deus irae

Entenda: Deus não precisa de marketing ou de relações públicas para fazê-Lo politicamente correto, ou para que as pessoas gostem d’Ele. A Bíblia diz que Deus é um Deus irado, e você tem que se prostrar de joelhos e louvá-Lo pelo que Ele é. E Ele não é apenas um Deus irado, mas também um Deus que odeia. Então, alguém diz: ‘Sim, irmão Paul, você esta certíssimo; Deus odeia o pecado, mas ama o pecador’. Bem, de fato, essa frase parece boa estampada em uma camisa cristã, mas ela não é bíblica. A Bíblia não diz que Deus odeia o pecado e ama o pecador; a Bíblia diz que Deus odeia o pecado e o pecador. Sim, é verdade que a ira de Deus se revela contra toda a impiedade (Romanos 1.18), mas não só contra ela. Basta olhar para o Salmo 5 por um momento e você verá isso de modo claro: ‘Os arrogantes não permanecerão à tua vista; aborreces a todos os que praticam a iniquidade’ (v. 5). Em outra tradução, ‘Tu odeias todos os que praticam o mal’. (…) Está escrito aqui que Deus odeia o pecado ou que Deus odeia o pecador? Você pode dizer: ‘Irmão Paul, mas e quanto à passagem em João 3.16? Lá, está escrito que Deus amou o mundo’. Sim, isso é bíblico; mas o Salmo 5 também o é. Deus é um Deus misericordioso e amoroso! Contudo, nós precisamos entender ‘todo o conselho de Deus’ (Atos 20.27), e não apenas os pontos de que mais gostamos. Deus de fato é amor, mas esse Deus amoroso também odeia. Deus é misericordioso, mas Ele está irado. Nós não podemos considerar somente um lado da moeda ou apenas uma parte da história – e esse é o problema dos nossos dias.
—  Paul Washer – O Verdadeiro Evangelho
Eu sigo o Jesus que era odiado pelos religiosos, que era considerado um lunático, que falava a verdade sempre, que confrontava as pessoas por causa de seus pecados. Eu sigo o Jesus que foi humilhado, esmurrado, que levou chicotadas, que recebeu uma coroa de espinhos, que teve suas mãos e seus pés perfurados por pregos, que morreu numa cruz, que perdoou todos aqueles que o fizeram sofrer. Eu sigo o Jesus que morreu pra salvar os pecadores da ira de Deus. Eu sigo o Jesus que não prometeu carro, dinheiro e fama. Eu sigo o Jesus que disse que eu ia sofrer, mas prometeu estar comigo em todos os momentos da minha vida. É esse Jesus a quem eu sigo.
—  Allenylson Ferreira
Como é bom saber que nada, exatamente nada, foge dos planos de Deus! Ele reina absolutamente e detém todo o poder. Se Ele quiser fazer algo, fará; se não quiser, não o fará. E quem é o homem para questiona-Lo? Depois da nossa rebelião contra o nosso Criador, a real e perfeita justiça era certa: a eternidade sob a ira do Senhor. Mas por seu amor, graça e misericórdia, aprouve a Deus salvar os seus eleitos - mediante o sacrifício do Seu amado Filho, para que assim Sua Justiça se cumprisse, pois Deus é justo. Merecíamos a justiça, mas obtivemos a misericórdia! Dantes estávamos mortos, não poderíamos escolher uma nova e eterna vida. Mas por Seu gracioso amor, Cristo nos comprou, justificou e tirou-nos do lamaçal do pecado, nos arrancou do reino das trevas, e trouxe-nos para o reino de Sua luz. Glória ao Pai, Filho e Espírito Santo!
—  Allenylson Ferreira.
A pior coisa a respeito da nossa condição pecaminosa sem a graça de Deus em Jesus Cristo é que somos objetos da ira de Deus. A maioria das pessoas dificilmente consegue levar isso a sério. Elas não levam a ira a sério porque não levam o pecado a sério.
—  James Montgomery Boice/Philip Graham Ryken - As Doutrinas da Graça
#1: Depravação Total

