desprezou

Ninguém nunca me perguntou como eu me sentia em relação à você depois de tudo, nem mesmo você. Por dias, e até meses, eu tive esperança, acreditava que um dia, meio que do nada, você sentiria minha falta e pediria pra voltar, pra ficar comigo, faria aquelas declarações grandes e cheias de arrependimentos, aquelas declarações de pessoas apaixonadas. Até que fui parando de ter essa esperança, fui deixando de ter expectativa sobre você, fui me vendo cada vez mais longe de você, mais longe daquele pensamento e expectativa. Passava os dias ouvindo músicas e escrevendo, para que assim, toda sua lembrança fosse embora e junto com ela os sentimentos que sentia. Nunca senti raiva ou ódio de você e sim, eu tentei, mas nem xingar você eu conseguia, não tinha pena também, porque pena a gente tem daqueles que merecem e daqueles que não fizeram nada para merecer algo ato, mas você? Você cultivou e cultiva, toda mentira, todo amor e tudo que quiser e isso que você vai receber, por essa motivo sempre estive bem com você e nunca você poderia ser alguém diferente, daquelas pessoas que não machucam. Mas, são tantos assim que cruzam meu caminho que eu já cansei. Não espero mais nada ti, não espero mais nada de ninguém. Minha esperança sobre a população que me rodeia já sumiu a muito tempo. Será que você não poderia ter sido diferente? Eu dei tudo de mim e só recebi um “foi bom enquanto durou”, acha que isso é o suficiente depois de tudo? Você desprezou o amor mais sincero que eu ousei demonstrar, passou por cima de todas as coisas boas que atrevi fazer por você. Logo eu, a única pessoa disposta a fazer de tudo por ti, acabei sendo menos considerada na sua vida do que aqueles que te magoaram. Te amar me mostrou que algumas pessoas só sabem olhar para as coisas ruins do mundo, sem nem perceberem que bem do seu lado o amor transborda. Você foi a terra infértil em que eu plantei a minha melhor semente e fiquei esperando, pateticamente, brotar.
—  Escrito por Dai, Ana Letícia e Kelly em Julietário. 
Eu sei que te amei quando você desprezou meu amor e eu fiquei olhando pra trás pra ver se você tinha parado ou estaria voltando. Nada aconteceu… Você sumiu no horizonte do meu ser e desde então aquela rua deserta me confirma que ninguém vai poder ocupá-la. Isso me conforta, pois o vazio ainda é seu. Você está aqui mesmo não estando.
—  Beatriz Pontes.
Leia isto se estiver em pedaços.

Eu não queria que você estivesse lendo isso, eu gostaria de poder chegar ai e te dar o maior abraço do mundo, mas não posso, então em vez disso eu vou te deixar ler algo que espero te guiar no caminho para a felicidade. “Fique melhor.” “Você ficará bem.” “Você tem tudo.” Me deixe adivinhar – você já ouviu estas frases, além de muitas outras, cerca de um milhão de vezes, certo? É claro que sim, palavras encorajadoras de pessoas que querem poder ajudar a animá-lo um pouco. Mas às vezes é preciso mais do que isso. Você está pirando, né? O que você está passando agora faz você sentir tudo desmoronando, o fim do mundo acontecendo. Mas estou aqui para te dizer que não é. Com certeza outros te disseram a mesma coisa, mas não seja duro ou pessimista. Porque isto é tão verdadeiro. Ao longo de sua vida, não importa a idade, você vai passar por coisas duras. Seu coração vai quebrar em tantas peças que você vai pensar que está morrendo. Você vai perder amigos que pensou que ficariam em sua vida para sempre. As pessoas ao seu redor morrerão. Suas finanças nem sempre serão as que você quer que sejam. Você vai faltar uma aula. Vai ser pego fazendo algo que não deveria. Você vai passar por um monte, e vai se sentir como se você não tivesse um propósito nesta terra, ou simplesmente não vai querer viver mais. Ouça-me! Quando eu disser que isso é normal. Isso é chamado ser humano. Isso é chamado de vida. Cada coisa que você passar na vida será uma lição. A chave para aprender essas lições é mudar sua maneira de pensar. Quando você fez algo que lamenta, ou algo que simplesmente mata você por dentro, vá em frente e chore, sério, deixa sair, sem pensar em outras coisas. Nunca despreze essas emoções, gritar e chorar para aliviar a dor ou raiva é saudável. No entanto, após o seu processo, olhe para trás, veja os erros que cometeu e aprenda com eles, você faria isso de novo? Se não, certifique-se de que não aconteça outra vez. Ainda está lendo? Bem, isso significa que você não desistiu, eu também não vou desistir. Se ler artigos na internet ainda não ajuda você, aqui estão algumas maneiras de aliviar o stress em sua vida e para te ajudar a passar por tudo o que está fazendo você se sentir como seu mundo estivesse caindo aos pedaços.

1. Saia do seu quarto

Se levante e saia com alguém. Se esse “alguém” for um amigo, cônjuge, animal de estimação, avó, etc. A simples presença de outra pessoa será mentalmente e fisicamente saudável. Você nem precisa fazer nada. Apenas esteja lá. Assista TV, jogue, converse.

2. Leia um livro

Eu não me importo se você gosta de ler ou não. Apenas faça isso. Há realmente muitos livros surpreendentes por ai. Se você encontrar o caminho certo, é fácil se perder nele, portanto, uma fuga da realidade. Embora não seja uma solução permanente, uma fuga temporária é melhor do que nenhuma.

3. Passeios

Por que não visitar alguns pontos de sua cidade? Tenho certeza que há lugares baratos e de fácil acesso. Chame um amigo, veja a natureza, é relaxante.

