dusg

Muchas veces te deseo así, y pienso, siento, pienso: ¡cómo no estás aquí! […] Juntos miraríamos llover mansamente, y quitaría mis ojos de la lluvia para mirarte a ti. Y estaríamos callados un buen rato. Y no seria necesario decir: te quiero. Y volvería a saber que eres dulce y tibia, deliciosa, delgada como la lluvia, honda como esta noche en que estoy solo.
—  Jaime Sabines
Entre contraditórios, vermes e pessoas irracionais por perto,
faço minha levada no ritmo espiritual imerso,
como rei do mar venho trazer um recado dos grandes deuses reais:
vivemos aqui embaixo, mas observamos o que fazes para os seus leais,
naqueles que confiaram em ti, crianças engenuas sem cabeça pra suportar,
tal falta de desordem, mentes bandidas sem tempo para amar,
eu, james, venho proclamar a paz em forma de flow,
com a sabedoria das ruas e da minha familia que tanto me amou,
venho com palavras limpas, sem te confundir com meras frases futeis,
como estes politicos de merda te iludem com promessas inúteis,
mentirosos, pederastas de plantão cuspem na sua cara e te deixam bolados,
mas te compram com comida, te humilham e te deixam alienados,
a esse sistema de porcos fardados, protegendo outros porcos engravatados,
padrão de beleza que te iludi fazendo vocês ficarem mais atordoados,
país mais justo.. é, escondidos todos querem ser heróis daqui,
mas a maioria nem sabem o porque de levantar a mão e gritar democracia aqui,
vivem na rotina de robos, sem senso critico e elegem tiririca como politico,
levam a brincadeira a sério e a sério um comediante, lixo mitico!
país da bunda, do carnaval, dos analfabetos e da fome,
milhões investidos em papeis, em saúde nao vejo o que some..
O que será daqui pra frente? Mais injustiças com quem se opor a verdade?
se num país as verdades são escondidas e as mentiras se tornam a desigualdade?
aí, ninguem é diferente aos olhos dos verdadeiros,
mas os falsos tentam calar as palavras sabias dos meus parceiros,
sou tipo rapper que não se espanta,
sou tipo guerreiro que não se amedronta,
sou tipo um mensageiro quando o assunto é a paz,
sou tipo um assasino quando tentam me calar, rapaz!
aquele sonho que não se vai em meses, nem anos,
aquele sonho que não se apaga com milhares de tombos,
brasil em si, é um país bom de se viver,
mas ainda habitam aqui, pessoas que deveriam morrer..
—  Wellington Oliveira