Explanação: 

 O ponto de vista que alguém toma a respeito da salvação será determinado, em grande escala, pelo conceito que essa pessoa tem a respeito do pecado e de seus efeitos sobre a natureza humana. Por isso, o primeiro ponto é a doutrina bíblica da depravação total.  Uma definição desse conceito, é: “Nossa corrupção pecaminosa é tão profunda e tão forte que nos torna escravos do pecado e moralmente incapazes de vencer nossas próprias rebelião e cegueira. Tal inabilidade de salvarmos a nós mesmos é total. Nós somos completamente dependentes da graça de Deus para vencer a nossa rebelião, nos dar olhos para ver e, efetivamente, nos aproximar do Salvador”. (Cinco pontos- John Piper). Quando nós falamos do homem como sendo totalmente depravado, quer dizer que sua natureza é corrupta, perversa e totalmente pecaminosa. O adjetivo “total” não significa que cada pecador está tão completamente corrompido em suas ações e pensamentos quanto lhe seja possível ser. O termo é usado para indicar que todo o ser do homem foi afetado pelo pecado. A corrupção estende-se a todas as partes do homem, corpo e alma. O pecado afetou a totalidade das faculdades humanas - sua mente, sua vontade, etc. (Confissão de Fé, VI, 2). Também se pode usar o adjetivo “total” para incluir nele toda a raça humana, sem exceção. Como resultado dessa corrupção inata, o homem natural é totalmente incapaz de fazer qualquer coisa espiritualmente boa. É o que se quer dizer por “inabilidade total”. A inabilidade referida nessa terminologia é a “inabilidade espiritual”. Significa que o pecador está tão espiritualmente falido que ele nada pode fazer com respeito à sua salvação. É evidente que muitas pessoas não salvas, quando julgadas pelos padrões humanos, possuem qualidades admiráveis e realizam atos virtuosos. Porém, no campo espiritual, quando julgadas pelos padrões divinos, são incapazes de fazer o bem (Confissão de Fé, XVI, 1 e 7). O homem natural está escravizado pelo pecado: é filho de Satanás, rebelde para com Deus, cego para com a verdade, corrompido e incapaz de salvar-se a si mesmo ou de preparar-se para a salvação. Em resumo, o não regenerado está morto em pecado e sua vontade está escravizada à sua natureza má. O homem não veio das mãos do seu Criador nessa condição depravada. Deus fez a Adão perfeito, sem qualquer maldade em sua natureza. Originalmente, a vontade de Adão estava livre do domínio do pecado. Ele não estava sujeito a qualquer compulsão natural para escolher o mal; porém, por sua queda, trouxe a morte espiritual sobre si mesmo e sobre toda a sua posteridade. Desse modo, lançou a si mesmo e a toda a raça na ruína espiritual e perdeu para si e para os seus descendentes a habilidade de fazer escolhas certas no campo espiritual. Seus descendentes ainda são livres para escolher - todo homem faz escolhas em sua vida - mas, visto que a geração de Adão nasce com natureza pecaminosa, não tem a habilidade para escolher o bem ao invés do mal. Por conseguinte, a vontade do homem não é mais livre (i.e., livre do domínio do pecado) como era livre a vontade de Adão, antes da queda. Em vez disso, a vontade do homem, como resultado da depravação herdada, está escravizada à sua natureza pecaminosa. A Confissão de Fé de Westminster nos dá uma declaração clara e concisa dessa doutrina: “O homem, caindo em um estado de pecado, perdeu totalmente todo o poder de vontade quanto a qualquer bem espiritual que acompanhe a salvação, de sorte que um homem natural, inteiramente adverso a esse bem e morto no pecado, é incapaz de, pelo seu próprio poder, converter-se ou mesmo preparar-se para isso” (IX, 3). 