entrando

Il post non è mio ma, potrebbe far bene a tante persone quindi lo posto lo stesso.

Mi chiamo… Anzi non mi chiamo. Sono troppo piccolo per avere un nome. Ho appena qualche settimana di vita. La mamma non si è ancora accorta di me. Semplicemente, percepisce in lei qualcosa di diverso, ma non immagina cosa possa essere: improvvisi sbalzi d'umore, capogiri, eccessiva stanchezza. Non sa che io sono dentro di lei. Poi realizza il fatto di avere un ritardo, e si spaventa. La mamma è giovane. Va ancora a scuola. Percepisco la sua angoscia, e mi ferisce la sua speranza della mia inesistenza.
Continua a ignorare la cosa, a voler
credere che io non esista. Oggi però ha
finalmente trovato il coraggio di
scoprire la verità adesso sta entrando
in farmacia per acquistare un test. Si
rivolge al farmacista timidamente, parlandogli a bassa voce. Temo che si
vergogni di me. Torna a casa. Chiudendosi in bagno, affronta la realtà: prende il test fra Ie sue mani, e dopo
qualche istante comprende che c'ero,
che esistevo. Mi ha profondamente
colpito la sua disperazione: avvertivo il
suo dolore, unito al mio che cresceva
man mano per la sua infelicità. Perchè
non mi vuoi, mamma? Non piangere,
tranquilla. Ci sono qui io che ti voglio
bene. Adesso prende il cellulare. Sta
facendo uno squillo a papà. Non so cosa gli stia dicendo, ma la mamma si
arrabbia molto con lui, grida, gli urla
che io non sono un dente cariato da
estirpare: sono un essere umano! Dice
che non può tirarsi indietro, fingere che
la cosa non esista, perchè, che lo voglia o no, lui è mio padre. La mamma e così
piccola ancora, fragile, ha bisogno del
sostengo morale di papà, soprattutto per dare la notizia ai nonni. Invece si trova costretta ad affrontare ogni cosa da sola, perchà papà non vuole saperne di me. Papà, quando la mamma ha saputo di me è scoppiata in lacrime, tu
addirittura vuoi buttarmi via: perchè
non mi volete? Cosa vi ho fatto di male? Sono solo un bimbo innocente. Ora la
mamma lo sta dicendo alla nonna.
Nonna, cosa fai? Perchè hai dato uno
schiaffo?!? Cosa c'è di tanto cattivo in
me, che non deve nascere? Mamma
tranquilla, andrà tutto bene. Non
intristirti perchè hai litigato con la
nonna. Vedrai, Ie passerà. Andrà tutto
bene.
Sono passati tre giorni. Ora ho tre
giorni di vita in più. Che bello, non vedo
proprio l'ora di nascere, di imparare a
camminare, a parlare, a correre. Voglio
che mi insegni tutto quello che sai,
mamma. E non importa se papà non mi
vuole, magari con il tempo cambierà
idea. Per adesso mi basti tu. È cosi bello addormentarsi con te, mammina,
svegliarsi con te, accompagnarti in ogni cosa che fai. Ora stiamo entrando in uno studio medico. Non piangere, mamma. Ci sono qui io che ti voglio bene. Vedo il dottore, molte macchine e tanti infermieri. Sei già curiosa di sapere se sarò un maschietto o una femminuccia?
Eppure tu continui imperterrita a
singhiozzare. Cos'è? L'emozione di
sapere il mio sesso? Continui a ripetere, accarezzandoti il ventre «perdonami,
bambino mio». Perdonarti di cosa?!?
Perchè dovresti avere bisogno del mio
perdono? Cosa stai facendo, per chiedermi scusa?
Sento un dolore, una specie di ago che invade il mio piccolo mondo perfetto. Ho capito tutto. Le mie cellule strappate dalla tua carne. Ora capisco che tu non mi insegnerai mai a camminare, a parlare. Perchè io non nascerò mai. Non piangere mamma, io ti perdono. Chissà se esiste un paradiso per i bimbi mai nati.
Addio mamma. Saremmo stati felici
insieme, ti avrei voluto tanto bene.
Addio.
II tuo bambino senza nome.

