completamente diferente :$

El mismo ser humano es, en distintas edades, en distitas circunstancias, alguien completamente diferente. A veces es casi un diablo, a veces un santo. Pero su nombre no cambia, y a ese nombre le atribuimos todo, lo bueno y lo malo.
—  Archipiélago Gulag, ALEKSANDR SOLZHENITSYN
Y de repente, ella cambio. Se volvió una persona completamente diferente, con una nueva mentalidad, una nueva perspectiva, una nueva alma. La chica que una vez se preocupaba demasiado por todo y por todos, ahora ya no le importaba nada en absoluto.
Meu querido, - ou não tão meu assim - G. Começo esse bilhete com uma questão em mente… onde foi que a gente se perdeu? Será que foi uma paixão intensa e avassaladora ou é um daqueles amores épicos? G, não faz uma eternidade que pertencemos um ao outro, ou somente eu te pertenço, não sei. Mas faz um pequeno infinito desde que meus sorrisos se tornaram mais frequentes, mesmo que com algumas participações especiais de lágrimas ao decorrer da nossa caminhada. Amor, não sei o que houve conosco ou se houve alguma coisa. As vezes são somente pensamentos mesquinhos em épocas do mês em que fico mais chorosa e pensativa. Você sabe disso, você me conhece bem. Eu desabrochei para você em nano segundo quando você caiu do céu em minha vida, já você é uma história completamente diferente eu te descubro um dia por semana, você é difícil e teimoso. E eu amo isso. Você tem o sorriso mais lindo e intenso do mundo, junto com suas covinhas das quais eu adoraria beijar todos os dias pela manhã, tarde, noite, madrugada. Eu adoraria passar cada segundo massageando seu couro cabeludo e passando os dedos pela sua barba. Você sabe dos meus pontos fracos e da minha falta de qualidades. Você sabe tanto sobre mim meu amor. E eu volto a questão inicial, onde que nos perdemos? Foi na primeira briga? Depois dela foi uma avalanche e eu lembro de como sofri na primeira vez, na segunda e na mais recente também. Todas são socos na boca do estômago. Meu dia não tem cor sem você. Eu não quero que continuemos nos perdendo, eu quero mesmo é te encontrar. Todos os dias e todas as horas se possível. Não se esconda, eu sei que de baixo de tudo você é a pessoa mais doce e amável que alguém quer ter na vida e eu te quero na minha, sempre.
—  Nem a distância vai nos separar.
Si pudieras volver atrás y cambiar sólo una cosa de tu vida, ¿lo harías? Y si fuera así,  ¿Elegirías un camino completamente diferente? ¿O sólo cambiarias una cosa, un sólo momento, un momento que siempre quisiste recuperar?

Antes de começar essa carta, quero que você feche os olhos (claro que não agora, senão como vai ler está carta né) e imagine tudo o que já passamos. Os momentos bons, os ruins, todas as vezes que discutimos e todas as vezes que pedimos perdão. Quero que pense o quanto mudamos, o quanto amadurecemos um com o outro e o quanto ainda vamos amadurecer juntos. Está bem, agora feche os olhos e só abra quando tiver pensado em tudo isso.

Pensou? Eu também. Percebeu alguma coisa? Eu sim, nossa história é parecida com a de qualquer outro casal e, ao mesmo tempo, tão diferente. Estamos construindo nossa própria historia, que pode ser tanto igual ou completamente diferente das outras que já tivemos, e quem decide o rumo dela somos nós. Até onde estamos dispostos a tentar? Até onde estamos dispostos a lutar? Quanto nós estamos dispostos a sacrificar? Segura as resposta e continua lendo.
Eu gostaria de começar falando sobre coisas ruins, mas, de certa forma, necessárias. Com isso não quero dizer que alguns de meus erros foram necessários, os maiores não foram. Mas aprendemos com eles, não é mesmo? Aprendemos um com o outro a passar por cima do orgulho. Aprendemos a ouvir um ao outro, mesmo quando ele não fala nada. Aprendemos a superar coisas juntos. Aprendemos a cuidar do outro. Aprendemos o que deixa o outro chateado, irritado, ou com ciúmes e aprendemos também a evitar isso. E tudo isso que aprendemos, foram nos tornando um casal melhor, pessoas melhores, mais fortes.

