derrubamos

Nas dunas do paraíso Coisas impossíveis acontecendo de maneira natural

O dia resplandeceu na janela como nunca antes
A brisa do sol circundava meu quarto sombrio
Levantei e me senti sozinho como o sol.
Fui ao encontro de amigos no fim da tarde
Vi um ônibus ser assaltado e acenei para o ladrão.
Minha amiga riu e seu pircing brilhou entre os dentes
Procuramos nosso outro amigo, no entanto nada deu certo.
Saímos pulando pelas avenidas da cidade como gafanhotos
Nossas pupilas dilatadas verdadeiras luas ensandecidas.
Somos lunáticos fora do manicômio existencial
Derrubamos as paredes da imaginação do edifício chamado sociedade
Nosso objetivo: destruir qualquer moral imbecil.
Somos artistas diletantes e subversivos
Piramos qualquer sanidade apenas com o caminhar de nossas emoções.
Não nos importamos com absolutamente nada
Corremos de moto em alta velocidade.
Tratamos as autoridades como crianças mimadas
Falamos apenas: “Calem a boca”!
No caminho nosso pneu estoura e ficamos no meio de estrada deserta.
Caminhamos até o borracheiro 24 horas
Encontramos o santo costurador de caminhos.
Fumamos alguns cigarros com ele enquanto esperávamos o remendo.
De repente chega um amigo seu e nos oferece novos olhos comestíveis.
Aceitamos sua oferta e a noite passou a cintilar igual ao orvalho da chuva.
Conhecendo um ao outro jamais seriamos os mesmos.
Coisas impossíveis acontecendo de maneira natural
A sorte estava do nosso lado e desdenhamos de sua aleatoriedade.
Praia deserta, maré seca, lua minguante, sons psicodélicos de coqueiros embalados pelo vento.
O cenário ideal se tornava palpável igual ao seu ventre
Beijei seus pés em gratidão.
O mar era nosso maestro completamente louco e desmedido
Minha querida dizia com seu sorriso: “O lindo é lindo”.
Eu ficava feliz e abraçava-a como um urso de pelúcia
O frio arrepiava nossas almas gélidas.
Fiquei surpresa quando você disse abruptamente: “Eu te amo”.
Subitamente senti que podia responder o mesmo
Fizemos amor em cima dos crânios de náufragos imaginários.
Sentimos o máximo de prazer possível de se extrair dos nossos corpos
Uma noite inesquecível que passei ao seu lado.
Acordamos e vimos o sol nascer arrancando nossas consciências pequenas e tolas.
Fui acorrentado aos corais como a princesa Andrômeda
Todos os sons se tornavam musica eletrônica.
Tudo derretida como um quadro de Salvador Dalí
A sereia mergulhava em seu quintal, ela só quer viajar.
Eu não preciso de deus para me apresentar ao paraíso após a morte.
Aquele corpo esguio era a própria El dourado.
Nosso amor era desapegado e sem paixão
No entanto, queimava como uma chama olímpica.
Perdemos-nos no tempo de um lugar sem espaço
Bebemos doses encorpadas de tequila e nos aquecemos do frio.
Estou ao teu lado doce menina para o que der e vier.
Quero-te ver brilhar nos palcos como uma grande artista
Estarei no palco aplaudindo suas performances.
A vida fica bem mais colorida com você
Sou um velho professor de maluquices.
Ensinando o que não se aprende na escola eu prendo sua atenção por alguns minutos.
Sua breve vida me surpreende com experiências completamente desvairadas
Sua dança psicodélica encanta todo o ambiente.
Se você quiser vou te levar para conhecer os interiores do exterior
Experiências limites, transgressões e gasto de energia das pulsões, experiência do fora.
O inconsciente baila com nossas vidas, nos entregamos aos seus vôos soturnos.
Você me viu com um terno e gravata borboleta
Não sei como teve essa ideia.
A chuva me faz lembrar-se de esquecer os problemas
O egoísmo deve ser mandado embora.
Você fazia gestos e dizia frases desconexas.
O surrealismo dos seus olhos me hipnotiza
Sou empurrado para fora de mim mesmo.
Quebre os tetos de vidro e pule em cima dos cacos
Já aprendemos como dores causam prazer.
Desaprendemos o rotineiro e somos viciados em tudo que é novo.
Vou por ai procurando sair do comodismo
A palavra “cotidiana” foi apagada do meu dicionário
Todos os dias ela faz tudo diferente
Me deixa escrevendo de meia noite.
Substituído por letras os meus sentimentos
Arrancado versos deste poeta melindrado
Na madrugada uivando em tua direção.
Como um lobo na floresta solitária da multidão.

Capitulo 13 💭
***
Acordei no outro dia e estava nua, olhei pro quarto inteiro e estava totalmente bagunçado, roupas por todo lugar e algumas coisas no chão, derrubamos ontem à noite. Tirei os braços do Luan que me apertavam forte e ele mexeu mais não acordou, vesti minha roupa, lavei o rosto e dei um beijo em sua testa. Sai do apartamento, e desci há recepção pedindo um táxi que logo chegou.
No caminho pro meu apartamento fui lembrando de dois anos atrás. Tudo estava se repetindo, eu deixando o homem que eu amo, sozinho, depois de uma noite incrível. E eu nem sei porque. Cheguei em casa, fui pro quarto e chorei até pegar no sono. Acordei eram “17:56”, e voltei a dormir, meu sono não acaba nunca.
💭 * Luan on *
Dormi super feliz, tínhamos nos reencontrado. Acordei no outro dia com um sorriso no rosto, passei a mão ao lado da cama e não a encontrei, nem as suas roupas no quarto, fui até o banheiro e ela não estava lá, a procurei por todo o apartamento e ela tinha me largado, de novo. Logo agora que eu queria ter algo com ela, sentei no sofá e poucas lágrimas desceram. Fui até o quarto e liguei pra ela, ela não atendeu, mandei mensagem mas não respondeu. Não ia desistir fácil dela, principalmente de saber por que ela sempre some. 💭 * Luan off *
/ Cont? ( Mariana sumiu de novo genteee, e agora?? )
(em E se o tempo ajudar…?💭⌛️)

Tudo é questão de tempo.
Como sempre falei tudo é passageiro, ate mesmo o mais lindo sorriso.
Um dia após o outro, e esse é o dia de conquistas é a certeza que nossos futuro é apenas um inicio de uma grande e interminável historia.
A cada dia acordo com a persistência e a convicção de que tudo aquilo que abandonamos um dia, podemos reconquista no outro, pois um dia nunca será igual ao outro.
Aquelas lágrimas que derrubamos ontem, hoje caem delicadamente pelo nosso rosto com tanta calmaria, para nos mostra que nada é sem sentindo, que tudo tem um pequena explicação.
Que aquilo que lhe derrubou, hoje lhe fortalece com a certeza que só se repetirá se formos incapazes de vermos o quão hipócrita pode ser uma pessoa.
Afinal, aquela foi a conquista mais magnifica e que fará da sua vida uma bela fantasia sem fim.


#AnoDeGrandesConquistas_EPoucasAmizades (em Sumaré - Sobral)

#Repost @jomara.lima
・・・
A violência vai ficando para trás quando derrubamos o gigante que afronta o Brasil, que afronta as nossas família, que afronta os nossos filhos. Contra violência doméstica e qualquer tipo de violência contra crianças e adolescentes denuncie, derrube esse gigante. #redesolidaria #redesolidaria #NejmiJomaaAziz (em 🏻👇🏻👇🏻👇 Siga: 👉 fc.com/NejmiAziz)