1. Como resultado da transgressão de Adão, os homens são nascidos em pecado e são, por natureza, espiritualmente mortos; portanto, para se tornarem filhos de Deus e entrarem no Seu reino precisam nascer de novo, do Espírito. 1. Como resultado da transgressão de Adão, os homens são nascidos em pecado e são, por natureza, espiritualmente mortos; portanto, para se tornarem filhos de Deus e entrarem no Seu reino precisam nascer de novo, do Espírito. a) Quando Adão foi colocado no jardim do Éden, foi advertido para não comer do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal, sob pena de imediata morte espiritual; b) Adão desobedeceu e comeu do fruto proibido (Gn 3:1-7); por conseguinte, trouxe morte espiritual sobre si mesmo e sobre a raça; c) Davi confessou que tanto ele, como os demais homens, foram nascidos em pecado (Sal. 51). d) Porque os homens são nascidos em pecado e são, por natureza, espiritualmente mortos. Jesus ensinou que, para alguém entrar no reino de Deus, é preciso nascer de novo. (Jo. 3.5-7) 2. Como resultado da queda, os homens estão cegos e surdos para a verdade espiritual. Suas mentes estão entenebrecidas pelo pecado; seus corações são corruptos e malignos (Gen. 6:5; 8:21; Ec. 9:3; Jr. 17:9; Mc. 7:21-23; Jo. 3:19; Ro. 8:7-8; 1Co. 2:14; Ef. 4:17;19, 5:8; Tt. 1:15) ): 3. Antes dos pecadores nascerem no reino de Deus pelo poder regenerador do Espírito, são filhos do diabo e estão debaixo de seu controle. São escravos do pecado (Jo. 8:34, 44; Rom. 6:20; Ef. 2:12; 2Tim. 2:25-26; Tt. 3:3; 1Jo. 3:10); : 4. O domínio do pecado é universal: todos os homens estão debaixo do seu poder; por conseguinte, ninguém é justo, nem um só (Rom. 3:9-18). 5. Os homens, sendo deixados em seu estado de morte, são incapazes, por si mesmos, de se arrepender, de crer no evangelho ou de vir a Cristo. Não têm poder, em si mesmos, para mudar sua natureza ou preparar-se para a salvação (Jer. 13:23; Mt. 7:18; Jo. 6:37, 44, 65 Rom. 11:35; 1Co. 2:14; 2Co. 3:5). Em suma, a depravação total  se refere a respeito do homem não ter o poder de escolher a Deus, pois por causa de sua morte espiritual, quando Adão pecou escolhendo o mau automaticamente todos pereceram, toda a raça humana nasceu no pecado com um passado manchado pelo  pecado, e feito isso não habita em nós a vontade de buscar o Criador pois quando Adão pecou ele estava se rebelando contra o próprio Deus e agora toda humanidade carrega a culpa e mancha do pecado por causa da escolha de Adão. Porém o termo “depravação total” não quer dizer que o homem seja TOTALMENTE mau, ao ponto de não fazer nada de “bom”, o que este ponto quer dizer é que o ser humano não poder ir a Deus por si mesmo, ninguém quer buscar ao Criador pois não é de sua natureza buscar ao Senhor. E por isso o ser humano em si não pode escolher á Deus pois está morto em seus pecados e delitos e se não fosse Deus que o salvasse estávamos perdidos, podíamos até ter a consciência  que existisse um Deus mas nunca íamos estar em comunhão com esse Deus perfeito e vivo por causa da nossa condição, pois o pecado desperta a ira de Deus e nos afasta Dele, os seus próprios mandamentos revelam quem somos e escancara a nossa condição de perdidos.

