escrevi agora

Andei amando loucamente, como há muito tempo não acontecia. De repente a coisa começou a desacontecer. Bebi, chorei, ouvi Maria Bethânia, fumei demais, tive insônia e excesso de sono, falta de apetite e apetite em excesso, vaguei pelas madrugadas, escrevi poemas (juro). Agora está passando: um band-aid no coração, um sorriso nos lábios – e tudo bem. Ou: que se há de fazer.
—  Caio Fernando Abreu.
A vida é como uma corrente. A cada instante em que se deixa conectar-se com alguém um elo é criado e é lógico de se pensar de que tal não desprenderá de ti, porém quando maior esta corrente se torna mais existirão forças nas quais farão de tudo para quebra-las se tornando ações constantes até que aquele elo com alguém se rompe de você e deixa-o sem direção, sem segurança, perdido sem saber o que fazer dali por diante, simplesmente lhe deixa sem sentido. E hoje quanto mais elos se criam mais complicado fica a relação entre eles, quanto mais se tenta ser companheiro, presente, de coração e braços abertos para todos chega uma hora em que não se aguenta mais a pressão, e quanto mais se quer ajudar os que estão ao seu redor sempre haverá alguém que sairá magoado, chatiado por está ajudando, mas só terá atrapalhado ainda mais tais situações. Aprendi isso recentemente e estou disposto a concertar estes elos que se quebraram por aí, mas consciente de que tais não serão mais os mesmos.
—  Será que preciso ficar mais na minha? Escrevinhar
Meu bem, você lembra de todo meu drama sobre não correr mais atrás de você? Então, pelo visto você lembrou e levou muito a sério. Eu deveria ter tomado cuidado com as minhas palavras. Essa quase novidade sobre você estar namorando agora, me deixou sem chão. Meu coração tá esmagado, meu amor. E eu não vou brigar com você, te xingar ou nada do tipo, eu te entendo. No seu caso, eu também fugiria de mim e iria para alguém mais completo e menos imperfeito. Eu tentei, eu juro que tentei ser alguém melhor pra você, mas peço desculpas por ser quem eu sou. Eu queria ser tudo pra você e acabei sendo um nada, meu amor. Eu gosto tanto de você, que não estou te odiando. No fundo, no fundo, eu te entendo. Eu também teria medo de me relacionar com uma pessoa totalmente conturbada e insegura, por incrível que pareça, se eu fosse você eu também fugiria de mim. Você aí toda linda, meiga, simpática e com todas as outras qualidades possíveis e eu aqui, desajeitado, atrapalhado, anti-social e com vários outros defeitos existentes e inexistentes. Mas, meu amor, te desejo sorte na sua vida. Te desejo tudo de bom, inclusive não estar comigo. Eu sei que o melhor pra mim, não é o melhor pra você. Nós não nascemos um pro outro meu bem, agora é cada um pro seu lado escrevendo sua nova vida. Amor, além das lágrimas você também deixou saudade. Quando alguém falar seu nome, tudo isso virá a tona em minha mente, toda essa nossa confusa-comédia-quase-romântica. Minha linda, quando me ver, tente ver o lado bom do nosso quase-romance. Quando me ver lembre-se que eu te amei com todas as minhas forças e que provavelmente eu ainda vou estar te amando. Mas, depois de tantas vírgulas, finalmente chegamos ao ponto final. Chegamos ao nosso final, de um jeito indesejável, mas necessário. Meu anjo, de você só me resta lembranças, e saudades.
—  Versículos.
Mas é que podem se passar meses, anos e mais anos que mesmo assim, eu nunca vou me esquecer de você. Nunca serei capaz de esquecer seus beijos, abraços, carinhos, e até as brigas bobas. Eu nunca vou me esquecer das tantas e tantas vezes que você vinha aqui, perto de mim, mesmo que nem tinhamos assunto ou algo pra fazer, mas você ficava aqui, comigo, juntinho, deixando a vida passar e planejando nosso futuro. E agora? Juro que to tentando me desapegar de você, sei que você é um idiota e não me merece, mas me diz como, como deixar o que vivemos para trás, como deixar de ser boba e seguir minha vida sem você? Já tentei procurar colo em outra pessoa, e por mais que por alguns minutos seja bom, não adianta, parece que a dor do primeiro amor tá ali, perturbando e cutucando nossa mente. Cara, eu preciso seguir minha vida sem você, mas as lembranças não me deixam.
—  Isadora Ferronato
Eu olhava sua foto e chorava, chorava por que sabia que aquele sorriso lindo não era pra mim, chorava por que sabia que aqueles lindos olhos castanhos não brilhavam por minha causa, chorava por que vendo uma foto sua eu lembrava de tudo que eu queria que a gente fosse e acabou não sendo.
—  Emotizar.
Bts reaction: Você dançando pra eles

