ex idiota

No vuelvas por favor.
No me condenes de nuevo.
Sé que conociste la peor parte de mi y que te mereces todo el amor del mundo, pero no vuelvas.
Deja que todo siga como está, quédate con ella, déjame ser olvido. 
Nunca he estado más segura de ser olvidada que ahora, hoy. 
No me busques, no me pidas que vuelva, por favor
¡cállate! ¡CALLATE! no me digas “te quiero” no quiero saber nada de ti. 
No me interesa si me extrañas y ahora has notado mi lado dulce, no me importa. Y tampoco se te ocurra venir de nuevo con tu música a devolverme alguna nota salida del corazón, no la quiero.
No llames, noo, ni lo pienses
¿Yo para qué quiero hablar contigo?
El tiempo ya paso y no es justo que ahora que soy feliz con alguien
quieras volver solo para molestar.
Quédate donde estás
¡Deja de llamar!
no se encuentra quién era
murió
se fue
se ha enamorado.
Y te ha dejado.
—  Brenda Ramírez. 
VOCÊ...

Hoje eu acordei, peguei meu celular e havia uma notificaçāo, é seu aniversário. Entāo eu me lembrei de tudo, o que aconteceu e o que não aconteceu, a dor tomou conta do meu coração. Já faz um bom tempo que eu te “deletei” da minha vida, confesso que estou bem melhor sem você, finalmente achei alguém que me amasse. Só que é impossível esquecer completamente de tudo, das noites que eu passei acordada falando com VOCÊ, das lágrimas que eu derramei por VOCÊ e do tempo que eu perdi com VOCÊ.
Não sei como vou reagir quando te ver novamente e eu sei que vou sentir tudo que eu senti naquela noite, quando você ficou com a minha melhor amiga. E eu odeio saber que você ainda faz parte da minha vida.

- Luna ❤

Stasera, per caso, in giro, incontro il mio ex ragazzo. Dopo (anche troppi) abbracci e baci, ci mettiamo a parlare su una panchina del più e del meno e di come stia andando la nostra vita. Ad un certo punto, viene davanti a noi un signore anziano che, pur non conoscendo nessuno dei due, ci chiede informazioni sulla festa di paese che si stava svolgendo. Dopo vari convenevoli, guarda il mio ex negli occhi e gli dice: “Ma com'è bella la tua ragazza, se fossi giovane ci proverei io”.
Dopo essere sbiancati entrambi, gli diciamo con molto imbarazzo di non essere fidanzati e il vecchietto insiste dicendo al mio ex di provarci e che “una come questa bella ragazza non la ritrovi più: guarda che bel viso, che bei capelli e che belle gambe che c'ha”.
Il mio ex ribadisce dicendo che lo sa che sono bella, ma che è una storia finita.
Il signore anziano, a questo punto, se ne va urlando che il mio ex è un idiota, che tutti i ragazzi di questa generazione sono stupidi e che avrei dovuto vivere alla sua epoca.

ed io concordo.
lo amo già.
gli ottantenni vincono sui ventenni.
sempre.

una delle scene più imbarazzanti della mia vita, comunque.