Estou determinada a lutar por nós, todos os dias da minha vida, e não desistir jamais. Não irei aceitar que as coisas deem errado entre a gente, não podem dar, eu continuarei lutando mesmo quando despojada de forças estiver. Continuarei a nadar contra a maré para te alcançar. Porque por você, vale a pena o sacrifício da luta.

Por você, Vinicius, eu acordaria cedo em pleno sábado, tomaria café, aprenderia a cozinhar, arrumaria a casa, assistiria um filme de guerra chato, passaria a tarde assistindo seu treino, passaria horas torcendo por você nos jogos, mudaria meu jeito de ser, aceitaria de bom grado os sacrifícios que precisasse fazer, aprenderia tudo sobre futebol. Por você eu gritaria e não falaria baixinho, porque por mais que digam que o amor deve ser sussurrado, eu prefiro mostrar para o mundo o quanto eu te amo. Penso que o amor é mais ou menos isso. Uma amostra constante do que sentimos um pelo o outro, sejam eles sussurrados ou exagerados.

Você chegou em um momento que tudo estava bagunçado, dentro e fora de mim, haviam contas a pagar, amores derramados no tapete, amizades secando na varanda, meu coração morrendo sem esperança. Eu estava enterrada em cartas não lidas, meus pensamentos me sufocavam, a dor me cegava e a dúvida me matava de dentro para fora. Você não chegou bagunçando mais ainda as coisas ou jogando tudo pela janela como se nada importasse, você sentou ao meu lado, me puxou da pilha de cartas e problemas a qual eu estava imersa, fez respiração boca a boca e ajudou a organizar tudo. Leu pra mim todas as cartas, enquanto eu jogava fora o tapete e empilhava os amores no cesto de roupas sujas, depois me contou sobre a vida que me esperava como o futuro estava cheio de surpresas boas e, o mais importante, como seu amor salvou meu coração enchendo-o de esperanças novamente. Você está me ajudando a escrever uma história que eu pensava percorrer sozinha. E quer saber? Eu já estava me preparando para isso, até você chegar. Então obrigada, obrigada por não me deixar, em todos os sentidos. Não me deixar sozinha, não me deixar escrevê-la sozinha e simplesmente, não me deixar. Você é a minha base, o meu sustento, aquele que me dá forças para levantar, aquele que me dá forças para aguentar todo esse mundo, todas essas pessoas. Você sabe como era minha vida antes, para mim é uma memória distante mas que ainda mora no canto obscuro do meu coração, como uma cicatriz que as vezes coça e arde. Você trouxe luz para a minha vida, me salvou de tudo que estava acontecendo comigo, me tirou de uma vida que não pertencia a mim. O brilho que encontrei nos seus olhos foi o que me deu força para seguir em frente. O brilho que ofuscou todo o resto. Fazendo-me estremecer e deixar para trás tudo aquilo que impedia de ser feliz do seu lado.

Sempre que você diz que me ama, sinto borboletas nascerem no meu estomago. Sinto que tudo é possível, que não existe caminhada tão longa ou tempestade tão forte que não podemos enfrentar juntos. Sinto o carinho, a paixão, o desejo na sua voz. Sinto como se fosse primavera, mesmo sendo inverno. Sinto-me extraordinária. Esse amor é diferente, porque você consegue fazer eu me sentir diferente, você consegue fazer eu me sentir única. Você permaneceu. Você foi o que ficou, o que está me fazendo acreditar. O que está se entregando e me fazendo entregar todo tipo de amor.