✳ Seokjin: Apesar de parecer tímido, Jimin mesmo já disse que Jin é bem pervertido. Então ele veria por alguns minutos você dançar mas depois impaciente, te puxaria pelos quadris, deixando um beijo em seu pescoço.
“Você adora me provocar, uh? Vamos ver até aonde você aguenta, jagiya.”

✳ Namjoon: Meio confuso assim que você dissesse que tinha uma surpresa, mas quando a música lenta e sexy ecoasse pelo local, ele entenderia. E naquele momento agradeceria a todos os deuses por ter uma namorada tão maravilhosa.
“Assim você me mata, S/N.”

✳ Yoongi: Fingiria que isso não o atingia. Mas na verdade te ver dançando daquele jeito provocante, olhando pra ele com olhos famintos, ele não poderia aguentar por muito tempo.
“Você conseguiu o que queria. Teremos uma longa noite, babygirl.”

✳ Jhope: Ficaria calado assim que visse você começar a se movimentar depois de dar play na música, completamente atento. Não piscaria por nenhum segundo, sentindo que se talvez o fizesse perdesse seu corpo maravilhoso dançando. Não evitaria sorrir.
“Você é incrível, jagi.”

✳ Jimin: Surpreso. Ele realmente não tinha ideia que que você poderia dançar tão bem a ponto de te-lo fixado em você. Seus olhos estavam colados em seu corpo, ele amava você por completo e estar ali vendo você dançar pra ele, era a oitava maravilha do mundo.
“Não sei o que fiz pra merecer isso… E não to’ reclamando, não.”

✳ Taehyung: Completamente encantado. Se perderia no ritmo dos seus quadris de acordo com a música, a sua respiração ofegante e o suor fizeram um sorriso sacana pintar seus lábios. No fim, ele te convenceria a ir para algum lugar mais calmo.
“Eu realmente preciso de você, S/N.”

✳ Jungkook: Ele te provocaria mais ainda, mordendo o lábio ou te olhando de cima abaixo. Tendo certeza de que você visse o que fazia com ele. Jungkook seria um observador muito atento, prestando atenção a cada movimento seu através do espelho da sala de dança.
“Jagiya…. Não faz assim.”
______
Desculpa se não ficou muito bom, eu escrevi agora porque esse pedido estava há alguns dias na Ask e eu ando bem ocupada e tbm se dependesse de alguma mod fazer, não ia ser postado nunca. Espero que tenham gostado. Boa noite. 💞
~mochi

