estarmos

Chorar por tudo que se perdeu, por tudo que apenas ameaçou e não chegou a ser, pelo que perdi de mim, pelo ontem morto, pelo hoje sujo, pelo amanhã que não existe, pelo muito que amei e não me amaram, pelo que tentei ser correto e não foram comigo. Meu coração sangra com uma dor que não consigo comunicar a ninguém, recuso todos os toques e ignoro todas tentativas de aproximação. Tenho vergonha de gritar que esta dor é só minha, de pedir que me deixem em paz e só com ela, como um cão com seu osso. A única magia que existe é estarmos vivos e não entendermos nada disso. A única magia que existe é a nossa incompreensão.
—  Caio Fernando Abreu.
Oi. Faz tempo que a gente não se fala, não se ouve, não se vê. Cada minuto dos meus dias se tornou ainda mais vazio do que já era mesmo enquanto tínhamos um ao outro. Eu não preciso dizer que sinto sua falta, até porque cada palavra aqui é a mais clara demonstração de que eu não consegui me acostumar com o silêncio assustador que a ausência da sua voz causa. Mas eu não quero que pense que estou sofrendo. Sei o quanto se sentiria culpado só de pensar que está me afetando negativamente. Você ainda é a melhor parte da vida. Digo, conhecer você continua sendo o melhor dos acontecimentos pra mim. Queria que soubesse disso. Porque não importa quanto tempo passe, as nossas certezas continuarão intactas, nada pode mudar o que fomos. Talvez eu não tenha entendido ainda a razão de estarmos tão afastados, não consigo compreender o que nos impede de voltarmos a ser um pelo outro. E sei que a porcentagem disso nunca mais acontecer é gigante. Mas, você lembra? “Se você um dia se sentir sozinho e a luz intensa tornar difícil me encontrar, saiba apenas que eu estou sempre paralalemente do outro lado”. Nós somos eternos e não preciso te ouvir concordar pra saber que você pensa como eu. Sempre estarei com você, ok? Não esquece.
—  You jump, I jump, remember?

vamos pegar a estrada e seguir sem rumo
dirigir até estarmos completamente
perdidos
longe de todo caos da cidade
porque só nosso caos é bonito
e eu não me importo de me perder em você.

Agora vejo que tudo o que faltava em mim está com você, e sinto muito por ter lhe deixado ir tão de repente, sem nem ao menos poder impedir, me corroo todas as tardes enquanto sinto falta da sua terrível mania de cantarolar músicas que ninguém jamais ouvia. Sinto saudades de quando tocava minhas mãos, e mesmo sabendo que algumas coisas realmente não dariam certo, você estava lá para pôr um “tanto faz” no que quer que fosse, pois ambos reconhecíamos que o fato de estarmos juntos já quebrava qualquer barreira que nos impedisse de enxergar a bondade de estar no mundo. Eu te agradeço, sobretudo, pelos grandiosos momentos. Acho que deveria ter feito mais enquanto podia. É difícil admitir, mas só percebemos estes pequenos erros,— que poderiam prevenir grandes perdas — quando já é tarde demais para se fazer algo a respeito. Enxergamos tudo com mais clareza depois do fim, e vemos que dar valor à alguns detalhes realmente faria uma diferença enorme. Pois não me custaria nada parar para observar o seu canto agudo e fora de tom, e aprender contigo as letras daquelas canções tão incomuns, que você tanto gostava. Elas diziam muito sobre o que você desejava ser, e das atitudes que apreciava nas pessoas, e teria me sido muito útil ter conhecimento de tais informações. Eu não percebi na época, mas aqueles pensamentos pessimistas teriam sumido de minha mente, se eu me permitisse ficar ali, por mais alguns instantes, com minhas mãos entrelaçadas às suas. E ainda teria o prazer de vê-la sorrir, eu nunca me enjoaria de ver aquele sorriso. Não faltou tempo, e talvez meu esforço tenha sido insuficiente, mas o meu amor sempre transbordou. E Dear, eu me empenhei ao máximo para que você tivesse a absoluta certeza de que mesmo com tudo destinado a dar errado, havia alguém que lhe amava.
—  Fran Oliveira & Júnior Souza.
