erick

O que é ser Forte?

Espero que seu coração veja mais do que seus olhos, para que você contemple a força que há por trás de um ato de Amor verdadeiro.
Pois quando você deixa que Deus converse com seus filhos através do teu coração, não há nada mais que possa ser chamado de Força.
A Força que não vem de mim, mas esta em mim, não é medida pelo que o mundo considera ser forte.
Minha força está em manter corações aquecidos por uma possibilidade de que o Amor seja possível de não deixar que a esperança se apague nem por um segundo que seja.
Quando você pede sinceramente, o inesperado acontece.

- Erick Mafra

2

So the other day I said my wall needed an update, and here it is, though all the horizontal stuff had to go onto the closet

Most of this is stuff people drew for me or because of me, and you guys, I see it all and I save it all for just this purpose

A thank you for all of this goes out to: @ritzy-biscuit, @mcgeeky25, @neuroticnygma, @eliuee, @gloved-assailant, @jonathan-cranes-mistress-of-fear, @pantherflint, @roll-n-riddle, @fetacheeseandsoup, @waiting4codot, @thatpersonrightbehindyou, @secfk

Anyone who isn’t on the wall who has made me something, I’m sorry but it wasn’t high enough resolution to print and sorry babe but I can’t print aesthetics

eyes of blue, reflecting back at you.
reaching out to hold their hand. the
infinitesimal moment before the kiss.
calling birds flying over the shore.
kicking sand so it flies like sea spray.
enchanting siren calls, flute music,
rhythm of poetry and waves. diving
into cold waters. dogs licking faces.
crustaceans scuttling past toes.
kingdoms by the sea.
—  name aesthetics: erick // L.H

Às vezes quando alguém fala que vai ficar tudo bem, ou tenta nos consolar, parece distante.

Dormi com os olhos em lágrimas, já tentei me distrair, só para não olhar… Olhar para o vazio que sentia.
Me isolei e achei que nunca encontraria alguém para confiar, já encarei os céus com raiva, já encarei o mundo com medo, já encarei o chão e andei contando os paralelepípedos, esperando por algo encontrar.
Já chamaram de carência, de infantilidade e até de crises existenciais.

Mas eu sei que você também já sentiu aquela sensação de que falta algo, como se no peito existisse um buraco.
É como se estivesse acontecendo uma festa em algum lugar, e você não pôde participar. E eu sei que você já procurou algo, sem saber exatamente o que falta, não encontrou e de certa forma se conformou.
Também sei que já te disseram ”A vida é assim mesmo”, mas eu sei que no fundo você não acreditou.

Eu também quase acreditei, quase me conformei, já senti o mesmo, quase desisti. Mas eu não desisto, não só por mim, mas por todos que sentem isso.
Busquei em beijos, nos livros, nas viagens, família, festas e sonhos.
De algo eu sabia: A maioria das pessoas se sentem vazias.
Tentam na forma de alguma forma se completar. Já pensei que o problema era comigo. Conheci pessoas legais, até tentei ser como elas, mas percebi que elas sentiam o mesmo, mas escondiam esse vazio de si mesmas com distrações.
Mas do que falamos? O que procuramos?
Eu queria poder ter todas essas respostas, não só pra mim, mas para entregar a quem sente o mesmo.
Eu conversava com Deus e costumava pedir desculpas na maioria das vezes, me sentia culpado por ser diferente e questionar todos que viviam uma vida normal aparentemente.
Em dezembro decidi ficar sozinho, longe de tudo e todos. E antes de dormir pela primeira vez não pedi desculpas. Pedi luz.
No Amor não existem culpados, não existem pecados. Aprendi com Jesus.
Na mesma noite, num sonho uma Luz acendeu, era como se ela sempre estivesse ali, ela era tão forte e me dava uma certeza segura de algo que nem eu sabia. Acordei e ela continuou a brilhar dentro de mim, e tudo que comigo acontecia não a fazia apagar. E mesmo quando nada mais fazia sentido, tudo parecia estar de cabeça para baixo, a forte Luz não me deixava duvidar.
Eu sorria, às vezes chorava só de senti-la brilhar, um sentimento que não se pode explicar. E a Luz permiti me guiar.
E ao segui-la, confiantemente, sem questionar, encontrei pessoas que seguiram a mesma Luz.
E essa Luz nos mostrou que estamos conectados. E nada mais pode nos separar. E sei que ao ler esse texto, que escrevo de um lugar aconchegante, aquecido e em paz, em você um fio de luz brilha, confie nisso. Talvez você já tenha se cansado de procurar, ache isso distante, mas está mais perto do que você imagina. Está em você, deixe a Luz brilhar, porque somos feitos da mais pura Luz. Nascidos para Amar.

- Erick Mafra