A verdade é que pouco importa quantas vezes se pede perdão. Quando seu coração está magoado, ele simplesmente vai deixar de lado qualquer compaixão. Não existem desculpas que se sobreponham a dor causada, e tampouco há palavras que remendem uma ferida tão grande.
—  Amor de Livro
Esse é o último texto sobre essa bagunça, pretendo nunca mais escrever sobre nós. Estou indo embora e eu quero explicar. Você não merece, mas eu mereço ser bem clara comigo mesma. Não que eu não vá mais lembrar de você, porque sei que vou, mas não será mais com esse sentimento que ta engasgado aqui. Você me deixou, mais uma vez, e na verdade tenho dúvidas de qual vez é essa agora, porque você já foi embora tantas vezes sem ao menos se importar e eu ficava com a porta aberta esperando você voltar. No primeiro dia eu não senti nada, na verdade pensei que talvez na manhã seguinte você me mandaria uma mensagem pedindo desculpas e dizendo que somos melhores juntos, eu ficaria um pouco chateada claro, mas iria te perdoar, você iria me ligar e passaríamos a noite no telefone. No segundo dia eu não sabia muito bem o que sentia, sua frieza me atingiu em cheio fazendo nascer em mim sentimentos que ainda não havia provado, sentia vontade de gritar mas não podia, queria chorar mas não conseguia, essa confusão só crescia aqui dentro. No terceiro dia cheguei do trabalho, sentei na cama e chorei, mas não chorei muito, não era desesperador, só era um choro de preocupação, me preocupava com você, então conversei com Deus enquanto as lágrimas finas corriam no meu rosto, Ele me garantiu que não precisava me preocupar e disse que ia cuidar de você, então eu descansei. No quarto dia eu senti sua indiferença na minha pele, aos meus olhos, me sentia amargurada toda vez que via sua felicidade longe de mim, só conseguia pensar em como você conseguia agir naturalmente depois de tudo. No quinto dia eu aceitei e acordei, disse a mim mesma que tudo devia acabar, para sempre, mesmo que o sempre fosse tempo demais, eu não iria mais ficar com a porta aberta, estava fechando ela. No sexto dia talvez a aceitação tinha acontecido fora de mim, só na cabeça talvez, porque minha labirintite atacou e meu coração apertou, eu sabia que minha cabeça rodando era culpa sua. No sétimo dia eu comecei vários textos e não terminei nenhum, não sabia o que sentia realmente, não conseguia escrever nada que não fosse uma bagunça, sem nexo, sem sentido algum. No oitavo dia cheguei em casa com a labirintite atacada e escrevi esse texto. Tudo agora se encaixava. Talvez eu não tivesse ainda tomado realmente minha decisão mas escrever sobre ela, era um passo e eu estava orgulhosa de mim. Orgulhosa por ter sido corajosa, por escolher o que você sempre quis, ficar longe de você. Entende agora porque desisti também? Você me consome e não é por causa do câncer, mas por causa do seu medo, da sua indecisão e eu não posso viver uma vida toda assim, não posso e não quero. Quero que lute por você mesmo. Quero que seja mais que todos os problemas que tem enfrentado. Queria que as coisas boas tivessem sido maiores que as ruins. Você não me respeitou, não me enxergou. Ouvi a semana toda de amigos íntimos que talvez você tenha feito isso porque quer me “proteger”, juro que odiei profundamente todas as vezes que ouvi isso. Você não me ouviu. Não viu que a decisão era só minha. Eu escolhi estar do seu lado, eu sabia das consequências, eu aceitei isso, porque isso era uma decisão minha, apenas minha. Mas você achou que era sua, que poderia me afastar, que estava fazendo o certo. Nunca foi uma obrigação pra mim, foi amor! O tempo todo foi amor. O amor nunca pede nada em troca, amor não olha as circunstâncias, o amor olha nos olhos e faz você pensar no quanto precisa da pessoa, seja como for. Você me amou? Me amou mesmo? De verdade? Porque o amor esquece as coisas ruins. Então para de achar que é obrigação e que você deve me avisar o tempo todo sobre isso, me afastando você não me protege, você me machuca, porque o meu lugar sempre foi ao teu lado e nunca distante feito dois desconhecidos. Você me tinha mas não soube cuidar do que possuía, talvez por conhecer minhas fraquezas fez de mim o que bem desejava. Para mim acabou. Eu espero intensamente que você não perca uma vida linda porque tem medo, porque prefere passar o tempo remoendo o que poderia ter feito e não fez. Espero que você tenha coragem de viver todos os dias plenamente e feliz, que tenha coragem pra tomar decisões mesmo com muito medo e que sempre escolha aquilo que te faz feliz. Eu virei a página hoje, depois de alguns dias pensando em quantos textos escrevi pra você, quantas ligações tivemos e quantas vezes você me prometeu ficar e me fez prometer o mesmo. Parece que nenhuma promessa é maior do que o medo que você sente. Eu também sentia, medo, mas nunca deixei ele me dizer o que fazer ou quem ser. Eu sou livre, podia te amar e escolhia isso todos os dias. Não sei como chamam isso, mas acho que cansei de ser tudo pra você e você ainda nem saber o que quer. Eu sei o que quero, quero ser feliz. Quero ser corajosa, quero viver tudo de bom que a vida pode ser do lado de alguém que também queira. E como um dia escolhi ficar a aceitei as consequências disto, hoje escolho ir. Adeus, agora é pra valer.
—  Jaqueline Umberto
Recado

