dsclp

Sinto sua falta quando você diz que me ama. Sinto sua falta quando você diz que sentiu a minha falta. Sinto sua falta quando passo horas no celular com você, ouvindo sua voz calma e seu sotaque doce e engraçado. Sinto sua falta quando me perco e me encontro em você. Sinto sua falta quando espero você me chamar no msn ou quando esqueço meu orgulho e vou falar com você, talvez pelo fato da saudade ser maior que o meu orgulho. Sinto sua falta quando fico o dia todo falando besteiras contigo na web, no msn ou onde quer que seja. Eu sinto sua falta quando fico em silêncio no celular ouvindo sua respiração ofegante pronto pra falar qualquer besteira pra me fazer sorrir. Sinto sua falta quando você me manda sms pela manhã me desejando bom dia e dizendo que me ama. Sinto sua falta quando eu acabo de desligar o celular dizendo que o amo e que sua voz me acalma. Sinto sua falta quando fecho os olhos e tento te ter mais perto de mim. Eu sinto sua falta de todas as formas, mesmo que você esteja comigo, eu ainda vou sentir sua falta. Porque parece que nada do que faça, que eu fique horas falando contigo, nada é capaz de amenizar a falta que você me faz.
—  Brenda G.
ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei ei conversem comigo? :c
Eu amo um garoto da minha escola. Amo o jeito como mostra que se importa. Amo o jeito como me trata de uma forma unica. Amo a maneira como age quando eu estou perto. Amo as coisas que faz e que fala. Amo até as suas mais chatas manias. Amo suas qualidades e mais ainda seus incontáveis defeitos. Amo a maneira como me descreve e amo o jeito como me conforta. Amo a maneira como transformou o “eu e ele” em “nós” […] Ih, olha, tem uma nova garota na escola. Mas ele tá estranho, o que houve dessa vez ? Parece que não se importa muito comigo. Parece que não me trata mais como unica. Anda um pouco estranho quando estou perto. Não me diz mais as coisas que dizia antes […] Caramba, ele se afastou. Por que as manias dele estão tão insuportáveis agora ? Porque não consigo mais enxergar as qualidades dele e nem suportar os seus mais incontáveis defeitos ? Porque ele não me conforta mais da maneira de antes ? Quer dizer, por que ele nem ao menos me conforta mais ? Por que o “nós” se tornou o “eu e ele” que fomos um dia? Ah, eu amava um garoto da minha escola.
— 

Mas eu não amo mais. Não mais(relationshi-t)

Ninguém realmente vai saber todos os fantasmas que te assustam, nem mesmo seus pais sabem tudo. E é por isso que nunca vão saber o que sente de verdade. Eu não sei o que está sentindo agora, posso até imaginar, mas a imaginação nem se aproxima da realidade. Sei que a vida tem altos e baixos, e agora está na fase baixa. Precisando, talvez, só de um abraço ou que alguém te dê um lenço, e essa pessoa infelizmente não pode ser eu, não porque eu não queira, mas sim porque a distância não deixa. Perdoe-me se não consigo te ajudar, é que além dos outros empecilhos, também estou no fundo do poço e é difícil enxergar aqui, ninguém me ouve lá de cima pra me tirar daqui e não acho nada pra conseguir me levantar. Confesso que já tinha desistido de tentar e já estava aceitando o meu destino de ficar ali agonizando até tudo ter um fim, mas não posso deixar que tenha esse futuro, não você. Fez de tudo pra que eu não caísse, e mesmo não tendo sido o bastante, agradeço toda a sua atenção e cuidado. Nesse momento não posso ser seu porto seguro e nem sua âncora, mas talvez possamos boiar juntos, vamos tentar?
—  Cravada.