Esperar você chegar é como véspera de ano novo. É desejar e saber que o meu mundo mudará com o correr dos ponteiros. É sentir o coração batendo acelerado e forte de ansiedade, e ouvir as batidas ecoarem pela casa, ou será que é só dentro da minha cabeça? Esperar você chegar é fazer um monte de planos e promessas para o que está por vir, a promessa de não desgrudar de você nenhum segundo, de fazer com que você veja e sinta todo o amor que existe em mim, de te apaixonar em todos os momentos. Você chega. Fogos de artifício. O ar cheira a esperança e felicidade, o mundo está em festa, o meu mundo. Você me segura pela cintura e me beija. Mais fogos coloridos e brilhantes explodem dentro de mim e fazem cócegas na minha barriga, se olhar fixamente nos meus olhos, poderá vê-los. Ver você chegar é como meia-noite em noite de ano novo. Não há tristeza, tudo é lindo, colorido e só há amor, felicidade, paz e sorte no ar, principalmente sorte. O mundo inteiro se ilumina com uma luz intensa, meu mundo brilha com a luz dos seus olhos.

—  Stella Machado Starling
Hay dos tipos de amor en el mundo...

El de las almas gemelas.

Las almas gemelas en sus relaciones están libres de sentimientos como la angustia, los celos, la dependencia, la posesión y una larga lista de sentimientos que vienen acompañados en muchas relaciones de pareja. Encontrar un alma gemela significa un amor incondicional tan grande que quien lo vive vibra en una frecuencia elevada, no manifiesta sentimientos erróneos sino más bien se alegra y emociona inmensamente al tener la posibilidad de encontrar a ese ser.

Son momentos de una felicidad tan grande que no importa el no tener “una relación de pareja” pudiendo ser sólo amistad, pero una que llena cada espacio del ser. He escuchado relatos de quienes aseguran haber reconocido a su alma gemela y todos coinciden en lo mismo: “es el amor en su máxima expresión” no genera odio, ni relaciones conflictivas, ni celos. Sólo genera amor, sentimiento que logran conocer quienes tienen un nivel de conciencia superior.

Las parejas que describen a la perfección:

  • Aries&Leo
  • Tauro&Acuario
  • Géminis&Sagitario
  • Cáncer&Piscis
  • Virgo&Capricornio
  • Libra&Escorpio

Y el de los polos opuestos.

El amor es un misterio, nunca sabemos de quien vamos a enamorarnos. Como dicen por ahí el amor es ciego. Una persona puede terminar enamorada de alguien completamente diferente a ella, ante el asombro de su entrono.

Algunos lo explican como la ley de la polaridad, esa que afirma que los polos opuestos se atraen y que puede ser ejemplificada por medio de un imán. ¿Has tratado de juntar dos imanes? Algunas veces se unen con mucha fuerza, pero cuando giras uno a 180 grados simplemente se repelen, no hay nada que pueda unirlos.

Y lo sorprendente es que los lados que se repelen son los del mismo polo, positivo-positivo o negativo-negativo. Y los polos que se unen fuertemente e incluso se buscan son los opuestos: positivo-negativo o viceversa.

Los ejemplos:

  • Aries&Cáncer
  • Tauro&Escorpio
  • Géminis&Virgo
  • Leo&Piscis
  • Libra& Sagitario
  • Capricornio&Acuario

Ellos no coincidían en mucho. De hecho, ellos estaban de acuerdo en algo muy rara vez. Ellos peleaban todo el tiempo, ellos se retaban el uno al otro todos los días. Pero, aún con sus diferencias, tienen una una cosa muy importante en común, ellos estaban locos el uno por el otro.

Galaxia-

¡Esperen un segundo y miren esto! Teoría, la creación de Demencia.

¿Lo ven?

Hay una imagen que parecen ser los planos de Demencia, lo cual podría ser un chiste o podría sugerir que ella es una creación.

Y miren esto:

Hay una línea que parece dividirla a la mitad.

Lo cual podría significar que su diseño no es sólo puramente estético.

Tan sólo mírenla bien.