!!!! Sou amiga da JESS aqui em CAMPINAS onde ela mora, e ainda estou sem entender então me perdoem se eu não souber explicar o que aconteceu, Mais cedo ela se machucou, peço que vocês que gostam do perfil dela aqui compreendam, ela está sem condições pra voltar agora, estou com o celular dela, queria pedir o apoio pra mandarem vibrações boas, sei que ela tem amigos aqui por isso a contrariei e escrevi, ela está bem agora mas tá medicada,  ainda não sabemos quando ela irá receber alta. Vou estar no tumblr dela nesse tempo mas só para responder as mensagens, se quiserem  mandar um recado para eu mostrar a ela enviem  que vou tentar respondê-los e posteriormente ela irá ver. Gente por favor não deixem de pedir pra que ela se recupere logo, Obrigada. !!!! #melhorajess

holocausto

As quinas, os cheiros, as vozes e as coisas não ditas moram onde nenhum livro e nenhuma cifra (ou cifrão) pode detalhar. A dor é uma propriedade publicamente singular, ou singularmente publica - de todo mundo mas só minha. Incomoda o vazio de desconhecer os porquês da vida e incomoda perder. Talvez os estudos e as teses e a fé e os cabos dos laboratórios científicos que procuram incessantemente respostas para cada lacuna um dia percebam que viver é, principalmente, perder. Saramago deixou: tudo o que começa nasce do que acabou.


Eu sei, algumas barreiras para quebrar e alguns limites para respeitar. Há uma ponte na parte remota e envergonhada do meu peito que me arrependo de ter cruzado. O gosto de querer deixar para trás si mesmo por não conseguir parar de pensar e ir fundo e fundo e cada vez mais fundo em acusações particulares e lembranças ruins permanece em conserva no canto da boca, como um bilhete.


Vinte e quatro meses atrás escrevi o que escrevo agora: medo. O medo é Zeus e Hades, que drenar suas asas e deforma o cérebro. Barreira e limite, âncora e vela. Andar e continuar perdido. Me diz o preço do oásis porque meu grito é pouco mas é tudo que tenho. Quiçá eu possa descansar no ácido da sua língua e te ligar pedindo por paz e paz, paz, paz, só paz. Te escrever uma carta definitiva - com inúmeras alternativas - e rir do nascer do sol, amar a rua da sua casa. Quiçá eu coloque fogo no rascunho do que seremos, ou num pneu em frente a Prefeitura. A revolução parte simultaneamente de pontos remotos e um deles deve ser nós dois.


Cruzar as pernas e acender um cigarro é a melhor idiossincrasia que se compra no mercado. Eu vi, daqui dois mil anos a tristeza ainda fará parte dos livros de História e esse elefante acinzentado posto no meio da sala continuará me atrapalhando a assistir TV.


