cr: mar

Às vezes me pego pensando o quão magnífico é ter te conhecido. Não nos vemos ou nos falamos com tanta frequência e eu sinto tanta saudade de você que até dói. Eu não posso afirmar que você também sente minha falta e nem posso te cobrar isso. A amizade não é um sentimento egoísta. Eu queria poder te abraçar mais vezes, sentir seu calor e sua presença. Queria que você se abrisse com mais frequência para mim e deixasse-me cuidar de ti quando se sentisse triste. Sua amizade é uma das coisas mais belas que eu tenho. Obrigada por ser esse meu porto seguro nos momentos mais difíceis, obrigada por ser uma pessoa boa que passa aos outros uma energia positiva, um amor que é real. Aprendi muito contigo sobre tudo e principalmente sobre os significados de carinho, de amigos de verdade. Eu posso ter vários amigos, aqueles amigos de bar, mas nenhum desses vão traduzir tudo que você me passa, tudo que você representa pra mim. A nossa amizade é aquelas que parece que vem de vidas passadas, você me conhece tão bem que parece que tem um manual de mim dentro da sua cabeça. Você é pra mim, e sempre será, a pessoa que vai segurar minha mão nos momentos de insegurança, me ceder ombro pra chorar em momentos difíceis e aquele que estará ao meu lado sorrindo comigo nos momentos de felicidade. E eu queria que soubesse que a reciproca é verdadeira, eu sempre estarei aqui por você. Então vamos lá, deixe-me saber o que passa na sua cabeça. Deixe-me saber se isso que eu sinto, você também sente. Deixe-me saber se você também me vê como o seu porto seguro, que pode contar comigo para todas as horas. Deixe-me entrar em sua cabeça e tentar arruma-la, tentar te ajudar em tudo que precisa. Mas, se eu não puder entrar, saiba que em mim, você sempre estará.
—  Escrito por Glória, Marcela, Bianca e Lu em julieta-s.