Diferente color de zapato en cada pie, diferentes tipos de guante en cada brazo, la media rasgada en una pierna. Su atuendo no es simétrico y esto podría ser sólo porque ella está loca y le gusta vestir así, pero eso no es todo.

Miren sus ojos.

Una pupila es completamente diferente a la otra. También tomemos en cuenta de que ella posee un cabello bicolor, verde y rosado. Esto podría no ser coincidencia.

Ahora volvamos a los planos. Las palabras ahí escritas son indistinguibles salvo algunas letras, pero hay algo que llama mucho la atención.

Lo que está hasta arriba subrayado en letras grandes debería ser el nombre del proyecto, o más bien de Demencia, pero en esas poco comprensibles palabras difícilmente dice su nombre, pero sí puede distinguirse algo con claridad y es que hay dos nombres o por lo menos dos palabras en el titulo.

Sea lo que sea, por lo que hay aquí, ella es mucho más misteriosa de lo que pensamos.
¿Será una humana artificial? ¿una androide? ¿una humana modificada? ¿Podría acaso Demencia ser la fusión de dos personas diferentes? ¿será ésta la causa de su locura? 
Esperemos saberlo pronto.
Es sólo una teoría.

@aziulpre

Depois de um tempo precisamos pensar naquela pergunta que todos os adultos nos fazem quando somos crianças: O que você quer ser quando crescer? Essa pergunta pode ter inúmeros sentidos, desde a sua profissão até o seu caráter. É relativamente fácil escolher o que queremos fazer na vida: uma máquina de dinheiro, mas é terrivelmente difícil escolher quem seremos, com quem estaremos, que mudanças enfrentaremos. Existem pessoas que nos julgam por palavras escritas na internet, por números, por status, mas você realmente conhece essa pessoa? Digo, conhece a alma, o caráter, a verdadeira índole? Como alguém que provavelmente nem se conhece, conhecerá o outro? Vivo caminhando sobre a terra vermelha, a grama molhada, as poças da água e o asfalto morno no meio da madrugada. Sou um pedaço de vários alguéns porque acredite ou não, por mais singular que seja você sempre terá um pedaço de alguém. Você mudará por alguém, crescerá em um ano mais do que em vinte e sentirá uma angústia terrível por não saber quem realmente é. Somos pedaços dos nossos pais, família, amigos, companheiros, animais de estimação, mas ainda sim, não sabemos quem somos de verdade. Cada dia a gente enfrenta algo diferente, começa a enxergar as dificuldades dos outros e quem tem a capacidade de colocar as dificuldades do próximo acima das suas possui um poder incrível nesse mundo repleto de egoísmo, raiva, ódio, depressão e solidão. Colocar os pequenos problemas dos outros acima dos seus é algo raro e que por muito tempo julguei errado, pois sempre pensei: Como podemos esquecer de nós e lembrarmos dos outros? Estava completamente equivocada, visto que errado é esquecer que o ser humano é feito de carne, osso e coração. Coração que pode ser apenas um órgão, mas também é o que traz empatia e representa a alma e a essência. Sobre aquela pergunta que todos os adultos que participam da nossa vida fazem ocasionalmente, você deve se perguntar: O que quero ser no dia de amanhã? É mais justo, melhor para refletir e mais fácil pars vislumbrar os pequenos quebra-cabeças da vida. Hoje sou um eu e amanhã serei outro completamente diferente. Um ano atrás não sabia o que a vida me esperava e para a minha surpresa também não saberei o que a vida me reserva no próximo ano, pois posso fazer planos, marcar encontros, fazer viagens, conhecer pessoas completamente diferentes de mim, posso aprender algo novo durante 365 dias ou posso viver em um canto do quarto, excluída do mundo e mergulhada em livros. É tudo uma escolha, sua escolha. Então, o que você quer ser amanhã?
—  Anna Paula Varella.