Ohh droga! Eu não paro de pensar em você. E quando eu digo não parar, eu digo a todo momento, mesmo. Onde eu vou, parece que você está lá. Quando eu ouço uma música, quando vou postar uma foto no instagram, ou quando leio uma frase clichê. Eu só não quero estar entrando em mais uma das longas burradas que eu já fiz na vida, mas sua presença, ela faz tudo valer a pena. Estou ficando maluco! Mas é por você.
—  O Pequeno Bob.

não é que eu queira reviver nenhum passado
nem revirar um sentimento revirado
mas toda vez que eu procuro uma saída
acabo entrando sem querer na tua vida

Pedidos \ Stts Ano Novo 🎊❤

•Tamo entrando no ano novo, mas a vontade de te pegar e antiga… 🙈❤🌚

•Não oro para que o ano novo seja melhor. Eu oro para que eu seja melhor no novo ano.❤

•Há sempre um recomeço. Feliz 2017! 💫

•Novos dias, novos caminhos, novos sorrisos, novas pessoas. 2️0️1️7❤🎊

•Aquele eterno clichê “Ano novo, vida nova”.

•Só levarei o que faz meu maxilar doer de tanto sorrir! 2017 🌟

•Que nada nos impeça de ser feliz. ☄ 

•Sem metas para 2017, tudo acontece no tempo certo 🙏

•Adeus 2016 e a Deus 2017 ❤🎊

•E q os erros de 2016 não se repitam em 2017 🎊

Análisis Etapas WIGETTA parte 1

Este análisis lo haré en base a las Etapas que pasa una pareja y las iré relacionando con lo que hemos visto de Vegettita y Willy en sus series juntos desde el 2012. NO INCLUIRÉ series con los demás chicos o series cortas (Karmaland, Eggwars, TNT RUN, etc) o se hará muy largo XD jajajaja Ya analizaré su interacción con los demás otro día <3

AVISO: yo no soy psicóloga ni intento serlo, solo analizo desde mi punto de vista y experiencia personal~ Nada de lo que ponga aquí es una afirmación, solo suposiciones ^3^

Bueno, vamos a ello~

2011 - 2012

Vegetta (23 años)

Creo que todas conocemos ésta etapa de Vegettita XD en ese tiempo no era tan conocido como ahora, estaba entrando en la adultez y la liberación de internet y las redes sociales lo llevaban a escribir muchas cosas sexuales en twitter, demostrando abiertamente que era bisexual. Esta etapa de osadía le pasa a muchas personas cuando comienzan la adultez, porque a los 20 años ya puedes hablar de sexo libremente, ya no eres un adolescente, y quieres que todo el mundo sepa tu orientación y planes sexuales. Hay mucha inmadurez con relación al tema también, y Vegettita siempre coqueto le tiraba mensajitos subidos de tono a cuanto amigo tenía en twitter.

No tenía tantos seguidores, no mostraba su cara ni nombre en internet (videos de la cintura para abajo) así que ni su familia ni amigos sabrían lo que ponía en internet…

Willy (19 años)

Ya con cortos 19 años era bastante conocido como youtuber, tenía muchos seguidores, mostraba su cara (de bebé X3) y tenía una personalidad tímida, pero con constantes impulsos de osadía. Hablaba con más groserías, era más explosivo, y bueno, características típicas de un adolescente.

La vida privada de Willy siempre ha sido un misterio, no se le conocen novias ni novios (corríjanme si me equivoco), y creo que ésto sucede porque pasó de la Niñez a la adultez de golpe al entrar en Youtube y dedicarse a su canal de lleno. Para mí, Willy no define su sexualidad con una sola palabra, quizá por falta de experiencia, pero no podría decirse que es Hetero u Homosexual a pie junto. Posiblemente sea bisexual… o pansexual… no lo sé.