 Aplicações

 Ao terminamos esse estudo, devemos nos perguntar, o que esse conhecimento trará de novo e transformador nas nossas vidas, pois não adianta guardamos essas informações apenas como triunfo para nosso intelecto, portanto cabe a nós, aplicarmos essa doutrina tão importante na nossa vida. O que nós aprendemos pelo ensinamento de nossa depravação total é uma explicação para todos os problemas que encontramos em nosso mundo de ódio, guerra, pobreza, ganância, drogas, promiscuidade sexual, rebelião, entre outros. Mesmo se todo o mundo se convertesse, não seriam resolvidos todos os nossos problemas, uma vez que os cristãos ainda são pecadores. Mas nós vemos que o Evangelho nos leva a resolver os problemas no mundo até que Jesus venha, quando todas as coisas serão renovadas Uma segunda aplicação que poderíamos tirar desse estudo é que estamos em uma condição terrível em nossa própria depravação. Isso nos dá uma noção da urgência de buscar a Deus. Nós percebemos que não há esperança longe da graça imerecida de Deus. Isso deveria nos levar a apelar a Deus por misericórdia, deveria nos levar a nos prostramos em prantos de joelhos diante do Senhor. Nós deveríamos chamar a Jesus para nos salvar de nossa condição miserável.

Não é sobre você

Não, não é sobre você. Não é sobre mim. Nunca foi. É sobre Ele. O Evangelho aponta para Ele, não para a glória de pequenas criaturas decaídas. A nossa salvação é para a glória de Seu nome. Não é para dar-nos riqueza, poder ou seja lá o que você pensa. Quem somos nós para que Ele se importe? Somos como poeira, somos efêmeros. Não temos nada que possamos​ dar a Deus. As nossas melhores obras são como trapos de imundícia. Deus nos criou para a Sua glória.

Ele bem que poderia não salvar ninguém, ou até mesmo destruir o mundo no mesmo instante em que Adão pecou. Mas por que ele não desistiu de tudo? Porque Ele é Deus, e nada foge das suas mãos. Ele sabia que Eva iria comer do fruto proibido, que Adão iria pecar. Ele sabia e sabe de tudo o que vai acontecer. Mas a nossa injustiça o torna injusto? O nosso ódio o torna desprovido de amor? Não! E é por amor à Sua glória e ao Seu santo nome que Ele nos escolheu e nos salvou. Um povo separado. Os eleitos.

O fim último da nossa vida é glorificá-Lo. A nossa salvação é para glorificá-Lo. Então por que a gente acha que é Deus que tem que nos dar a glória? Por que a gente age como se o mundo girasse ao nosso redor, e Deus fosse o nosso mordomo? Não! Nós merecíamos a Ira de Deus! Nós merecíamos passar a eternidade longe de Deus! Mas por ser tão misericordioso Ele nos salvou da Sua ira. E você ainda quer questiona-Lo? Você ainda pensa que pode instruí-Lo? Sua concepção de bom ou mau é tão perfeita que pode dizer que Ele é mau por escolher alguns para a salvação e outros para a condenação? Meu irmão, você não tem direito a nada. Mas você foi salvo mesmo assim!

Tudo é para a glória de Deus. E se as suas ações não O glorificam, saiba que isto não é sobre você. Se a sua vida não O glorifica, você precisa de Deus.

Allenylson Ferreira.

“O Falso Profeta adora falar sobre Amor, muito raramente falará sobre Santidade, Justiça e Ira de Deus. Só isso já faz dele falso.”

- Martyn Lloyd-Jones.

