eu sou muito desastrada

Ele é lindo quando deita de lado, me abraça e me olha. É tão bom vê-lo chegando sorrindo, e tão difícil deixa-lo ir embora. Ele me protege, diz que eu devia ter mais cuidado, que sou muito desastrada, e vive querendo me mimar o máximo possível. Nós temos vários gostos opostos, mas uma personalidade parecida. E acima de tudo, nosso amor é grande demais para nos deixar separados.
—  Clara Francisco