En esta etapa es el ídolo de Vegetta, comienzan las conversaciones, al principio como Fan e Ídolo, y luego ya como iguales.

2013

Vegetta y Willy comienzan a hacer series juntos.

Cube World

https://www.youtube.com/embed/KTpf0Azne28?list=PLtUb5COxAEle0HqJtKlSfvkCYrXo5jcIE

Primera serie que hacen juntos. La forma de comentar de ambos era muy distinta, usaban un tono de voz más suave, más tímido, y parecía que jugaban sin tomar en cuenta al público. Aquí comenzaron las indirectas y los chistes entre ellos, se dieron cuenta de que su humor era parecido, y se reían de cosillas tontas, aunque Willy era mucho más inocente y le costaba a veces entender las bromas con doble sentido de Vegetta.

Apocalipsis Minecraft 1

https://www.youtube.com/embed/LwNIz_Fotaw?list=PLSbDMtNBmYTtvbbb9n_VXEH9JEcHwRojC

Aquí es cuando WIGETTA nació. Con sus series se comenzaba a notar una cierta química entre ellos, que los motivó a hacer más series juntos.

Además, ambos eran youtubers con bastantes seguidores y su alianza hizo que aumentara a más. Y claro, podrían haberse aliado a otros Youtubers también que comenzaban a conocer, pero la compenetración que lograban era muy fuerte y se la pasaban bien.

Peleaban (en broma), se reían, se daban indirectas, se querían, volvían a pelear. El perfeccionismo de Vegetta chocaba de lleno con el desorden de Willy, en este tiempo aprendieron a ponerse de acuerdo, a negociar, y creo, a mi parecer, que aquí comenzó una relación de amistad grande. Solo amistad, pero con ciertas indirectas y coqueteos locos.

ZOO TYCOON 1

https://www.youtube.com/embed/qZ1EvwQ0OTk?list=PLSbDMtNBmYTuw5Vx6eWzjSjKHfgT2mwoA

Series cortas: DEFENDIENDO LA VILLA

https://www.youtube.com/embed/SYxOBx4xLjc?list=PLSbDMtNBmYTu0S07A1GGbyG1_9nmVXH0j

———–CONTINUA EN POST 2———————-

http://xkahime.tumblr.com/post/156176867574/an%C3%A1lisis-etapas-wigetta-parte-2

A Falsa Liberdade.

O que seria ser livre? Seria uma noite de festas e bebidas? Seria ser “dono do próprio nariz”, fazer o que quiser sem responsabilidades? Mas a verdade, é que nenhum ser humano é completamente livre, pois nós mesmo nos aprisionamos.

Por exemplo, uma pessoa que se acha livre por “pegar todos(as)”, ir à festas, usar drogas etc, na verdade apenas se aprisiona nessa rotina por ter uma definição de liberdade voltada a isso. Muito usam esse comportamento para sentir algo apenas parecido com liberdade, ou simplesmente para sentir alguma coisa. 

LIBERDADE é diferente de LIBERTINAGEM, é uma falsa visão da mesma, uma visão deturpada de felicidade baseada em fatos não duradouros e promíscuos. Essa onda de falsas liberdades, é a causa de tanta depressão, tanta tristeza e tanto vazio, um vazio que é “preenchido” por atitudes baixas e degradantes, apenas uma felicidade momentânea, que não tampa os buracos que os faltam, na verdade apenas estão entrando num ciclo vicioso, onde abrir mão de tais coisas, se torna impossível, então, onde a tal “liberdade” está presente em situações como essa? As pessoas passam muito tempo buscando algo que não os constroem, apenas algo que supra suas necessidades carnais, que não os agregam como pessoas.