Me deixa cuidar de você? Deixa-me passar o resto dos dias ao seu lado, no conforto do teu abraço, e fazer dele a minha casa, você deixa? Te lembrar todos os dias  de que estarmos juntos é bom para nós dois, que nossos danos se completam, se chamam, e se remendam juntos. Deixa? Deixa eu te dizer todos os dias quanto eu amo o brilho dos seus olhos, que me completa de todas as formas possíveis, que é o meu porto seguro, que do seu lado eu vejo uma vida, me deixa te mostrar que o que sentimos não é vazio, é um sentimento imenso, maior do que todas as galáxias. Deixa eu te lembrar de que seu sorriso é a cura pra todas as minhas feridas. Só te peço isso, me deixe cuidar de você, porque nem todo esse abismo entre nós, vai nos separar.
—  Nem a distância vai nos separar.
Chorar por tudo que se perdeu, por tudo que apenas ameaçou e não chegou a ser, pelo que perdi de mim, pelo ontem morto, pelo hoje sujo, pelo amanhã que não existe, pelo muito que amei e não me amaram, pelo que tentei ser correto e não foram comigo. Meu coração sangra com uma dor que não consigo comunicar a ninguém, recuso todos os toques e ignoro todas tentativas de aproximação. Tenho vergonha de gritar que esta dor é só minha, de pedir que me deixem em paz e só com ela, como um cão com seu osso.
A única magia que existe é estarmos vivos e não entendermos nada disso. A única magia que existe é a nossa incompreensão.
—  Caio Fernando Abreu
Eu te desejo, muito mais que a vida lhe trouxe todos estes anos. Te desejo sorte, quando a vida insistir em te azarar, te desejo sorrisos e gargalhadas singelas quando os dias parecerem tão tristes. Te desejo amor, carinho, atenção quando se sentir sozinho, perdido, sem nada. Te desejo saúde e força, quando se sentir fraco. Mas desejo a cima de tudo que Deus continue te protegendo até os limites onde não posso ir, que te cuide. Que ele dê a nós ainda mais motivos para estarmos juntos, um do lado do outro. Te desejo tudo, te desejo eu. Te desejo nós.
—  Feliz aniversário meu amor!
Olhei-me no espelho e analisei… por que é tão difícil estarmos bem com nós mesmos? Se não é alguém colocando-nos para baixo, nós próprios nos colocamos. Por que não podemos nos olhar e dizer “nossa, você está incrível hoje”? Porque sempre vamos encontrar um erro, ou dois, ou inúmeros. Vivemos querendo seguir um padrão tão ridículo, mas pra que? Padrão nunca irá existir, pois somos todos diferentes, é algo totalmente inventado que não tem fundamento algum! Só serve para deixar milhares de meninas ou meninos em depressão, que levam até a suicídios! Ninguém pensa no quanto esse padrão que as pessoas impõe, até sem perceber, machucam as pessoas? Um padrão tão inalcançável e triste, que só me mostra o quanto eu preciso me afirmar, melhorar, mudar… Quando na verdade eu não preciso mudar nada. Quando na verdade eu preciso orgulhar das coisas que sou, das coisas que me fazem crescer. Diferenciar-me do padrão é o que me torna incrivelmente feliz. Saber que eu sou o que eu quero ser, que minhas escolhas são exatamente isso, MINHAS. Eu não me submeto a seguir padrão, não mais. Eu sou livre e posso fazer tudo que me der vontade, o padrão não me define, eu não aceito ser só mais uma cópia. Devemos parar de nos preocupar com padrões à nós impostos, cada um tem sua essência, sua história, seus valores, seus sentimentos, sua vida. Tentar padronizar as pessoas é algo totalmente insano. Já que todos somos diferentes, em defeitos e qualidades, formas e cores. E devemos nos amar como nós somos. Porque afinal, não tem como fugir de que nós somos. Diga não  a essa insanidade, se ama como você é. Quando você passa a se aceitar, todos aceitam você como você é, sem questionar. Viva o amor próprio. Viva a diversidade.
—  Escrito por Ana Letícia, Lorrayne, Dieska e Laura em Julietário.
