de ciumes

Eu te amei quando você teve suas crises de ciumes, quando você estava mal e ninguém te entendia. Eu te amei quando o mundo conspirava contra você e nada dava certo na sua vida. E quando aquele otário te deu um fora, eu estava do seu lado te consolando, te amando. Nas tuas briguinhas familiares que você sempre acabava chorando, eu tava lá enxugando tuas lágrimas. Quando você ficou bêbada e ninguém quis cuidar de você, lá estava eu de novo, te cuidando e amando. Eu amei você no natal, no ano novo, na páscoa, no seu aniversário e até no dia do índio. Eu te amei de janeiro á janeiro. Eu te amei tanto que todo mundo percebeu… Menos você.
—  PEDRO PINHEIRO.
E, sim, reconheço, estou mesmo com ciúme. Tenho ciúme de cada minuto que você passa com ele, de cada expressão preocupada que você mostra por ele, de cada lágrima derramada, de cada olhar, de cada toque e de cada pensamento. Tenho vontade de despedaçá-lo e de expurgá-lo da sua mente e do seu coração. Mas não posso fazer isso.
—  Ren, A Viagem do Tigre
Texto para namorado

E quando eu penso que nada vai dar certo, quando penso em seriamente em desistir disso aqui, ai vem você e aparece, aparece para deixar minhas manhãs melhores com apenas “ bom dia amor ” minhas tardes melhores com nossas palhaçadas, nossas risadas, nossas brincadeiras e nossas intimidades. O laço entre a gente é algo magnifico, é um laço forte, um laço que na qual não da para explicar. Quero te fazer feliz todos os dias, quero te fazer sorrir e fazer você morrer de ciumes de mim, quero poder todo dia entrar aqui e ver sua mensagem de bom dia e boa noite. Tão pouco tempo que nos conhecemos e já somos grandes amigos e namorados, venha ser feliz comigo, vamos cada dia nos conhecer melhor, conhecer um ao outro e vamos ser felizes juntos.. não vamos deixar que nada ou alguém destrua isso que tem entre a gente. Eu te adoro vida, eu te quero e eu te desejo. Meu amor tem sido você e vai ser você

Acho que esqueci de me importar comigo. De sentir saudades de mim, de chorar por mim, de correr atrás de mim, de ter ciúmes de mim mesma. Acho que esqueci de me preocupar com quem eu estou falando, com quem estou andando, com as mensagens que recebo. Deixei de dar atenção para onde vou, com quem vou, que horas vou voltar. Parei de me preocupar com o que fiz no dia, de saber se meu dia foi bom, de ter noção se me alimentei direito. Abandonei minha vaidade, descuidei da minha personalidade, aos pouquinhos estou deixando de ser eu. Estou me perdendo, me abandonando, me esquecendo. Não tenho mais ciúmes de mim, não respeito mais o meu corpo. Bebo sem medo de passar mal, confio em estranhos para contar minha vida, me maquio tentando esconder minhas fraquezas, deixando apenas o meu forte a mostra para os desconhecidos. Deixei de dar valor as tardes de domingos com a família, passei a frequentar lugares escuros, com música alta e luzes piscando. Me perdi, tentando me encontrar em alguém que eu não sou. Esqueci como me pedir de volta.
—  Isabella Martins. 
— Chocolate ou morango?
— Creme.
— Para de ser teimosa amor, chocolate ou morango?
— Creme.
— Creme não tem.
— Então escolhe você.
— Chocolate.
— Mas eu queria morango.
— Por que não disse?
— Porque eu queria de creme.
— Então é morango?
— Quero chocolate.
— Decide.
— Quero de uva.
— Vou comprar a sorveteria inteira
desse jeito.
— Se vier você dentro, pode comprar amor.
— Sou exclusivo.
— De quem?
— De muitas mulheres.
— Perdi a vontade de tomar sorvete.
— Não quer saber quem são essas
mulheres?
— Pega todas pra você.
— Ciumes?
— Não.
— Amor volta aqui, o sorvete vai derreter.
— Leva pra elas.
— Tá com ciumes amor?
— Já disse que não - ela fala
gritando e sai da sorveteria.
— Amor. - ele a puxa e a beija. - Só me ouve.
— Fala.
— Sou teu amor, só teu.
— E as outras mulheres?
— Aí depende, quantas filhas vai querer ter?
—  You & Me
É, eu tenho ciúmes.

Tenho ciumes de frases, de olhares, de likes, de palavras, de pensamentos, de intenções. Eu tenho ciúmes de você com a suas amiguinhas, com a sua irmã, com a sua prima, ou até mesmo com os seus amigos. É, eu sou louca. Sou louca porque crio mil histórias e paranóias só pelo fato de que você demorou 5 minutos pra me responder, ou pra ficar Online. Realmente, eu sou insegura demais, admito. Mas sabe o por que disso tudo? Bem, é que eu tenho ciumes de tudo porque na minha visão, qualquer coisa que passe perto de você, fale com você, pense em você, ou qualquer outra coisa que envolva você, é algum tipo de ameaça pra te tirar de mim. E eu te amo demais, pra viver com a ideia de que eu possa te perder algum dia.

(Via: @Qvss_Martins)