diadaamazonia

Em meio ao seu verde, o fogo arde queimando o nosso pulmão. Os pássaros perdem seus galhos, em desespero voam sem rumo na imensidão.

Os animais correm em círculos, perdidos na fumaça da morte certa. Os gritos das aves, dos animais, das plantas…

Não são ouvidas pelos homens do poder sem visão… Que não reconhecem o ciclo da natureza que tenta em desespero…

Limpar o ar que sujamos com nossos carros, nossas indústrias… Quebrando o ciclo da água, reduzindo as chuvas… Até chegar as grandes cidades, nos nossos campos que na seca matarão os gados…

A abundancia das frutas brasileiras desaparecerão das nossas mesas. Haverá dor naqueles que por muitas vezes jogaram as frutas no lixo… E lágrimas rolarão sobre os olhos daqueles que a colhiam para comer…

Sentindo-nos impotentes, perguntaremos a nós mesmos: O que fizemos com a nossa Amazônia? O que não fizemos por ela..

Regina Eenas Martins