eu vou desaparecer

Confesso que não lido bem com despedidas. Mas se quer sair da minha vida, por favor, me avise. Me ligue e grite comigo, mande uma SMS me xingando, ou quem sabe um recadinho em minhas redes sociais? Mas por favor, avise de um jeito ou de outro. Porque pior que o seu “Adeus”, é você ir embora da minha vida sem dizer absolutamente nada. Machuca, maltrata, destrói. Se vou sofrer? Vou sofrer sim. Todo mundo sofre com despedidas, todo mundo chora, todo mundo se acaba, todo mundo morre um pouco, não é mesmo? Então faça o favor de se despedir de mim logo para eu desaparecer de vez.
—  Thiara Macedo

“só deixo meu coração na mão de quem pode fazer da minha alma  suporte pr'uma vida insinuante’‘ 

eu não quero ser mais louca que você e fingir que posso ficar e suportar toda sua dependência emocional que me deixa atordoada enquanto eu passo o café e você espera na cama que não cabe os meus dramas. eu queimo os dedos, você estica os lençóis. 

não vou ficar pra rimar com sua poesia de quinta, porque eu sou das sextas. minha poesia está espalhada em fragmentos pela cidade, pelo seu corpo, pelas nossas roupas espalhadas pelo chão que eu não piso mais.

meus olhos conseguem encaixar tudo entre uma piscada de olho e outra e você nunca está lá. tudo é arte, tudo arde, e você não se queima. 

enquanto eu absorvo e passo, você observa e fica.

se você fechar os olhos eu vou desaparecer no meio da fumaça. talvez eu não volte nunca mais. talvez eu volte em vinte minutos com um isqueiro novo na mão. mas acontece que eu não fumo e não aguento mais tossir por você. 

s.l.a 

dezoito do oito