dsclp

Eu não quero desistir, mas as vezes parece que persistir no erro só faz agente sofrer mais, não é querendo dá uma de orgulhosa, é questão de saber até aonde vai o limite das coisas. Você parece não ligar, eu finjo sorrir, e a vida continua seguindo, mais as vezes agente cansa de se sentir pisado, sem valor… E deixa se levar por uma culpas que realmente não são nossas, e vai lá outra vez correr atrás, mesmo sabendo que não vai adiantar, e que tudo isso vai passar. Só quero lembrar que nesse tempo todo, eu já fiz minha parte, só que dessa vez eu lembrei da minha existência.
—  Constante dia-a-dia. 
Vou comprar balões para soltar amanhã. Mas eu tenho medo, me causa aperto no coração, ver algo indo embora e não dá tempo de eu correr e dizer mais algumas coisas, mas talvez, os balões me ajudem. Talvez, eu vendo eles indo embora, entenda que é assim mesmo, que todo mundo fica e vai. Algumas pessoas só ficam porque sempre estão indo, não ficou claro, né? Mas quem estiver alguém que sempre está indo embora, vai compreender. Vou fumar e não procurar explicações, respostas ou rostos parecidos com os seus. Saio pouco de casa, não vamos nos encontrar, não se preocupe. Adeus você, eu estou indo pro lado de lá.
—  Algumas flores.

“Eu só queria entender o que se passa dentro da sua cabeça, porque em mim… Bom, em mim tem alguma coisa doendo. Correndo. E minha garganta agora possui um nó enorme que me faz segurar todas as lágrimas nos olhos. […] Só me explica uma coisa? O que há de tão errado comigo que não consigo de te fazer bem? O que tem tanto nas coisas que eu faço ou nas coisas que eu falo? Por favor, me explica. Porque em meio a tanta confusão, eu não sei mais. Não sei o que eu faço que deixa sempre as coisas de pernas para o ar, e pior; deixa você ser tão longe de mim. […] E sabe qual é o problema maior? É que eu sinto sua falta. Você de um lado, eu de outro. E nessa falta de comunicação eu sinto sua falta de uma forma como eu sei que você nunca sentiria a minha. E eu quero você perto, me explicando o que anda acontecendo. Quero você, entende, meu amor? Entende, por favor. Entende que dói essa reviravolta que sempre dá quando sem mais nem menos seu humor muda e você acha alguma coisa errada em mim; e eu ainda sim, com essa sua constante mudança, quero você tão perto. Mesmo quando dói e eu tento negar ao máximo que não sinto a mínima falta sua. […] É que você é tão diferente, amor. Você é tão complicado e desaforado, tão confuso e tentador. E, olha, te ver de longe não dando a mínima importância enquanto eu choro faz eu me sentir ainda mais longe de você. Se já te sinto longe quando estou perto, às vezes dá até para imaginar que você é só fruto da minha imaginação quando está longe. E o porque de tudo isso é que existe um abismo tão grande entre nós. Entre esse meio de confusão, esse caos traiçoeiro. Esse abismo que seu sorriso diminui quando está tudo bem e que cresce quando as coisas não estão do jeito que gostaríamos, ou melhor, eu gostaria. […] Mas, amor, por favor, me explica. Que droga é essa que sempre acontece? Por que? Eu não entendo. Eu não sou o melhor pra você, eu nunca fui. (Eu só queria que você soubesse que dói não entender nada do que acontece com você.) Eu tentei fingir que seria o suficiente, mas eu falhei. Diversas vezes… Mas dessa vez, só dessa, eu tentei tanto fazer tudo certo, tudo calmo, quieto. Eu tentei fingir que não doía e que não sentia sua falta, mas o que é isso que me machuca tanto? Eu odeio o seu silêncio. Odeio ver que você nunca vai vir atrás de mim e dizer que te machuca também. Eu odeio ter que colocar na minha cabeça que pra você simplesmente não faz diferença, que você não se importa. E como eu odeio. Como eu odeio querer você perto e segurar as lágrimas para não demonstrar que eu prefiro quando você discute comigo sobre quem ama mais, quando tentava me fazer sorrir quando eu quero chorar… E principalmente, amor, quando você dizia "fica mais um pouco”. Eu sempre ficaria mais um pouco. Eu ficaria para o resto da vida, mas não dá. Não dá porque claramente eu sinto sua falta e você não vai vir atrás de mim dizendo que também sente a minha. Fica aí, sentado. Eu fico aqui, sentada. Tudo bem então se eu chorar e lamentar a saudade que causa quando lembro-me de como você era doce e meu. Tudo bem se você não se importar, aliás, você realmente não se importa, mas… Tudo bem. Tudo bem deixar as coisas como estão. Tudo bem você odiar tudo o que eu falo, meu drama, minha falta de carisma ou o excesso dele. […] Odiar eu correr atrás. Eu aprendi com você que as coisas devem estar do jeito que estão. Mesmo sabendo que não é o jeito certo. Aprendi que sentir sua falta não vai fazer você ficar, muito menos a se importar e sentir a minha falta também. E mesmo aprendendo, dói, amor. Dói ver que as coisas hoje vão voltam a ser o que eram e que eu mesmo perto, te tenho tão longe e que nada conserta erros passados. Dói, mas eu continuo te amando tanto. Rafaela Marques (d♥s)