Yasmin

Acho que eu to me apaixonando, Zé. E se a gente for rever o meu histórico das paixões, eu to completamente ferrada, porque eu não sei não me jogar de cabeça nesse mar e ter receio de me afogar ao mesmo tempo. Eu não sei gostar pela metade, querer aos poucos. Comigo é oito ou oitenta. O problema, Zé, é que eu acho ela linda, mesmo ela teimando comigo dizendo que não. Eu acho o sorriso dela lindo e quando ela sorri os olhos sorriem junto. Quando eu vejo ela chegando pra perto de mim, minhas mãos ainda continuam tremendo, que nem da primeira vez que a vi. É uma visão de tirar o fôlego, Zé. E eu gosto de quando ela fica do meu lado, a vontade é de não deixá-la ir embora nunca, a vontade é de ficar abraçada com ela pra sempre. Gosto do cheiro dela, da cor do cabelo dela, dos beijos… Que beijo, Zé. É uma mistura de doce com um toque provocativo, sabe? Gosto da forma como ela é carinhosa comigo, da forma como a sua mão toca a minha, enfim…
Ela não sabe de nada disso que eu escrevi agora, e eu tenho muito medo de que isso a assuste.
Caramba, Zé, eu já to escrevendo sobre ela… Eu to bem ferrada.
—  LB, Ela.

anonymous asked:

🙈🙈🙈🙈 Sou seu anônimo,não quero ninguém tomando meu lugar não 😒😒😒😒😒😒😒😒😒😒😒 Gostou do que eu escrevi?😶 To sem jeito agora 😐

E como vou saber, que você é o anônimo de perto de mim e que escreveu aquele texto? Ou seja, como irei saber que é o anônimo fav? U.u

Andei amando loucamente, como há muito tempo não acontecia. De repente a coisa começou a desacontecer. Bebi, chorei, ouvi Maria Bethânia, fumei demais, tive insônia e excesso de sono, falta de apetite e apetite em excesso, vaguei pelas madrugadas, escrevi poemas (juro). Agora está passando: um band-aid no coração, um sorriso nos lábios – e tudo bem. Ou: que se há de fazer.
—  Caio F. Abreu

Eu só queria dizer que tem sido difícil desde que você foi embora.. Eu me fechei, eu esfriei obrigatoriamente, sabe ? Eu chorei, na verdade, eu estou chorando agora.. Eu escrevi uma mensagem, eu apaguei, eu lembrei de você e sorri, eu me senti idiota, me senti usada, me senti sozinha, vazia, solitária.. Eu quis te procurar, eu entrei no teu Facebook, eu vi coisas que me machucaram, eu perdi a coragem de mandar aquele oi, eu chorei de novo e de novo. E me senti cada vez pior. Eu sai, eu bebi, até conheci outras pessoas. Amigos teus me procuraram, eu quis aceitar, eu lembrei de você, eu desisti dessa idéia tola. Eu senti saudade, meu peito apertou, eu quis um abraço teu, eu quis você. Você apareceu, meu sorriso abriu, meu coração sorriu, eu desandei. Você foi embora, me despedacei, me arrependi, retrocedi. Eu sonhei com você, imaginei tanta coisa, até quis casar. Esqueci que tinha ido embora, idealizei um momento nosso, teu beijo teu cheiro teu abraço teu toque e esqueci que já tinha partido fazia tempo.. A saudade bateu, desabei novamente, eu sorri, eu chorei, quis gritar e até reclamei. Me senti idiota, me culpei, me escondi, me fechei. Entre as lágrimas te amei, quis procurar, então entrei no teu Facebook e olhei. De publicação em publicação me machuquei, o teu nome baixinho eu chamei. Esqueci um pouco de mim, me deixei. Quando vi você ali tão feliz, até te xinguei. Quando você sorriu, desandei. E depois de tantos sonhos bons em que você estava lá, lembrei da sua partida.. E desabei.
Quanto tempo desperdicei ?
— Felipe, o Idiota.

