eu sou um santo

Amados, não estranheis a ardente prova que vem sobre vós para vos tentar, como se coisa estranha vos acontecesse; mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da Sua glória vos regozijeis e alegreis. Se pelo nome de Cristo sois vituperados, bem-aventurados sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória de Deus.
—  1 Pedro 4:12-14
Pai, eles falam tantas coisas, cada um diz de um modo. Uns dizem que pode, outros que é abominável aos teus olhos, uns julgam e repreende, outros abraçam e acolhe, aceitam, lançam fora, uns gritam, outros se calam, uns esperam, outros vão de encontro. Eles te dizem “Sim”, e dizem também ao mundo, uns gritam dizendo que não me é licito, e outros me diz que não convém, uns que sou pó, e apenas a tua misericórdia me permiti viver, outros, que o teu amor me sustenta. Quem sou eu Senhor em meio a multidão que fez do teu nome denominação de templo? Quem sou eu Senhor que vive em um mundo em que o teu Santos Espirito é blasfemado? Quem sou eu Senhor no meio de todos esses que não tem o teu discernimento? Quem sou eu Senhor? De tudo isto, lhes digo, sou apenas um servo que não quero seguir por doutrina do homem, e sim por teus conselhos.
Envia-me a mim o teu Santo Espirito.