Um clichê evangélico diz que Deus odeia o pecado, mas ama o pecador. Há um pequeno elemento de verdade nestas palavras: Deus não tem nada além de ódio para o pecado, mas seria errado concluir que ele não tem nada além de ódio para o pecador. Uma diferença deve ser mantida entre o ponto de vista de Deus em relação ao pecado, e do seu modo de ver o pecador. Entretanto, o clichê (Deus odeia o pecado, mas ama o pecador) é falso em face disso, e deveria ser abandonado. Quatorze vezes só nos primeiros cinquenta Salmos, nos é dito que Deus odeia o pecador, seu ódio está sobre o mentiroso, e assim por diante. Na Bíblia, a ira de Deus jaz tanto no pecado (Rm 1.18ss) quanto no pecador (Jo 3.36)“.
—  D. A. Carson. A Difícil Doutrina do Amor de Deus. Rio de Janeiro: CPAD, 2007. p. 73.
Portanto, já que vocês ressuscitaram com Cristo, procurem as coisas que são do alto, onde Cristo está assentado à direita de Deus.
Mantenham o pensamento nas coisas do alto, e não nas coisas terrenas.
Pois vocês morreram, e agora a sua vida está escondida com Cristo em Deus.
Quando Cristo, que é a sua vida, for manifestado, então vocês também serão manifestados com ele em glória.
Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês: imoralidade sexual, impureza, paixão, desejos maus e a ganância, que é idolatria.
É por causa dessas coisas que vem a ira de Deus sobre os que vivem na desobediência,
as quais vocês praticaram no passado, quando costumavam viver nelas.
Mas agora, abandonem todas estas coisas: ira, indignação, maldade, maledicência e linguagem indecente no falar.
Não mintam uns aos outros, visto que vocês já se despiram do velho homem com suas práticas
e se revestiram do novo, o qual está sendo renovado em conhecimento, à imagem do seu Criador.
—  Colossenses 3:1-10
Deus vos pediu para que aguentem as suas provações, pediu que conseguissem ver além do que vossos olhos conseguem enxergar, que vossos corações soubessem o caminho e que mesmo errado, vocês se redimissem. O bom Deus vos pediu calma, esperança, alegria nos dias tristes, que aceitassem as diferenças mesmo sabendo que para Ele somos todos iguais. Vos pediu paciência, compreensão, convosco e com o próximo. Deus vos pediu que não parassem de sonhar e para que no meio de vosso sonho bom, soubessem que Ele estaria presente. Vos pediu fidelidade, vos pediu para que abolissem de vós o medo, pois com Ele ao vosso lado, nenhum encontro ruim aconteceria. vos pediu para que não o esqueçam para que não param de o falar, para que quando pesares no andar, no falar e no ouvir, abrissem as portas de vossas mentes para que Ele pudesse entrar e concertar. Deus vos pediu para deixá-lo entrar, vos pediu aceitação, vos pediu que em dias de chuva e trovão jamais houvesse amedrontamento dentro de vossos corações, que nos dias de sol não tivessem medo de sair se queimar, que no meio dos ventos não tivessem medo de ser levados, que na primavera não tenham medo dos espinhos nas rosas, pois assim como elas todos temos alguns espinhos, e Deus pediu para que deixassem ele retirar cada um. Deus pediu para que o próximo fosse amado assim como Ele vos ama, que não julgassem, que não debochassem da dor alheia, que ajudassem a parar com o sofrimento, Deus vos pediu para não guardar rancor, pois o rancor afasta-te do bem, pediu para que dessem as mãos e doassem vossos corações, pediu que nunca deixassem vossa fé NELE e nem que evitassem contato. Deus pediu para que vos o deixassem nos ouvir mesmo sabendo que Ele ouviria tudo que ditamos. Deus vos pediu para permitir que a ciência e religião trabalhem juntas, para que os humanos sintam-se mais humanos e não máquinas, mas que vós soubessem que tudo que criamos, de algum jeito tem vida e coração. Deus pediu para que soubessem que dependendo de sua religião, opção de vida, sexualidade, ira, amor, alegria, tristeza, maldade ou bondade, ele vos amaria e deseja que sigam esse dito. Deus vos pediu para que AMEM à todos e não que só digam AMÉM.
—  Poesografa.

anonymous asked:

Me indica um versículo ?