Se aprisionar em uma rotina fútil que apenas alimenta seu ego não preencherá seu vazio. Se sua “liberdade” é volta à prazeres carnais, sua vida é baseada em mentiras vazias. Nossas correntes internas nos aprisiona mais que qualquer coisa exterior, restringir o significado de “ser livre” ao mais baixo “instinto” humano é incoerente, pois como disse, isso tão lhe liberta, mas lhe aprisiona em seus desejos.

Para mim, o melhor caminho para a liberdade, é você ter um controle sobre o seu futuro, buscar uma liberdade própria e se livrar de suas correntes internas, agregar coisas que nos constroem e não o que nos degrada. “Decifra-me, ou devoro-te”, decifre o que te aprisiona, ou devora-te com o tempo, não há nada melhor do que uma liberdade interna, desvinculada á promiscuidades e instintos baixos.

Você continua tão lindo, e isso me lembra aquela época que te conheci. Coloque aquela música que a gente gostava de ouvir e diga que estávamos loucos quando soltamos nossas mãos. Eu sinto sua falta, e eu estou aqui esperando você dizer que essa saudade é recíproca, que o nosso amor ainda está vivo dentro dos nossos corações. Volta correndo, entrelaça seus braços no meu corpo e diz que nunca mais vai me deixar ir embora, volta e mostra que a gente ter se separado foi o maior erro de nossas vidas. Volta dizendo que as estrelas dessa noite irão testemunhar você entrando de novo na minha vida.
—  Bianca Autran
Era apenas 00:00 da madrugada. Mandei milhares de mensagens. Esperei muito tempo, não consegui esperar e acabei dormindo. Quando acordei, vi que não tinha nenhuma mensagem sua. O dia foi se passando e nada… Senti que aquela mensagem não seria respondida. Fui me adaptando com a sua ausência, com a sua saudade. Resolvi mandar outra mensagem para que você possa ver e sentir que aquela mensagem que eu mandei, foi uma demonstração de que eu realmente me importo com você. É, você recebeu a mensagem, visualizou e não respondeu. Na mesma hora senti uma flecha entrando no meu peito, coloquei a mão e vi que realmente eu estava sangrando por dentro, há cada passo que eu dava, era uma dor, uma dor enorme. É provável que você não me amava, não sentia nada por mim, e eu, fui um trouxa, um idiota por te mandar mensagem e não receber um “oi, você está bem?”, Pois é, isso doeu. Mas eu superei a sua partida e a sua ausência. Me tornei um cara bacana para outra pessoa, pra uma pessoa que me ama de verdade, que me protege, que cuida de mim, que sente o mesmo que eu. E até hoje, estou feliz, muito feliz. É muito difícil achar uma pessoa que te ama do mesmo modo, não é? Esperei séculos por essa pessoa e eu espero de coração que essa pessoa não seja a que você foi. Não que eu esteja enganado, não que o amor queira me ver infeliz, mas eu acho que esse amor irá durar e permanecer na minha vida, e assim o futuro irá responder por nós.
—  João Fontinelly.
#EscorpioElPosesivo
  • Escorpio: ¡SANITARIO, VEN AQUÍ, MALDITO!
  • Sagitario: OYE, es S-A-G-I-T-A-R-I-O; no inodoro
  • Cáncer: ¿Qué pasa aquí, por qué tantos gritos? *entrando*
  • Escorpio: TÚ CÁLLATE, TUMOR
  • Sagitario: ¿tumor? *risas* éso fue gracioso
  • Cáncer: para mí no *se va*
  • Sagitario: rayos, y ¿tú, animal, qué tienes?
  • Escorpio: me dijeron que besaste a Virgo *mirada asesina* ELLA ES MÍA
  • Sagitario: uhmm... yo no haría tal cosa *risas* ¿te lo dijo Géminis?
  • Escorpio: sí... *suspira*
  • Sagitario: *mira por la ventana* es él quién la está conquistando... mira allí están *Escorpio observa*
  • Escorpio: *aprieta los dientes* gracias, Sagitario... iré por mis cuchillos
  • p.d: lo intenté xd
  • -Weirdie.