demais ;(

Não fique em silêncio. Nem quando você estiver magoado demais comigo ou sem paciência para entrar em uma briga. Ou se eu disser que não quero falar contigo. Apenas não se cale. Porque o seu silêncio é ensurdecedor dentro de mim.
—  De amores rasos eu já estou cheia.
O problema das pessoas é que elas acham demais e cuidam da vida delas de menos. Se você é uma pessoa que sorri atoa eles acham que você é a pessoa mais feliz do mundo que esta sempre feliz, se você é mais calado já é apelidado como antissocial, se você não gosta de sair por ai demonstrando sua felicidade você é fechado demais, se você anda com certos tipos de pessoas então você é igual , se você não gosta do que várias pessoas gostam então é frescura…e por ai vai indo, inúmeras coisas sem importância alguma que se você faz ou deixa de fazer tem alguém pra te dizer algo negativo, então a solução é ligar o foda-se e viver, siga o seu coração e não o que as pessoas dizem para seguir, todas nossas ações nos trazem consequências sejam elas boas ou ruins mas sempre chegam até nós então não dependa dos outros para viver e muito menos para ser feliz, existem várias pessoas boas no mundo ainda mas dessa mesma forma existem aquelas ruins que não querem o bem de ninguém e essas sem noção alguma que não param pra pensar que palavra incomoda, machuca e deixa a gente mal elas simplesmente dizem o que acham como se estivessem 100% certas e é isso ai, mesmo se for o correto, certo tipo de palavra ou até condições que são impostas para algumas pessoas machuca ou deixa a pessoa se sentindo horrível como se todos tivessem aquela visão negativa sobre ela. Então por favor pense antes de falar algo para alguém, lembre que as pessoas tem sentimentos e que sair por ai distribuindo ódio gratuito não leva ninguém a lugar algum.
—  Choviscava sobre as pessoas com cicatrizando-a.

anonymous asked:

Isa cmo deixar um homem excitado ,?

▪️Provoque-o com aquilo que lhe convém.
▪️Renove sempre, isso deixará aguçado.
▪️Suas partes íntimas, são ponto fracos. Aprecie.
▪️Seja diferente das demais com que ele se envolveu.
▪️Sussurre aquilo que você sabe que ele gosta de ouvir.
▪️Dê gemidos intercalados a esses sussurros.
▪️Ameace a dar beijos e desvie.
▪️Mordisque seus lábios.
▪️Desfrute do pescoço.
▪️Rebole sem dó.
▪️Deixe às vezes ele te dominar.
▪️Sempre peça mais.
▪️Deixe com que ele toque seu corpo.
▪️Tenha um bom olhar.
▪️O acaricie, apalpe.
▪️Use suas armas, aquilo que ele mais goste em ti, por ex: bunda.
▪️Provoque deixando a sua vista o teu corpo.
▪️Atice em lugares desapropriados, porém, cuidado.
▪️Morda sua orelha.
▪️Investe em lingerie.
▪️De conchinha, provoque-o.
▪️Deu oportunidade? Senta-se entre as pernas dele.
▪️Sarra com vontade.
▪️Faz um bloquete bom, mulher.
▪️Geme gostoso.
▪️No carro, acaricia seu membro.
▪️Se rolar um boque, incrementa algo (leite condensado, morangos, gelo, chantilly).
▪️Seja a dama que ele quer na rua e a puta que quer na cama.

Consegui estragar todos os meus relacionamentos simplesmente porque gostei demais das pessoas. Dessa vez quero acertar, por isso, combinei comigo que apesar de estar morrendo por você, não gosto de você.


eu não quero desistir de mim nos dias que o mundo desistir, quando a palavra ou silêncio do outro parecer demais pro meu próprio mundo suportar

Hoje eu chorei.

chorei porque o que sinto por ti continua intenso aqui dentro; continua aceso e tomando conta dos meus sentidos. você sabe, eu sou muito sentimental, e até hoje eu estou aprendendo a lidar com a sua ida. chorei porque a saudade aperta meu coração, deixando-o pequenino, o corrói e faz-me lembrar de situações que eu sei que não terei de novo. eu sempre me mantive por perto, querendo teu aconchego e teu abraço. chorei porque eu me sinto uma completa idiota por sentir demais, por sempre está a tua disposição e por saber que eu sou o lado da moeda que sente muito. chorei ainda mais por saber que o teu coração não é meu. e agora eu tento enxugar todas essas lágrimas que deixei cair.

Não entendo. Isso é tão vasto que ultrapassa qualquer entender. Entender é sempre limitado. Mas não entender pode não ter fronteiras. Sinto que sou muito mais completa quando não entendo. Não entender, do modo como falo, é um dom. não entender, mas não como um simples espírito. O bom é ser inteligente e não entender. É uma benção estranha, como ter loucura sem ser doida. É um desinteresse manso, é uma doçura de burrice. Só que de vez em quando vem a inquietação: quero entender um pouco. Não demais: mas pelo menos entender que não entendo.
—  Clarice Lispector