O que te incomoda? Que dizer, o que te deixa triste? Pra “baixo”? A briga na sua família? A falta de dinheiro? A solidão?SEU CORPO? A vergonha? Ou talvez, você fica assim por falta de alguém que não está ao seu lado hoje. Você acredita em Deus? Quer dizer, acredita que tem alguém do seu lado o tempo todo? Acredita em alguém que deu seu filho por você? Você ainda está lendo? Espero que sim. Se o espelho refletisse sua alma, você se reconheceria? Ok ok, chega de perguntas, vamos as respostas! Se esse seu problema for dinheiro, acredite, você não é o único/única. Tem muita gente que sobrevive com muito menos que você, e posso te garantir, até porquê, você está lendo, e tem gente que não sabe nem o que é isso. Qual seu dom? O que você sabe fazer? O que você GOSTA DE FAZER? Cantar? então canta pra expulsar essa sua tristeza. Gosta de andar de skate? Gosta de jogar futebol? Então vai atrás do seu sonho pô! Eles não vão vim pra você se você continuar sentado reclamando.Brigas na sua família? Cara, acredita, você tem que agradecer a Deus por ter família. Devia agradecer por ter quem cuide de você. Eles podem ser chatos, irritantes e até podem te machucar, mas são eles que vão estar com você quando você não tiver mais nada. E seu corpo hein? Ta reclamando do que? VOCÊ É PERFEITO/PERFEITA PRA ALGUÉM, além de ser perfeito pra mim e pra Deus. E está com saudade de alguém que te abandonou? Acredite, se ele ou ela não está no seu presente, deve ter feito algo no seu passado.Quer saber o que você precisa? Foco, força, fé , suor e muita luz.
Foco pra nunca desviar do seus objetivos. Força pra correr atrás. Fé pra acreditar que é possível. conseguir Suor, que é a prova de que você lutou pra . Muita luz, que vem de Deus pra de mostrar o caminho e te fazer conseguir.E quando não se tem pra onde correr? E quando não se pode nem dizer “meu melhor amigo\amiga é …” por não saber quem realmente é seu amigo? E quando não se consegue nem escrever o que sente por não saber como expressar? E tudo parece apenas mais algumas perguntas. Como? Por que comigo? O que eu fiz? Quando todos a sua volta se tornam meros estranhos e sua dor não diminui. E quando você não sabe mais o que fazer pra diminuir essa dor e essa culpa “sem sentido”. E quando você não consegue expressar a dor no seu coração, se é que ainda existe um coração. Quando alguém te abraça forte e você desaba, num singelo ato de “falta do que sempre tive”. E quando você não sabe mais o que fazer, e se sente como um “tanto faz” na vida das pessoas. Dói né? É, tô descobrindo. Mas eu parei por aí sabe porque? Descobri que pra ser feliz, só preciso de Deus e de mim mesma! Até porque, quem vai ser feliz por mim? VOCÊ É TÃO FORTE E TÃO FRÁGIL NÉ? Você sabe que sim, mesmo tendo essa pose de “durão”.
Olha, não te conheço e nem sei nada sobre você, mas pode crer, eu ACREDITO EM VOCÊ !“Não importa há quanto tempo você esteja nessa escuridão. Mantenha a cabeça erguida, olhando para o céu. O sol vai aparecer outra vez. Isto é para você, onde quer que você esteja.”- Aqui é a Duda (:
—  Cartas do Resgate. Minha pequena carta (; 
No meio de tanta calma, você raio, eu trovão. Inventamos uma tempestade.Como já disse, sem essa de ser metade. Você é minha outra parte, inteira. Entre tantas vidas sem brilho, eu ouro, você diamante. Tudo fez sentido no instante quando minha voz no teu ouvido despertou o amor que estava escondido, por ai. Você louca, eu maluco e com mais de 7 bilhões de pessoas espalhadas pelo mundo a gente descobriu, que tudo se encaixa. A gente odeia cigarro, ama elefantes. Dança sem música, canta sem ritmo e descobrimos que todo algoritmo é finito, mas nossa vontade é tanta, que essa regra de finito não se aplica a nós. Nosso nome combina, nosso signo combina, teu sorriso me anima, tua beleza me inspira, nosso abraço se encaixa, nossa mão se entrelaça, mesmo dormindo, quanta coisa mágica. Queria ter feito uma lista detalhando como seria a mulher dos meus sonhos, você daria risada porque você se encaixa em todas as descrições. Quantas cançoes eu escrevi, e só agora entendi que todas as histórias que inventei são histórias que eu sempre sonhei em viver. Amor, só estava esperando você aparecer pra viver cada fase, cada frase, todo dia, até quando a rima, não rimar. Te amo.
—  Ivo Mozart.