desejoos

No ápice do meu desejo
Calado
Olho para dentro da sua boca
Olhando seus dentes brilharem
À luz amarelo do abajur

Sua pele transpira
Amolecendo os olhos
Molhando os seios

Na batida você dança
Canto mais um soneto
Sem respirar
Ao sabor do desejo

Os doces
As louças as roupas
Se foram
E aqui está você
Em sua perfeita vingança
Dançando pela última vez