Oi, Graça e Paz!!! Efésios 2:1‭-‬10 NVI
Vocês estavam mortos em suas transgressões e pecados, nos quais costumavam viver, quando seguiam a presente ordem deste mundo e o príncipe do poder do ar, o espírito que agora está atuando nos que vivem na desobediência. Anteriormente, todos nós também vivíamos entre eles, satisfazendo as vontades da nossa carne, seguindo os seus desejos e pensamentos. Como os outros, éramos por natureza merecedores da ira. Todavia, Deus, que é rico em misericórdia, pelo grande amor com que nos amou, deu-nos vida com Cristo quando ainda estávamos mortos em transgressões—pela graça vocês são salvos. Deus nos ressuscitou com Cristo e com ele nos fez assentar nas regiões celestiais em Cristo Jesus, para mostrar, nas eras que hão de vir, a incomparável riqueza de sua graça, demonstrada em sua bondade para conosco em Cristo Jesus. Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie. Porque somos criação de Deus realizada em Cristo Jesus para fazermos boas obras, as quais Deus preparou antes para nós as praticarmos.

O demônio e a garota

O anjo corrompido banido por Deus junto à Lúcifer por uma revolução no céu.
— Amais os homens, como me amas. Deus exclamou.
Por negar amar porcos, fomos banidos.
E naquela revolução falha, Deus mostrou sua ira aos desobedientes de sua palavra. Eu, nós odiamos os humanos desde então como nunca, proclamei a revolta, o jogo, a tortura em vossas almas.
Aniquilei cada um deles, com guerras tolas, brigas fugazes.. mas isso não satisfazia-me, machuca-los não era de meu agrado, apesar do ódio que sentia. Foi quando eu a conheci, uma frágil garota dos cabelos negros, sua alma era pura. Seu pai era um pecador, sua mãe também, mas ela, ela era pura. Não habitava maldades naquele ser. Todos os dias eu a observava-a, foi quando aproximei-me, ela não podia me ver, a não ser que eu queira, o que me deixava feliz, pois gostava de olhá-la. Não deixava nem um demônio aproximar, protegia-a ferozmente. — Nela, ninguém toca. Murmurei. Bufei. Exclamei. Gritei. E todos assim respeitaram, não precisei arrancar a cabeça de nem um demônio para que minha exigência seja respeitada.
Observava-a dormindo, que Garotinha perfeita. Sua pureza contagiou-me, e então não sentia tanto ódio assim. Comecei entender porque Deus queria que amasse-os. Olhei para sua estante, continha poucos livros, alguns autores eu até conhecia. Franz Kafka, atormentado pelo soberania de seu pai. Dostoiévski, Goethe .. Alguns eu até atormentei. Me deparo com um livro em especial, Canto 35 Inferno de Dante. Começo a gargalhar, Dante era um ótimo comediante.
Sento-me ao lado direito de sua cama, passo a mão em seu leve rosto delicado, minha mão áspera, minhas unhas não cortadas fazem ela acordar subitamente, ela grita por seu pai desesperada. Ninguém aparece, seu pai está bêbado novamente sobre o sofá da casa. Sua mãe estava em algum bar pela cidade.
— Quem está aí?
Ela pergunta com medo.
Não a respondo. Viro as costas para ir embora
— Diga, eu sinto você, sinto você a muito tempo..
Paro, fico em choque por alguns minutos e vou embora, deixando-a em paz.
Ao passar os anos, sua puberdade chegou, e ela chegou na fase de namorar. Todos seus namorados eram idiotas, nada digno de tal. Odiava a ideia de ela ser ferida, então eu espantava todos os idiotas de perto dela, era até engraçado.
Mas, ela sofria com isso, achava que tinha algo de errado com ela, e isso deixava-me enfurecido, pois algo tão belo, tão puro, tão único… ela era perfeita, pra mim.
Se parecesse para ela com minha forma real, se assustaria, os humanos temem o que não compreendem. Então tive a brilhante ideia de encarnar em um corpo humano, ser hospedeiro de alguém. Fui a procura de um corpo adequando, foi quando achei um belo rapaz, cabelos longos e loiros, olhos azuis e sem barba, adentrei seu corpo, sua alma vazia clamava por piedade.
Eu sabia muito bem do que ela gostava, sabia suas falhas, sabia onde acertar, então não foi muito difícil conquista-la.
Com ela eu vivi, com ela eu amei. Amei como nunca um banido do céu poderia amar. Discutimos, claro, cabeça dura a dela, mas voltávamos sempre. Ela se assustava quando começava a falar de poder, que almejava o poder. Dizia que temia o que eu poderia me tornar.
Seus olhos eram reluzentes gostava de olhá-los, conseguia enxergar sua pura alma, sua voz era forte e doce.
Meus ciúmes por ela era corrosivo, mas não deixava transparecer. Como foram bons momentos aqueles, pensávamos em casar, ter filhos. Eu compreendi o que Deus criou, e respeitei-vos, agradecendo-o, pois o imperfeito tornasse único, em meio a milhares de semelhantes.
Assim foram durante anos, até eu perceber que minha escuridão estava manchando sua alma pura. Ela estava começando a enlouquecer, e sabia que era culpa minha, desde o começo, mas minha ignorância e posse, não permitiu aceitar o que estava vendo. Eu estava destruindo a criação de Deus, sua linda alma estava tornando-se escura, maligna, ela começava a dar crises de desespero, pois adentrava como um veneno. Sabia o que tinha que fazer, mas eu não queria, tinha que fazer, pois não travava de mim, e sim dela.
Foi quando parti, sem dizer para onde ia ou porque, apenas parti. Ela chorado clamava por resposta, disse que não a amava mais, que esse amor platônico já deu o que tinha que dar. Ela chorou aquela noite, pude observar tudo, escutar tudo, sentia sua dor rasgando minha pele. Mas, que mais eu podia fazer? Nada além disso.
Ao voltar para minha casa"Inferno", fui acorrentado e torturado por demônios, junto à homens que ali habitavam.
Uma alma me perguntou — Ei, o que você fez de errado?
Sorri e disse — Eu amei.
Logo em seguida esquartejarão-me. Fiquei condenado as profundezas do inferno. Eu tinha medo de algum demônio acabar fazendo mal a ela, então eu orei, orei no próprio inferno para que guardasse a alma daquela simples garota. E então, Senti que Deus havia me escutado, consegui ficar em paz, por assim dizer.

