cores fortes

✿ Status: Batom Vermelho ✿

Nem vem tirar meu riso frouxo com algum conselho, porque hoje eu passei batom vermelho. ✌🏻️😘👄

Batom vermelho ao invés de dias cinzas. 💋💫

A vida é muito curta pra não usar batom vermelho. ✌🏻️💋💄

Arrume alguém que borre o seu batom, não o seu rímel. 👊🏻🙅🏼

Batom na boca maquiada nos cílios, mas se vacilar ela puxa o gatilho. 💋👑🔫

Keep calm and se joga no batom vermelho. 👌🏻✌🏻️💋

Adoro meu batom vermelho, mas adoro mais o vermelho natural deixado nos meus lábios pelos teus. 👄🌚

Hoje usarei um batom vermelho que ao sorrir ninguém note o quanto já chorei. 💋💔

Faz aquele café meio amargo, toma três goles, fuma teu último cigarro, passa um batom vermelho. Ajeita o cabelo e vai. 👑💄

Posso aceitar amostra grátis de batom e perfume, mas de afeto estou dispensando. 👌🏻✌🏻️

Não nasci perfeitinha e nem é rosa o meu batom. Sou de cores fortes, de temperaturas quentes, de olhar indiscreto e de desejos ardentes. ✌🏻

Retoquei o batom vermelho, vesti minha armadura e estou dando a cara à tapa, só pra ver quem é o idiota que vai experimentar me tirar do sério outra vez. 👊🏻

Você prefere retocar o batom de tanto beijar, ou retocar o rímel de tanto chorar? 👌🏻

Batom vermelho é muito difícil de passar pra gastar com qualquer um por ai. 😘👊🏻

Ele diz que só quer borrar o batom dela, mas em tão pouco tempo só lhe soube borrar o rímel. 👊🏻👌🏻

Veste um sorriso, passa um batom que você gosta e vai ser feliz. 💋💄✌🏻️

Prefiro o meu batom vermelho assim borrado, do que novamente meu coração despedaçado. 👄😘

Muda

Ela dizia: você não muda.
Mas também nunca se fez solo fértil e cabia à mim olhar pro céu e pedir chuva pra aguar tanta secura.
Certo dia, por piedade ou engano, o passarinho do destino me levou dali, depois o vento, tempestades, outros campos, outras covas rasas, ou profundas demais, rebuliços e primaveras.
Eu mudei tanto, me plantei no chão do meu coração, no útero da minha alma, semeadura de amor próprio, que me fez mudar, florir, jardim de raízes fortes, cores das mudas de mim, que agora via a verde relva do mundo que sorri de volta.
Aprendi: Ninguém muda ninguém, mas pode crescer junto.

- J. Victor Fernandes,
Transtorno Poético.

nós criamos o nosso inferno; desenhamos seu mapa, colocamos tijolo por tijolo um a cima do outro, enfeitamos e o pintamos de cores fortes. escolhemos a dedo as cores e usamos contrastes para estampar nossos excessos. passamos a nos sentirmos em casa em nosso inferno particular lar-doce-lar mas ainda temos coragem de dizer que foram eles que compraram as tintas eles que nos manipularam a criar desenhar e construir e que eles também devem pagar usar e gostar do que nós fizemos pra nós mesmos