4. Viagens

Vá em uma viagem. Quer esteja sozinho ou com amigos, por que não fugir por algum tempo? Você pode simplesmente ir de cabeça para o outro lado do estado. Confie em mim quando eu te disser que todos precisam de um refúgio de vez em quando.

Espero que você esteja se sentindo um pouco melhor depois de ler isso, e leve algumas das minhas dicas em consideração. Eu poderia falar e falar sobre as coisas que te fariam se sentir mais satisfeito com a vida, mas realmente acredito que para que você dê o primeiro passo, você deve abaixar esse telefone, sair do seu computador, parar de ler isso, e viver a sua vida ao máximo, sem pensar em opiniões ou se vai dar certo ou errado, com certeza tem alguém querendo te ajudar, se permita viver, dê tudo o que tem. Você não está sozinho. Eu estive onde você está, você vai superar isso e sair para o outro lado mais forte do que você jamais imaginou ser possível.

Por acaso, hoje uma questão casual me fez perceber que um dos mais básicos conceitos da vida foi apagado de minha consciência: o de “futuro”. Nada desejo, nem um mísero traço de desejo eu sinto. Um quadro vazio! Será porque tenho vivido por tanto tempo às portas da morte que eu não mais abro os olhos para todas as atraentes possibilidades? O certo é que eu me confino a pensar dia após dia, que eu decido o que deve acontecer amanhã, e nenhum dia a mais! Talvez isto seja irracional, impraticável, e mesmo não-cristão – apesar daquele pregador da montanha ter proibido preocupações com “o amanhã” – mas certamente me abala de maneira filosófica. Respeito-me um pouco demais para isso. Parece que eu desaprendi a desejar, sem ao menos sequer tentar. Nessas semanas tenho estado a “transvalorar valores“. Você compreende esta expressão? Quando você a considera mais de perto, o alquimista aparece como o mais louvável dos homens: me refiro àquele que transforma algo insignificante ou desprezível em algo de valor, ou mesmo em ouro. Minha tarefa neste momento é completamente singular: pergunto a mim mesmo o que o gênero humano sempre odiou, temeu, e desprezou em geral – e justamente disso tenho feito o meu “ouro”… Se ao menos eu não fosse acusado de falsificação! Ao invés disso, eu me restrinjo a isso.
—  Friedrich Nietzsche.
Uma historia de amor: Você e eu. Mas não aconteceu, e eu chorei. Buscava a felicidade e de repente encontrei você, parecia um sonho realizado, porque encontrei o amor. Mas o amor não me reconheceu como um par, me desprezou, e eu sofri feito tola. Chorei feito criança sempre clamando: Fica, não vai, não me abandone! Mas você se foi, não pensou em mim! Nossa historia não foi daquelas que no fim tudo voltaria de onde começou, pelo contrario sumiu do mesmo jeito que apareceu assim de repente já foi, acabou, adeus.
—  O amor brincou.
Qual é o seu chamado?

              Uma vez ouvi algo de um pregador que me chamou atenção: “O momento mais feliz na vida de uma pessoa é aquele onde ela encontra o propósito para o qual ela foi feita” muitos cristãos enfrentam crises existenciais a cerca de qual seria o seu chamado, que funções deveria desempenhar na igreja; Isso tem se tornado comum entre os jovens tendo em vista que eles são pessoas com o caráter em formação e são submetidos a pressões e questionamentos constantemente, alguns sentem-se frustrados por não “possuírem” certas aptidões que são comuns nas igrejas, alguns indagam-se “Mas eu não sei cantar” “Eu não tenho o dom da palavra” “Eu não sei dançar ou atuar no teatro da igreja” “Como poderei ser útil ao reino de Deus?” “Afinal de contas qual é o meu chamado?”, o apóstolo Paulo escrevendo ao Jovem Timóteo exorta : Não despreze o dom que há em ti (I Tm 4:14) ao fazer isso Paulo não refere-se ao um dom especifico, mas ao potencial que Timóteo tinha, reconhecer que tem um potencial é essencial para que alguém descubra e desenvolva o seu chamado, mas, existem ainda dois pontos cruciais para que isso ocorra o primeiro deles é: Saiba quem você é, você é uma boa obra de Deus, e mesmo com a suas falhas e imperfeições o Senhor jamais te rejeita, Porque toda a criatura de Deus é boa, e não há nada que rejeitar, sendo recebido com ações de graças.(I Tm 4:4), Deus teve prazer em criar você, Ele conta com você, não por que ele não tenha outro com quem contar, mas por que Ele acredita em você, e isso não vem dos seus méritos ou merecimento, vem dEle e de algo que ele colocou dentro de você. O segundo ultimo ponto a que desejo ressaltar é:Saiba para que você foi criado. No livro de gênesis existe algo  em comum em alguns versículos que falam a respeito da criação, a tudo quanto Deus criou ele designou uma função,”  … E que sejam também luzeiros nos céus, para iluminar toda a terra! E assim aconteceu.” (Gn 1:15), Deus não cria coisas ou pessoas aleatoriamente, todos os seres quanto Ele fez tem um porquê e um propósito que precisa ser desempenhado de uma forma unica, você é uma obra única, você tem um jeito de manifestar Jesus de uma forma só sua! E isso não se restringe a cargos, funções, você foi criado para manifestar a glória de Deus, seja através do seu testemunho, louvor, palavra, seja no trato com as pessoas, escrevendo, existem uma infinidade de coisas que você pode fazer para obra de Deus, alguns vão entender e apoiar, outros não, mas apenas faça, da forma que você se sente feliz em fazer, manifeste Jesus as pessoas, não se limite e não limite o que Deus pode fazer através de você. vá!