modi-fique  asked:

Uma palavra? ❤

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. O Pai ama o Filho, e todas as coisas entregou nas suas mãos. Aquele que crê no Filho tem a vida eterna; mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece.- João 3:16-18 e 35-36

Seja quem você é, mas não se perca, não perca seus objetivos, tenha em mente sempre onde tu ta indo, saiba que tu é uma parte de Deus, e que mesmo que tudo ao seu lado não seja para exalta-lo você pode fazer isso, porque você é diferente, você é escolhida de Deus, e Ele sabe onde você está, tenha em vista sempre o que o Senhor quer, as vezes o que o Senhor quer seja ao ainda melhor e maior do que você imaginou, então aceite os planos dele e viva-os, viva, viva conciente que tem alguém que faz o melhor pra ti sempre, viva sabendo que alguém que olha por ti, e vê quando você tropeça e não te julga somente estica a mão pra ti, e te ajuda a se levantar, agradeça ao Deus dos deuses, porque Ele se faz presente a cada momento, em cada lugar, Ele está, você é amada não deixe as pessoas dizerem ao contrario, lembre-se desse amor que mudou e transformou sua vida, lembre-se de quem tu era e veja quem você é hoje, a mudanças, as vezes pouca mas há, o Senhor não te deixou em nenhum momento, mesmo que as pessoas ao seu lado tenha te deixado, Ele ainda está ai, junto contigo, na mesma estrada, lado a lado, seguindo junto contigo. Siga em frente, não olhe para os lados, não olhe seu passado, olhe para Cristo, e vá, chegue até onde Ele mandou, continua e caminha, porque o final é sempre o melhor. 

