia, uma ideia que além de ser meio maluca, era uma ideia que poderia dar certo. E poderia salvar os Gogos. TRIMOL o gogo forte, era na verdade um brutamonte de tão forte que era, tinha braços enormes e um corpo todo baseado em músculos e força, seu poder, era á força.

As asas da nave teriam sido danificados devido ás ações do furacão. Os Gogos estavam sem direção, e estavam indo direto para o furacão, eles tinham de fazer uma manobra de desvio, e sair da reta do furacão rapidamente, antes que o furacão os sugasse, e acaba-se com todos.

Então, foi oque rapidamente Trimol entrou em ação, com á sua grande ideia;

TRIMOL:_ Pessoal !! eu tenho uma ideia. Todos vão para o lado oeste da nave !! Vamos virar essa nave, e desviar desse furacão com o nosso peso.

Gogos:_ Sim !!! Por incrível que pareça, é uma ótima ideia Trimol !! Acho que á sua única, e primeira ótima ideia..!!

Ayu:_ Sim !! Vamos fazer isso pessoal !! Não é todo dia que o Trimol tem uma ideia, muito menos uma ótima ideia, e talvez, essa seja a nossa unica chance !! OK galera vamos lá !!!

Coordenando os Gogos, Ayu, moveu todos para o lado oeste da nave conforme o plano de Trimol. Todos os Gogos ficaram bem juntinhos ali naquele pequeno canto da nave. Acumulando o seu peso, para a nave se mover para o lado oeste, e conseguir assim, contornar o furacão que aos poucos sugava os Gogos para dentro de si.

Então os Gogos seguindo o plano de Trimol, fizeram o que ele mandou. E conseguiram manobrar a nave. Porém, havia um problema, a nave estava realizando o seu desvio em uma velocidade que não poderia salva-los do furacão, se os Gogos quisessem escapar, a nave teria de realizar o seu desvio do furacão um pouco mais rápido, mais todos os gogos que estavam dentro da nave já estavam no lugar certo para direcionar o peso para a nave fazer sua manobra. Porém, mesmo assim os Gogos precisavam de mais alguma coisa.

Eles precisavam de um empurrão. Uma força que iria diferenciar tudo, uma força que iria bota-los para fora da direção de perigo do furacão. Foi aí que, TRIMOL, olhou para si mesmo, e buscou dentro de si, á força que todos os Gogos precisavam para sair daquela enrascada, a força que salvaria todos os Gogos naquele momento. Então Trimol ergueu-se, e gritou bem alto:

TRIMOL:_ Se segureemm firmeee !!!!

E naquele grito que inspiraria os Gogos, com á sua coragem e valentia, Trimol ergueu sua força, carregou seus poderes, e se lançou em um grande pulo contra a parede oeste da nave gogo. Pulando como uma bala ele se lançou, e no ar juntou seu poder, ergueu seus braços, e atacou a parede oeste da nave. Em um super soco que acertou a parede com tanta força, que foi o suficiente para mover rapidamente á nave de curso. Assim, conseguindo realizar a manobra da nave, e escapar do furacão que afrontava os Gogos.

Desviando a nave, Trimol, Ayu, e os outros Gogos, todos comemoraram. Eles teriam conseguido, teriam eles escapado das garras do furacão, e assim salvado-se. Mas os Gogos teriam passado por um momento bem difícil, e urgentemente precisavam descansar, então, logo depois que saíram da zona de perigo do furacão, pousaram á nave imediatamente. Desceram todos os Gogos, para brincar, e comemorar mais uma vitória, e a sobrevivência..

Eles necessitavam deste descanso, teriam passado por algo que os teria deixado muito pressionados. Todos foram acampar ali naquele local, afinal, a nave gogo teria de ser consertada devido aos danos que furacão fez.  Juntaram-se uma equipe de Gogos inteligentes para resolver os problemas da asa da nave gogo. Estes são: Stein, Blotan, Prime e Cobol. Estes, se-reuniram para concertar a nave, enquanto os outros Gogos se divertiam, para logo mais, dormir, e mais tarde partir.

Enquanto os Gogos descansavam, e os intelectuais trabalhavam na nave, Ayu e Trimol, estavam acordados conversando sobre oque tinha acontecido;

AYU:_ Trimol, você sabe que oque fez, foi algo muito arriscado, não sabe ?

TRIMOL:_ Sim Ayu. Eu sei oque fiz, mais precisei fazer aquilo, senão, aquele furacão iria acabar com todos nós.

AYU:_ Sim eu sei amigo !! porém, você sabe que aquilo foi uma jogada arriscada demais, sabe que se á parede da nave não tivesse aguentado a sua investida, iria abrir um buraco que sugaria todos nós para fora da nave..

TRIMOL:_ Eu sei Ayu. E peço desculpas por isso, eu deveria ter pensado mais..

AYU:_ Não, você agiu bem, e na verdade, se você tivesse esperado mais um pouco pensando, acho que não estaríamos todos aqui agora. Obrigado meu amigo. E também, fico bastante orgulhoso de você, pois naquele momento você não provou só apenas á sua força, provou que é inteligente, e sabe reagir bem nessas situações, também provou que você não só tem força bruta, mais que você sabe controlar á força que tem, e isso meu amigo, é um prêmio entanto..!!!

TRIMOL:_ Ayu,muito obrigado, pois vindo de você é algo que pra mim significa muito. OBRIGADO !!

AYU:_ Não tem de que, meu bravo amigo, estamos juntos nessa, e hoje, você foi o herói !!Vamos, precisamos descansar, amanhã é um grande dia, vamos precisar das nossas energias !! Não sabemos oque mais nos espera nessa viagem !!

TRIMOL:_ Certo Ayu, vamos descansar !!

Os Gogos foram dormir, os intelectuais ficaram á noite consertando ás asas da nave, logo depois que consertaram também foram dormir, afinal, todos precisavam de um bom descanso.

Logo pela manhã, os gogos embarcaram na nave, e seguiram para á reta final de sua longa viagem.

Seguindo viagem, os Gogos não tiveram mais problemas, nada que acabaria com á sua jornada, ou os retardariam, ou os atrapalharia, dali em diante, foi uma viagem tranquila e calma. Eles seguiram sua jornada até finalmente, chegarem em seu destino.

Chegando em seu destino, alegres todos os Gogos ficaram. Teriam chegado em sua casa, ali, seria Gogolând. Daí então, os Gogos iriam construir suas vidas ali. então que á nave gogo que carregou todos os Gogos, se transformou em um complexo Gogo enorme, onde ali, os Gogos habitariam, e construiriam suas vidas. Transformariam ali, em uma cidade gogo, um ambiente deles, um lugar para eles viverem.

Sempre haverá aquelas pessoas que exalam flor. Pessoas que você sabe que está chegando só pelo cheirinho gostoso vindo no caminho. Pessoas que quando falam, brotam flores em nós. Pessoas que quando sorri, até a alma da gente flori. Pessoas que mesmo que não estão por perto, deixam a saudade de um aroma gostoso.
—  Poesia na Alma.