ele bee:

“Ela é aquela garota cheia de fases. Um dia, sorri, no outro, fecha a cara. Ela tem um sorriso doce, mas o olhar é misterioso. Ela não sabe o que quer. Aliás, uma hora ela quer tudo, outra hora, não quer nada. E vive procurando sentido pra vida. Vive cheia de perguntas e totalmente sem respostas. Ela deseja calmaria em certos momentos, e em outros, tudo o que mais quer é que algo surpreendente aconteça. Ela tem um jeito grosso, mas isso esconde o quão amável ela é. Ela pode ser gentil, mas também sabe ser malvada. Ela ama demais, embora não goste de demonstrar isso. Toda a frieza apenas é uma máscara para se proteger. Ela já se machucou tanto, que tem medo, que se perdeu no mar de sentimentos dentro dela”

Eu amo ele. Eu realmente amo, porque quando ele sorri eu sinto vontade de dizer os por quês de o amar. Eu sei que pode soar exagerado, mas quando ele me olha daquele jeito tão acolhedor eu sinto vontade de chorar, chorar de tanta felicidade por ele estar ali. Ao meu lado. Eu amo ele, porque ele faz eu me amar, porque ele arranca para fora tudo o que existe de bom em mim, eu o amo porque eu sinto que posso ser eu mesma com ele sem ter medo de esconder alguma característica.
—  Eu Vejo Você
Ah, o jeito dele… O jeito quando ele tenta me pegar no colo e o máximo que consegue é me deixar com raiva. O jeito como ele começa a cantar umas músicas desconhecidas, porém muito bonitas. O jeito como ele olha nos meus olhos. O jeito como ele entrelaça seus dedos nos meus. O jeito como ele puxa minha cintura para não sobrar espaço nenhum entre nossos corpos. O jeito como do nada ele me lambe só para implicar comigo. O jeito como ele ri, jogando a cabeça para trás. O jeito como ele fica fazendo carinho no meu cabelo. O jeito como ele fica batucando a minha perna ou minha barriga como se tivesse tocando uma bateria ou um tambor. O jeito dele de falar, com aquele sotaque. O jeito como ele finge que vai beijar minha boca e beija minha bochecha, só para me provocar. O jeito como as bochechas dele estão sempre vermelhas. O jeito como ele no meio do beijo para, olha pra mim e sorri. O jeito como ele faz brincadeiras bobas só para me ver sorrir. Ah, definitivamente eu amo o jeito dele, que me deixa assim, tão sem jeito…
—  Eu te amo, M.
Vou falar uma coisa que vai partir o seu coração. Ele não gosta de você. Isso mesmo, o que você sente por ele não é recíproco. Ele não pensa em você antes de dormir, ele não olha suas redes sociais, ele não sente falta da sua voz ou dos seus cuidados, ele não quer saber da sua vida da mesma forma que você procura saber da dele. Para de pensar que tudo que ele faz gira em torno de você. Já leu todos os textos que ele fala da pessoa perfeita? Sinto muito informar mas você não é essa pessoa. Para de cruzar os dedos e implorar ao destino para trazer ele de volta. Menina, para de sonhar acordada, e perder noites e noites de sono pensando como ele está, ou se está pensando em você. Ele não pensa em você, ele não vai cumprir todas as promessas que fez um dia. Ele não ama você, não da forma que você imaginava. Sabe o motivo? Quem ama, corre atrás, cuida, se importa, por mais orgulhoso que seja. A verdade é cruel, e você tem que ser forte para ouvir. Quem gosta quer o outro por perto, mesmo que seja de longe. Se ele realmente ama você, uma hora ou outra ele vai te procurar, vai dizer que sente sua falta. Quem ama pode até ir embora, mas nunca esquece que um dia vai voltar.
—  Kiara Vasconcellos
Eu quis te contar como eu me sentia cada vez que você me olhava, como o mundo parecia parar para nós. Eu quis te contar como era bom te encontrar para jogar conversa fora, para desabafar ou para ficarmos abraçados, em silêncio. Eu quis te contar todos os meus medos, minhas inseguranças e meus sonhos mais bobos. Eu quis te fazer feliz, ser o motivo do seu sorriso e te contar que você era o motivo do meu, quis contar também que seu nome era sinônimo de felicidade. Tudo que eu quis, eu quis com você. Queria que nossos qureres se coincidicem e você me quisesse também.
—  Ocasionadora - O amor que eu queria ter.