SE NÃO HOUVER TRANSFORMAÇÃO, VOCÊ IRÁ PARA O INFERNO SIM.

Desculpa, mas estou cansada.

Sabe, ultimamente meu coração tem almejado ao maior. Tenho observado e também reblogado muito texto falando sobre o amor de Deus por nós, que Ele nos ama, nos aceita, nos quer, que Ele é a nossa poesia, e particularmente eu gosto de alguns textos. Mas o Espirito Santo fala comigo de uma forma que eu não aguentei e estou aqui passando para todos.

Pessoal, eu tenho vários seguidores e creio que MUITOS não conhecem a Deus da mesma forma que eu ou você (cristão) conhece. Estamos passando a imagem de Deus como somente AMOR, e Ele realmente é o PRÓPRIO AMOR, mas quero informar que Deus também é IRA, não adianta as pessoas aceitarem a Deus como alguém que ira perdoar todos os erros que eles cometeram, (mas calma ai, Deus perdoa quando somos sinceros), o pecado que eu quero falar é o PECADO VOLUNTARIO, sabe aquele pecado que você SABE QUE É ERRADO E FAZ? Pois é, esse Deus rejeita. Pois a bíblia diz que é melhor NÃO CONHECEMOS A PALAVRA, DO QUE CONHECER E NÃO PRATICAR

Estou cheia com os textos escritos com palavras maravilhosas que mostram a Cristo como alguém que ACEITA TUDO, chega!

Eu tenho uma certeza dentro do meu ser, da minha alma, no meu mais profundo que Jesus está as portas. Assim como Ele mesmo fala na carta a igreja de Laodiceia: EIS QUE ESTOU A PORTA E BATO. Mas demais cartas Ele apenas diz que cedo ele vem, e em Laodiceia Ele diz que esta na porta, esta fazendo barulho, esta mostrando que Ele está já na porta.

Quero dizer para as pessoas que não aceitaram a Cristo, Deus te ama, Ele realmente perdoa, Ele te ama do JEITO que você é, pois deu seu único filho para te dar a salvação eterna, mas quero dizer também que Ele não aceita que você fique do mesmo jeito que você veio. A cruz EXIGE transformação, mudança na mente, na vida, no modo de falar, de vestir, de TUDO

Eu vejo a Deus como meu pai, e o Pai corrigi aqueles que Ele ama. Então aceite a correção do Senhor e pregue nesses últimos dias.

anonymous asked:

Deus odeia o pecador? Sempre ouvi "Deus odeia o pecado e não o pecador"...

Sim! Eu cresci ouvindo essa máxima, mas quando comecei a ler e a estudar as Escrituras, com o auxílio de outros livros, entendi que o que eu dizia - e o que a maioria ainda diz - sobre Deus amar os pecadores e odiar o pecado é uma grande mentira. Ora, se Ele odiasse somente o pecado - um conceito abstrato, à parte do ser humano - Cristo não precisaria vir como Homem e morrer em nosso lugar. A prova de que Deus odeia os pecadores - pois o pecado não é alguma matéria ou substância física, mas sim um estado - foi Ele ter enviado o Cristo para morrer pelos seus escolhidos. A ira de Deus estava direcionada aos homens, pois éramos seus inimigos. Fomos salvos da ira de Deus, mas os não escolhidos estão sob a ira de Deus e irão senti-la no futuro. Esta são as Boas Novas: Cristo nos reconciliou com o Pai, portanto, agora somos amados por Ele - ora, se agora somos amados, significa que outrora éramos odiados, não?. Vou deixar um link para que você possa entender melhor.

http://bereianos.blogspot.com.br/2015/10/deus-odeia-os-pecadores.html