“Eu só queria entender o que se passa dentro da sua cabeça, porque em mim… Bom, em mim tem alguma coisa doendo. Correndo. E minha garganta agora possui um nó enorme que me faz segurar todas as lágrimas nos olhos. […] Só me explica uma coisa? O que há de tão errado comigo que não consigo de te fazer bem? O que tem tanto nas coisas que eu faço ou nas coisas que eu falo? Por favor, me explica. Porque em meio a tanta confusão, eu não sei mais. Não sei o que eu faço que deixa sempre as coisas de pernas para o ar, e pior; deixa você ser tão longe de mim. […] E sabe qual é o problema maior? É que eu sinto sua falta. Você de um lado, eu de outro. E nessa falta de comunicação eu sinto sua falta de uma forma como eu sei que você nunca sentiria a minha. E eu quero você perto, me explicando o que anda acontecendo. Quero você, entende, meu amor? Entende, por favor. Entende que dói essa reviravolta que sempre dá quando sem mais nem menos seu humor muda e você acha alguma coisa errada em mim; e eu ainda sim, com essa sua constante mudança, quero você tão perto. Mesmo quando dói e eu tento negar ao máximo que não sinto a mínima falta sua. […] É que você é tão diferente, amor. Você é tão complicado e desaforado, tão confuso e tentador. E, olha, te ver de longe não dando a mínima importância enquanto eu choro faz eu me sentir ainda mais longe de você. Se já te sinto longe quando estou perto, às vezes dá até para imaginar que você é só fruto da minha imaginação quando está longe. E o porque de tudo isso é que existe um abismo tão grande entre nós. Entre esse meio de confusão, esse caos traiçoeiro. Esse abismo que seu sorriso diminui quando está tudo bem e que cresce quando as coisas não estão do jeito que gostaríamos, ou melhor, eu gostaria. […] Mas, amor, por favor, me explica. Que droga é essa que sempre acontece? Por que? Eu não entendo. Eu não sou o melhor pra você, eu nunca fui. (Eu só queria que você soubesse que dói não entender nada do que acontece com você.) Eu tentei fingir que seria o suficiente, mas eu falhei. Diversas vezes… Mas dessa vez, só dessa, eu tentei tanto fazer tudo certo, tudo calmo, quieto. Eu tentei fingir que não doía e que não sentia sua falta, mas o que é isso que me machuca tanto? Eu odeio o seu silêncio. Odeio ver que você nunca vai vir atrás de mim e dizer que te machuca também. Eu odeio ter que colocar na minha cabeça que pra você simplesmente não faz diferença, que você não se importa. E como eu odeio. Como eu odeio querer você perto e segurar as lágrimas para não demonstrar que eu prefiro quando você discute comigo sobre quem ama mais, quando tentava me fazer sorrir quando eu quero chorar… E principalmente, amor, quando você dizia "fica mais um pouco”. Eu sempre ficaria mais um pouco. Eu ficaria para o resto da vida, mas não dá. Não dá porque claramente eu sinto sua falta e você não vai vir atrás de mim dizendo que também sente a minha. Fica aí, sentado. Eu fico aqui, sentada. Tudo bem então se eu chorar e lamentar a saudade que causa quando lembro-me de como você era doce e meu. Tudo bem se você não se importar, aliás, você realmente não se importa, mas… Tudo bem. Tudo bem deixar as coisas como estão. Tudo bem você odiar tudo o que eu falo, meu drama, minha falta de carisma ou o excesso dele. […] Odiar eu correr atrás. Eu aprendi com você que as coisas devem estar do jeito que estão. Mesmo sabendo que não é o jeito certo. Aprendi que sentir sua falta não vai fazer você ficar, muito menos a se importar e sentir a minha falta também. E mesmo aprendendo, dói, amor. Dói ver que as coisas hoje vão voltam a ser o que eram e que eu mesmo perto, te tenho tão longe e que nada conserta erros passados. Dói, mas eu continuo te amando tanto. Rafaela Marques (d♥s)

Só eu acho que o pessoal aqui ta querendo fazer o tumblr virar twitter? Nossa meu, antes vocês falavam que não ligava pra seguidores, que o que importava era a qualidade e não a quantidade. Mas hoje em dia? Não param de querer fazer igual ao twitter. "Segue ele que ele vai seguir de volta". Poxa meu, vocês estão destruindo a única rede social que ainda vale a pena ficar.
4

Caramba, onze meses já se passaram, e realmente parece que foi ontem, parece que foi ontem que eu conheci a história do menino com a cicatriz, a história que depois de todo esse tempo ainda me arrepia com uma única só palavra “Always”. Para todas as pessoas que disseram que era apenas uma fase passageira, estou aqui com milhares de pessoas, compartilhando do mesmo sentimento de orgulho, orgulho por não desistir de Harry Potter, orgulho por fazer parte dessa geração. Eu fiz o voto perpétuo e juro solenemente nunca, jamais esquecer Harry Potter ♥