dois mil e doze

Pedido: amor vc pode fazer um do liam que ele leva ela pro estúdio com os meninos e ela fica com ciúmes quando uma moça começa a conversar e paquerar o liam?o final pode ser hot

               Hoje seria um dia muito animado para o Liam, já que ele e os meninos vão gravar seu primeiro single após a volta da One Direction, todos estão muito animados principalmente eu, que só de vê o Liam sorrindo a todo minuto chega a deixar-me leve. Assim que chegamos ao estúdio cumprimentei os meninos com um abraço, já que fazia muito tempo que eu não os via. Depois de muita conversa todos sofram para os seus devidos lugares e começaram a cantar, tinha alguns erros já que eles ficaram tanto tempo longes uns dos outros que acabaram esquecendo algumas coisas. Vendo eles assim até parece que voltamos a dois mil e doze, só que sem o Zayn.

           Todos riam muito quando um errava a letra ou cantava fora da hora. Após algumas horas, eles foram descansar e eu fui beber alguma coisa. Deixei Liam com os meninos eles precisavam desse tempo. Sentei-me em um sofá de tomei um refrigerante. Olhei em volta do estúdio e percebi que Liam conversava com uma mulher muito bonita que até mesmo parecia uma modelo, não vou mentir que não senti ciúmes, mas não posso mostrar isso, ele só esta conversando com ela apenas isso. Respirei fundo e continuei sentada tomando meu refrigerante, mas não tirava os olhos do Liam. Meu corpo ferveu quando vi que ela colocou a mão dela no ombro dele e se aproximou ainda mais. Liam olhou para mim com certo medo, então me levantei e caminhei em sua direção.

- Oi amor. – Dei um selinho nele. Senti Liam pegando na minha cintura e fazendo-me sentar no seu colo a mulher olhou para mim de cima abaixo e saiu andando sem dizer mais nada. – Eu ainda estou aqui, ok? – Virei meu corpo para ele e levantei-me.

           Depois de gravar mais algumas musicas a mesma mulher pareceu de uma hora para outra e foi novamente em direção do Liam. Ela só podia está de brincadeira comigo. Cruzei os braços e fiquei olhando para os dois, Liam não sabia que eu esta ali. A mulher passou o braço em torno do pescoço do Liam e com a outra mão segurou o rosto dele, antes que isso se transformasse em uma coisa maior falei.

- Posso saber o que está acontecendo aqui? – Liam deu um pulo para trás e se afastou da mulher e olhou para mim com cara de nojo.

- Nada eu juro não aconteceu nada. – Liam se aproximou de mim, mas afastei-me.

- Sai de perto. – Empurrei seu corpo. – Se eu não estivesse chegado com certeza iria acontecer. – Por algum motivo comecei a chorar, Liam se aproximou novamente, mas eu o empurrei. – Não venha atrás de mim.

           Fui até a saída e abri a porta e peguei o primeiro taxi que vi. Assim que cheguei em casa se joguei na cama e comecei a chorar. Como ele podia ser não idiota, mas tão lindo ao mesmo tempo?

           Após algumas horas ouvi Liam entrando em casa. Continuei deitada embaixo das cobertas ele abriu a porta do quarto e foi direto para o banho, fiquei escutando o que ele fazia. Assim que ele saiu Liam se aproximou do meu corpo e tirou meus cabelos do pescoço e começou a beijar da forma mais fofa possível.

- Sera que podemos resolver isso? – Ele continuou beijando-me e aqueles pequenos beijos delicados se transformaram em chupões e pequenas mordias. – Eu sei que podemos resolver isso da melhor forma possível.

           Virei em sua direção e passei minha mão em torno do seu pescoço e o puxei para mais perto do meu corpo. Liam ficou por cima de mim e puxou minha blusa para cima e como eu estava em sutiã tudo ficou mais fácil. Ele olhou nos meus olhos e sorriu. E começou a chupar meus seios uns gemidos saíram da minha boca.

- Eu quero provar que eu só tenho olhos para uma mulher. – Ele desceu até a barra da minha calcinha e a puxou tirando-a do meu corpo. Liam beijou minha região e depois lambeu e enfiou dois dedos dentro do meu corpo e começou a fazer movimentos de vai e vem depois sua língua quente entrou em contato coma minha pele que me fez gemer alto de prazer, segurei meus seios e mordi meus lábios para não gemer alto demais.

           Quando estava perto de gozar Liam parou e voltou a beijar-me. Ele puxou sua calça para baixo junto coma Box e pegou um pacote de camisinha e colocou, depois voltou a beijar-me, sem muita cerimônia, ele virou meu corpo e colocou-me de quatro na cama penetrando todo seu membro de uma só vez.

- Isso Liam… - Gemi alto e ele dizia alguns palavrões que só me fazia ficar ainda amais excitada com cada estocada violenta que ele dava.

- Você a única mulher que eu amo, entendeu? – Um tapa forte acertou minha bunda e mais outros em seguida. – Você entendeu? – Liam enrolou sua mão no meu cabelo e o puxou para trás.

- Sim… – Disse entre os gemidos. – Senti uma sensação gostosa invadindo-me e mais um pouco tinha gozado e Liam também. Deitei-me na cama e Liam puxou para o seu corpo nu.

- Você sempre vai ser a única mulher da minha vida. – Ele beijou minha cabeça.