Eu passaria um milhão de vidas ao seu lado, vida após vida, fragmento após fragmento. Você é a minha escolha, meu felizes para sempre e essa espera é esmagadora, revira tudo dentro de mim todos os dias. Cada dia que passa eu te amo mais e fico mais aterrorizada sabendo que posso te perder, você tem seu jeito torto e eu meu jeito do avesso e tudo isso é perfeito se não fosse o problema de não te abraçar para adormecer. Cada segundo eu sufoco mais com essa espera e nós não podemos fazer nada. Só posso esperar que essa tempestade vá embora e que meu raio de sol chegue até mim. Todos os dias eu fico acordada o máximo que consigo só para dormir e não ter que chorar por você não estar do meu lado, e eu fico pensando em cada momento perdido por estarmos longe um do outro eu não quero esperar mais nenhum segundo para te ter em meus braços e realizar cada promessa que te fiz. Promessas são vagas se não realizadas, e eu vou continuar te prometendo o universo inteiro, te lembrando a cada dia o porquê você é o amor da minha vida e que sempre será a minha escolha, e cumprirei cada promessa por mais pequena que seja. Eu posso ser toda errada, ter um milhão de defeitos, mas eu jamais te deixaria partir porque sem você nada funciona, nada parece certo. Eu continuarei aqui todos os dias te amando e rezando para que o dia que estaremos juntos pois cada segundo longe vale a pena enquanto eu estiver esperando por você.
—  Enquanto esperava você.
É importante estarmos conscientes do modo como tratamos os outros. Mesmo que alguém pareça ignorar um comentário casual ou não se deixar afetar por um boato, é impossível saber tudo o que se passa na vida daquela pessoa e o quanto podemos ampliar sua dor. As pessoas têm impacto na vida dos outros; isso é inegável.
—  Jay Asher, autor de Os 13 Porquês.

tanta gente por aí querendo pregar na marra a felicidade contínua, a paz interior intocável e a positividade sem limites que a gente até esquece que ficar triste faz parte de ser humano. a gente começa até a sentir que tá errado e que é impossível que alguém goste de nós e queira ficar perto só por não estarmos em um momento bom. tudo bem, hoje você já dissertou sobre o amor ao próximo e sobre as energias positivas, mas já pensou em ajudar alguém que não consegue enxergar tudo isso? já pensou em ajudar alguém a se sentir mais positivo no lugar de rotular aquela pessoa como “negativa” e “deprimente”? não adianta ser uma pessoa que se diz evoluída espiritualmente se os olhos para o próximo continuam fechados.

c.s.

Estamos sorrindo, mas estamos prestes a chorar. Mesmo depois de todos esses anos, só agora temos a sensação de estarmos nos encontrando pela primeira vez.
—  The Script
Eu fico triste por estarmos longe um do outro, mas também fico feliz por que cada dia a mais estamos longe e um dia a menos para estarmos um perto do outro.
—  Nem a distância vai nos separar.
Eu pensei em te ligar, pensei em te escrever. Passei dias digitando e apagando, digitando e apagando. Passei meses pensando no quanto sentia falta do seu sorriso e no quanto era bom quando estávamos juntos, mesmo separados. Pensei em te chamar, dizer ao menos um oi, perguntar se precisava de mim, se estava tudo bem. Se sentia minha falta, como eu sentia sua falta. Pensei em mendigar o seu amor, mesmo sabendo que você tinha ido embora. Mesmo sabendo que você não queria mais. Pensei, pensei e tri pensei em  você. Mas não era justo comigo, não era justo com todo o tempo que me segurei pra não falar contigo. Eu queria ser tudo, você sabe, e se eu não podia ser tudo, então eu preferia ser nada. Nem ser sua amiga me bastava. Você sabe como sempre fui intensa, dramática, explosiva. Só você sabia quem eu era, e eu sabia quem você era. As pessoas achavam que te conhecia, mas só eu sabia coisas incríveis sobre você. Elas acham que você não tem medo da morte, mas você tem. Acham que você era forte, mas você não é. Elas não sabem que você não gosta de leite com nescau e que seu suco preferido é de maracujá. Que você pinta quadros, e é bom nisso. Você pensa que não vai conseguir ser o mesmo depois da doença, elas não sabem que você pensa nisso o tempo todo e que teme enlouquecer. Eu sei disso, porque eu te amei, elas não. Talvez até soubessem, porque você sempre flertou tanto, com