edlae

Não sei te deixar.

Foi difícil te soltar, minutos antes de dizer adeus meu coração já chorava, já se partia por saber que te veria partir novamente, te deixar ir sempre foi uma tarefa totalmente dolorosa, a vontade de te implorar pra ficar era imensa, eu só queria poder te grudar em mim pra sempre, te oferecer um colo e meu completo e genuíno amor, tudo bem, eu sei que não é grande coisa, mas é tudo o que eu tenho, e posso te garantir que é a coisa mais preciosa que eu poderia lhe oferecer… eu só te queria pra mim, só queria te cuidar de perto e te fazer enxergar que aqui é o seu lugar.


- Edla (alua-minguante)

Ainda é você.

Você fez daquela noite tão especial, me presenteou com vários dos teus melhores sorrisos, me aconchegou na imensidão dos teus braços, me acolheu com teu carinho, me fez feliz, pela primeira vez de fato alguém (você) fez com que eu me sentisse em casa, fez com que a cada minuto eu tivesse mais vontade de te pedir pra me deixar morar em ti, confirmou o meu pensamento de criança: a imensidão do sentir se encontra nas coisas mais simples da vida, nas coisas mais simples como no ato de você olhar pra mim e perguntar o porque eu não paro de te olhar, e eu simplesmente ficar sem palavras, afinal, preciso de quantos motivos pra observar a perfeição do teu sorriso? (…)


- Edla (alua-minguante)