edu quotes

“The grunge scene is not what I’m interested in. But “Territorial Pissings” [on Nevermind] is a fucking great song. And “Dumb” [on In Utero] – I cry every time I hear that song. It’s a stripped-down version of Kurt’s perception of himself – of himself on drugs, off drugs, feeling inadequate to be titled the voice of a generation.” Frances Bean Cobain

what is your favorite song on the album In Utero?

Não me importam inteligências… Nem muito as praias… Formas de linguagem… Linguagem… Jeito… Não me importa mais. Parecer melhor. Pior. Não me importa mais parecer. Nem ganhar dinheiro me importa mais. Por que sou sozinho. Já sou isso. E já sou isso demais.
—  Eduardo Sterblitch
“A vida não é um conto de fadas Emily” Ele repetiu isso para mim diversas vezes com a intenção, pensei eu, de me convencer a desistir das minhas ideias tão arriscadas. Sim, a vida não é um conto de fadas e eu tenho a convicção disso, mas oque ele queria dizer? Que não podemos fazer nossas próprias escolhas? Pelo que eu ouvi, era a isso que ele se referia. Lá estava ele, forte, tão decidido e cheio de si, mas por dentro eu via uma pessoa oprimida, alguém que tem medo de seguir seus próprios sonhos, pois sabe que eles são a discordância das regras que o impuseram durante toda sua vida. Nós nos amávamos e até esse momento esse amor ainda estava ativo dentro de nós como uma pequena chama, mas sei que com o tempo, ela irá se apagar. Tudo que eu queria era viver, viver da forma que eu quero, ser feliz ao lado dele e esquecer as regras, as pessoas, o mundo; não quer dizer que eu não tenha medo, muito pelo contrário, eu sou um poço de medo e insegurança, tenho medo de passar por cima das regras dos meus pais, tenho medo das coisas que iria passar para poder vê-lo, mas o meu amor é maior do que tudo isso, não só o amor, mas o meu pior medo é a chegada do futuro e aquela pergunta que tanto pode me infernizar se eu não tentar, conhecida como “e se?” e se eu tivesse tentando? E se a gente tivesse conseguido superar tudo? E se depois de um tempo as pessoas se convenceriam de que não vale a pena lutar contra o nosso amor? E se? E se? E se?
Sim eu sou mais corajosa que ele, sempre fui. Por mais que eu seja mais fraca, frágil, sou mais decidida das minhas escolhas, tenho mais coragem para arriscar pular de paraquedas sem testa-lo antes, provar o sorvete de um sabor que nunca provei, tentar descobrir um novo caminho para chegar a uma cidade desconhecida… Enquanto ele, é acomodado com a vida e com oque ela se tornou, acho que o seu maior medo é o medo dos sonhos, o medo das escolhas. Eu estaria vendo a vida como um conto de fadas se pensasse coisas do tipo “eu e ele ficamos juntos, fomos muito felizes desafiando as pessoas, e nossa vida depois virou uma novela mexicana” mas não, eu sei que pode não dar certo, eu sei que vamos nos machucar, eu sei que desafiar meus pais vai ser difícil, eu sei que haveria lagrimas, mas também sei que tentar é melhor que elaborar finais que contenham apenas decepções para poder da a desculpa de “não tentei pois sabia que não daria certo” Sabia? Quem sabe o futuro além de Deus? Não, eu não sou uma criancinha que não aceita que perdeu, sou apenas uma pessoa que não quer cometer o mesmo erro que assiste as pessoas cometerem todos os dias, deixar seus sonhos para atrás e se acomodar com apenas oque a vida oferece.
—  Eu quero mais, muito mais. Emily Baxendale
Eu penso estar vivendo uma ilusão,sem saber se me quer ou não.Quem dera se a resposta fosse sim mas acho que já nem liga pra mim.Se for assim o meu coração sofre,só,sem você em vão,bate mais triste,então.Mas ele ainda pode se alegrar se de repente você reparar,que com você também aconteceu que sente amor tão grande quanto o meu.
—  Edu Ribeiro