tantas. Eu nunca liguei pra isso, eu sabia que tinha um montão de garotas querendo ser alguém na sua vida, mas não me importava, porque eu sabia que eu era a unica que significava algo. Ou pelo menos dizia isso em voz alta muitas vezes pra ter certeza. Uma vez perguntei a você, porque não me tratava como as outras garotas e você me disse que elas eram diferentes, porque eram só comentários, e para mim você escrevia, escrevia sobre mim. Você me vendia uma mentira amorosa e eu me alimentava dela, e eu era insaciável. Elas sabem que você gosta de jogar vídeo game e que tem apenas 19 anos e que tudo que escreve não tem nada a ver com você. Porque você escreve muito bem, mas não age conforme e nem acredita no que escreve. Elas sabem que você me amou? Que eu suportei? Que nós passamos todo o tratamento juntos, exceto na parte em que você vai embora e desaparece. Eu tinha medo de você ir embora por causa da minha intensidade e te contei isso aquele dia, mas você retrucou dizendo que precisava de mim, e que gostava da minha intensidade. Ufa, pensei. Ele não vai me deixar nunca. Você me disse uma vez que o coração não escolhia, que me queria com todos os meus erros. Você disse que eu era incrível, pediu pra eu ficar na sua vida, que eu era a pessoa que depois de um dia corrido chega em você e te surpreende com um simples papo sobre a vida, como um desconhecido no ônibus que começa a conversar e quando chega no ponto você não quer mais ir embora. Eu acreditei. Dai comecei a escrever sobre você. Sobre o que passamos juntos. Sobre a dor de te ver doente, sobre a força que encontrávamos pra superar e principalmente sobre como eramos felizes. Foi pouco tempo ou eu fui intensa demais? Você estava do meu lado e eu do seu. Não íamos há lugar algum, lembra? Todas as noites eu orava: por favor querido Deus, nos dê mais uma chance, nos dê mais um dia, nos deixa ficar juntos. Lembra da nossa primeira conversa? Você lembra como eu fui gentil e atenciosa, e bobona também. Lembra que depois daquele dia conversamos todos os outros dias seguintes? Você lembra daquela semana que passamos no Skype? TODAS AS MADRUGADAS, eu ainda ia trabalhar no outro dia e você ia pro hospital. Eu abaixada a cabeça e você dizia: psiu, sorri pra mim. Era inevitável, meu sorriso já nascia quando você sussurrava "psiu". Lembra do videos? Aquele dia em que eu me senti mal e você me mandou vários videos dizendo que me amava e que me queria feliz. Lembra da sua irmã sendo gentil comigo e ela sempre foi tão bocuda. Lembra dela atrapalhando nossas conversas? Lembro de você sorrindo toda vez que eu parava, te olhava e dizia: você é tão lindo. Aquele sorriso tímido e doce nunca saiu da minha cabeça. Nunca consegui me controlar perto de você, mentir, fingir, esconder. Estava tudo ali, despejado entre nós. Meu amor. Meu carinho. Minha confiança e fidelidade à você. Estava esculpido em tudo que eu fazia, que eu te amava, que eu te queria. Sua voz, só eu escutava sua voz, todos os dias, todas as horas, sempre. Só eu sabia onde você estava e como estava. Só eu. O que aconteceu? Quando foi que você andou mais rápido e não me esperou? Quando foi que eu não prestei atenção e não te dei carinho? Quando foi que estar juntos passou a não ser mais tão importante assim? Porque querer estarmos um na vida do outro não foi o suficiente? Fico lendo nossas conversas, nossas promessas. Lembro de você me fazendo rir e de passarmos madrugadas inteiras apenas olhando um pro outro. Quando foi que o medo te roubou de mim? Lembro de você levantando a sobrancelha, tentando me seduzir, era ridículo, mas tão amável, eu ria ria ria, e você ficava me olhando, depois eu parava colocava a mão no rosto e balançava a cabeça em sinal de negação, e você balançava em sinal de sim. Você era meu sim, mesmo quando eu era não. Dizia que amava quando eu fazia isso. As vezes no meio dos nossos olhares eu respirava fundo, se fechasse os olhos podia sentir você. Nunca me pediu nada além dos olhares, nunca quis me ver nua, nunca quis fazer nada do que esses casais fazem, nunca ligou se eu não sabia o que era masturbação e nunca me perguntou sobre esses assuntos. Se pensava em me levar pra cama, você nunca disse. Aceitou minha pureza e fazia disso a coisa mais gentil do mundo. Não me cobrava nada. Queria