Ninguém realmente vai saber todos os fantasmas que te assustam, nem mesmo seus pais sabem tudo. E é por isso que nunca vão saber o que sente de verdade. Eu não sei o que está sentindo agora, posso até imaginar, mas a imaginação nem se aproxima da realidade. Sei que a vida tem altos e baixos, e agora está na fase baixa. Precisando, talvez, só de um abraço ou que alguém te dê um lenço, e essa pessoa infelizmente não pode ser eu, não porque eu não queira, mas sim porque a distância não deixa. Perdoe-me se não consigo te ajudar, é que além dos outros empecilhos, também estou no fundo do poço e é difícil enxergar aqui, ninguém me ouve lá de cima pra me tirar daqui e não acho nada pra conseguir me levantar. Confesso que já tinha desistido de tentar e já estava aceitando o meu destino de ficar ali agonizando até tudo ter um fim, mas não posso deixar que tenha esse futuro, não você. Fez de tudo pra que eu não caísse, e mesmo não tendo sido o bastante, agradeço toda a sua atenção e cuidado. Nesse momento não posso ser seu porto seguro e nem sua âncora, mas talvez possamos boiar juntos, vamos tentar?
—  Cravada.

“Não, eu não entendo o motivo pelo qual você não gosta de Adivinhação.” Disse a garota, claramente indignada com tal  resposta. “Tudo bem que muitas vezes pode não parecer tão cativante como as demais matérias, mas ainda tem um pepel importante, sabe? Não é como se fosse irrelevante.“ Acrescentou. “Então me diz. Qual a sua matéria preferida?”

bios mark e jaebum

oie voltei nesse tumblr espero q gostem das bios bebes szszsz//da um like se gosto e se usa credita no twitter @secrettimehrs


✧ mark yien tuan ✧
- hyung line por fora mas maknae line por dentro pod entrar mark tuan
- vc acredita em anjos entao temos aqui uma mark biased
- vc tm q agradece por mark tuan existir
- o sorriso de mark tuan salvo mnh vid
- por um erro de mark tuan somos bebes passaros e por um erro no youtube eu sou ahgase
- toquem um compilation d risadas do mark no meu velorio obg
- nao ligo se nao gostarem de mim mas mark tuan eh outra coisa
- fa daquele namoradinho do jinyoung (pod muda o nome pra jackson pq sei q vcs sao td markson shipper)
- raymond tuan maior sogro da vida

✧ im jaebum (defsoul) ✧
- pra vc eh jaebum pros intimos eh defsoul
- maior compositor q vc conhece e respeita ele msm defsoul
- im leader ah
- se vc procurar perfeiçao no dicionario vai aparecer o nome do jaebum la
- I wanna fly com im jaebum
- vc acha q eu sofro por im jaebumKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK acertou
- jaebum eh a+ gotica ate tocar me gustas tu
- im jaebum eh 1bolinho dsclp eu so sei falar d im jaebum eh isso ai t amo pra 1 cacete im jaebum