Era noite, beirando a madrugada, quando começamos pela milésima vez a mesma discussão. O motivo? Aleatório, infantil e tolo demais para ser dado em questão. Pela terceira vez naquele ano, terminamos e ainda estávamos em maio. Era uma noite chuvosa, que mostrava de forma metafórica basicamente como eu me encontrava por dentro, porque algo sussurrava que não seria como as demais vezes: não haverá uma volta. E não houve. Seguimos caminhos opostos, nos esbarrando em algumas esquinas em situações confusas, como quando você me viu na fila da padaria, indo comemorar o aniversário da Alice ou simplesmente passeando com o cachorrinho que você me deu de presente no meu segundo aniversário com você. E em todas as vezes em que eu te vi, era como se eu estivesse revivendo aquela última vez a todo instante. Eu sabia o que queria fazer, mas não sabia como fazer. Eu queria estar com você, mas você parecia sempre bem e controlado demais para decidir permanecer mais uma vez ou tentar… Ou só nos machucarmos um pouco mais. Quantos meses fazem? Não sei exatamente, mas em uma semana, fazem 4 anos. E o que mudou desde então? Talvez a estante que você colocava aqueles livros chatos que banalizavam as coisas, mudei ela para o lado direito, mesmo sabendo que você não gostaria se estivesse aqui, deixei meu cabelo crescer, e não por você, sabe disso (é importante que saiba disso), também mudei a cama de lugar, coloquei ela próxima o suficiente da parede para impedir mais uma queda minha durante o sono, porque sem você aqui, fica complicado me escorar em algo e não me esparramar no chão. Fora isso? Tudo continua do mesmo jeito que você deixou, desde aquela noite chuvosa. E sabe seu moletom preferido que andou me perguntando sobre uma semana após você bater as asas e ir? Encontrei ele no chão da varanda, bem no canto, e como foi parar lá? Não me pergunte. E eu fui egoísta, resolvi ficar com ele e ele também já não é mais o mesmo, tá um pouco surrado, mas continua sendo a minha roupa de dormir favorita… E ele ainda tem o seu cheiro, tudo aqui ainda cheira à você. Todas as coisas mudaram, mas apenas de lugar, porque tudo ainda sussurra o seu nome o tempo inteiro, e eu não sei se isso se transformou em loucura, ou se tudo ao meu redor andeis pela sua presença e se destrói com a sua falta. Eu sinto sua falta, mas também sinto minha falta e hoje eu entendo o que aconteceu. Você apenas quis se vingar pelo moletom. Em que parte da varanda do seu novo apartamento, você encontrou um pedaço de mim e não quis devolver? Quer saber? Não precisa responder… Só me diz que também veste essa parte minha e leva para a cama ao dormir.
—  Tickets of Cassie.

e escrever na fúria do esquecimento queimando-se na dor do amanhã, vislumbrando o passado por entre as frestas, achando o presente sempre pouco demais

Prometer para você que um dia a vida faria sentido,era como prometer para uma criança que ela nunca iria crescer. Em algum momento você perceberia que eu estava mentindo e nunca me perdoaria, e como eu imaginava esse dia chegou e chegou tão rápido que me assustei.

Ta difícil demais continuar sem você aqui,ta difícil demais não ter ninguém pra confiar, ta difícil demais te amar.

—  Cartas que eu nunca enviei

“Lorraine,

Pequena, sei que o momento é difícil.
Tratar da morte nunca será fácil.
Esse livro é uma tentativa de arrancar-lhe sorrisos
em meio ao momento que deveria ser mais leve.
Carregamos peso demais.
Damos intensidade exagerada àquilo que nos faz humanos.
Não chorar não significa não amar.
Morrer não é acabar.
A morte sempre será o começo de algo maior.
Nos apeguemos nisso.
(em memória de nosso pai)

Abraço do irmão  mais velho,
Driel.

Agosto de 2004.”



>Contos de Enganar a Morte . Ricardo Azevedo

>Enviada por Lorraine Driel (coleção particular)

>Ela conta: Esse livro eu ganhei de meu irmão Driel no mês de falecimento de nosso pai. Eu era criança ainda, e ele queria me ‘poupar’ da dor da perda, amenizando  o meu choro, trazendo de volta o meu riso.  É um livro infanto-juvenil no estilo cordel que reúne pequenas histórias de pessoas que tentam fugir da morte. Na época, teve gente que achou de mal gosto o que Driel fez, eu percebi uma sensibilidade incrível (agora mais do que antes).  O livro me ajudou a passar por essa ausência, nos fortaleceu, criou um laço de amor ainda maior com meu irmão.  Como o livro tem muitas páginas e contracapa pretas a dedicatória foi digitada por ele.

Ser trouxa

Ser trouxa é amar alguém que não te ama. É sorrir com uma mensagem boba de uma pessoa que você ama, é querer estar ao lado dessa tal pessoa a toda hora,é pensar em um futuro juntos que talvez não possa acontecer, é esperar um ‘’Eu te amo’’ antes de dormir e não receber… Pensando bem, trouxa significa amar, o amor nos leva a tal ponto que nos deixa loucos e pensativos. Eu penso demais e nada acontece, um dia eu enlouqueço. Mas enquanto este dia não chega, vou te amar.

anonymous asked:

Uma palavra por favor? 😔😭

Provérbios 13

3. Quem toma cuidado com o que diz está protegendo a sua própria vida, mas quem fala demais destrói a si mesmo.

Pensar antes de falar pode evitar muitos sofrimentos! Deus abençoe ♡

docicantes  asked:

Qual a que recomenda para eu começar?

Olha, se tu quer assistir uma série mais leve e de comédia, assiste Friends (é dos anos 90 então é SÓ AMOR) ou How I Met Your Mother (é mais recente).

Grey’s Anatomy é uma série longa e com muito drama, então se prepare pra sofrer (muito) assistindo.. é bem “novelão”, não é todo mundo que gosta.

Gilmore Girls é muito amor, muito amor mesmo, acho que poucas séries tem um enredo tão lindo quanto esse!! Estreou em 2000 e acabou em 2007, mas a netflix fez um especial com 4 episódios novos ano passado, DEMAIS.

Tbm te indico The O.C. É uma série estilo novela tbm, bem adolescente, com muitas reviravoltas. Se passa na Califórnia e tipo DÁ VONTADE DE ENTRAR PRA TELA KKKKK Ainda estou na terceira temporada mas é muito boa.