sexo com você, faria isso. Mas faria com amor. Faria na nossa casa, na nossa cama, no nosso aconchego. Faria isso rodeada de livros, faria isso no chão, no sofá, na cozinha. Eu daria minha vida e todos os meus sonhos na sua mão. Mas tudo o que significamos um para o outro morreu no momento em que você partiu. Uma vez te perguntei se você acreditava que se estivéssemos conectados, poderíamos estar juntos mesmo tão longe, e você me respondeu que acreditava em muitas coisas, e uma delas é que tínhamos o nosso próprio universo e nele, nós estávamos juntos. Senti sua falta todos os minutos, horas, dias, meses que se passaram desde que você se foi. Senti falta do quão bom eramos juntos. Senti tanta falta de mim, porque eu era tão você e você se foi. Eu sei que eu disse que nunca mais queria conversar, sei que disse que te odiava, fui infantil, ó céus, como fui infantil. É que quando eu pensava na ideia de outra pessoa te vendo e sorrindo com você, isso acabava comigo. Quando eu pensava que você poderia escrever para outra garota que não fosse eu, eu queria morrer deitada na minha cama e jamais ver um texto seu que não fosse sobre mim. Eu não podia nem pensar nisso, era demais pra mim. Não faça promessas por ai, ok? Não diga que outros sorrisos ganharam seu coração. Não coloque elas acima de mim. Não esquece de mim, não me tira do seu coração. Chora por minha causa, sente minha falta, pensa que a vida não faz sentido sem mim, faz isso? Por favor? Não me deixa saber que outra garota pode ver seu sorriso de madrugada e que você faz ela sorrir. Eu procurava seu cheiro nos lugares, te procurava nas mensagens. Não te encontro, não me encontro. As pessoas sabem que você é estranho e gosta de coisas estranhas? Elas sabem que você come as 3 da madrugada e que come muito? Eu quero apagar você. Eu não consigo. Não consigo apagar seu rosto da minha memória. Não consigo apagar sua cara de sério. Lembra da gente brincando de leitura labial? Você é péssimo nisso, nunca acertava nenhuma palavra que eu dizia, e eu sempre dizia que te ama. Nas estrelinhas dos meus lábios meu amor por você explodia, e cada palavra era uma verdade do meu coração completamente apaixonado. Não foi só paixão. No dia em que brigamos, eu descobri que te amava. Na primeira vez que me deixou, descobri que sem você, não dava. Eu sabia que uma hora íamos ser diferentes. Você com seu mau humor, cansaço e singularidade, desejando a solidão, e eu com minha loucura, meu plural intensivo, meu descontrole. Uma hora isso ia dar errado. E deu. Mas fui feliz enquanto deu certo e você sabe que poderíamos dar certo todos os dias. Mas você se foi, desistiu. Disse que não poderia me dar o que eu queria. Não sei se você sentiu tudo que eu senti, ou se eu senti tudo sozinha. Eu não sei. A unica certeza que eu tenho, é que escrevi esse texto todo no passado, mas ele é tão presente. Eu não sentia, eu sinto. Leia nos meus lábios, adivinha meu amor, estou dizendo eu te amo, eu te amo tanto. Você não foi só um cara, você foi uma estrela no meu pequeno universo. O mais brilhante, o mais querido. Você foi tudo. Eu vou lembrar de você, de nós, do que nunca fomos. E lá no futuro quando me perguntarem sobre o amor na juventude, vou falar de você, da gente. Vou lembrar de novo com carinho, do quanto eu te amei. Vou contar que você foi minha história mais desastrada e mais idiota, mas que foi verdadeira e pura. O câncer não matou você, mas matou nós dois. Esse texto é bagunçado, assim como minha vida sem você.
—  Jaqueline Umberto
O grande erro da nossa geração (e aqui me incluo nessa expressão) está em nos apoiarmos em nossos sentimentos, que são tão instáveis. Isso é o que nos torna instáveis! É isso que nos faz estarmos de bem com Deus e depois de uma semana estarmos cheios de dúvidas. O grande erro está em buscar sentir a Deus e não conhecê-Lo. Está em andar conforme o que sentimos, e não conforme o que decidimos ser.
—  Roberta Vicente
Bíblia não é livro pra ser lido, é livro pra ser estudado, meditado e obedecido.

Ler não é estudar, não são sinônimos perfeitos. Nós lemos uma revista, um artigo, um jornal, e não estamos necessariamente estudando ao estarmos lendo. Estudar é questionar, descobrir, aprender, absorver conhecimento. Portanto vamos ESTUDAR a Bíblia, e NÃO apenas LER.