Mi amor, gracias por el tiempo juntos y por los buenos ratos; gracias por quererme, aun conociendo varios defectos y malos habitos que tengo; gracias por escucharme y tener ganas de compartir tu tiempo conmigo. Eres mi favorito y no me siento con ganas de conocer a otro porque aun con tus defectos, encuentro mucho en ti. Somos personas completamente diferentes pero siempre encontramos la manera de pasarla bien y querer cada detalle por el resto de nuestros dias. Contigo me siento en plenitud. Hay cosas que nos hacen tropezar como pareja. Pero sin embargo, nosotros no lo dejamos, sino que continuamos y nos amamos hasta lograr un climax y mantenerlo asi. Sabes, me gusta sentir tu cuerpo cerquita del mio y que me acaricies, . Pero mas me gusta cuando me abrazas fuerte de manera inesperada y me mires con amor y ternura. Gracias por el tiempo compartido y el amor que me das; gracias por la pasiencia y tus ganas de seguir a mi lado porque te quiero nada mas mio siempre, todos los dias, horas, y segundos piensame y amame que yo solo te pertenezco a ti en todos y cada uno de los sentidos. Ojala Dios nos permita pasar nuestra vida juntos y terminar de crecer juntos como personas y como pareja.... es decir, hasta nuestro ultimo suspiro. Pero el dira, por lo pronto nosotros hay que disfrutarnos y amarnos hasta que dure....
Siento que me estoy convirtiendo en otra persona completamente diferente, ahora me encanta ir a beber y divertirme con la excusa de quitar el estrés, ahora no como tan bien como antes, Es que la vida pasa y yo no sé lo que estoy haciendo, no sé, siento que estoy disfrutando pero a la vez estoy olvidando las cosas importantes, la pregunta es ¿Qué es importante para mí? Antes lo hubiera contestado sin pensarlo, en cambio ahora tengo una vaga idea de cuales son. Siempre he sido una persona con metas y sus prioridades bien definidas, ahora es igual pero estoy distraída, creo que debo aprender a organizar mi tiempo.
Já faz tempo que as plantas murcharam e morreram. Pelo visto, não sou muito boa em cuidar das coisas. Estou de pé no telhado, observando a escuridão bruxuleante de Londres lá embaixo. À minha volta, há um milhão de pessoas vivendo, respirando, comendo, discutindo. Um bilhão de vidas completamente diferentes da minha. É um tipo estranho de paz.
—  Depois de você.
Eu sou afobada e um pouco estabanada. Sou indecisa e tímida. Sou engraçada e divertida, mas também sou séria, mal humorada e triste. Gosto de escrever, mas raramente deixo alguém ler o que escrevo. Sou apaixonada por música, sempre sabem como me confortar, sempre dizem o que eu gostaria de dizer, sentem o que eu costumo sentir. Gosto de doce, mas odeio paçoca, é parecido com agridoce, o gosto não me agrada muito. Amo animais, não gosto da ideia de que eles morrem para a que nós possamos come-los, sinto pena e acho injusto. Queria ser vegetariana, mas não gosto muito de vegetais. Gosto de gente, mas sou seletiva sobre quem vou me aproximar, ultimamente ninguém se mostrou interessante, tenho convivido com algumas pessoas, confundiram convivência com amizade, são duas coisas completamente diferentes. Eles não sabem nada sobre mim e eu não sei nada sobre eles. Não gosto de romances clichês, mas me encanto com um livro ou um filme assim. Sou muito sentimental, mas eu não gosto de mostrar isso, sinto que não posso deixar aparecer meu lado frágil, isso me faria vulnerável, por isso costumo manter uma pose de durona e “não me importo”, quando na verdade me importo sim e sou uma manteiga derretida. Eu presto atenção e me concentro, mas muito facilmente acabo me distraindo. Gosto de abraços, mas não de qualquer um, precisamos ter algum tipo de relação, algum sentimento envolvido, se não me parece algo muito forçado. Não gosto de pimentão, quando o colocam na comida ele consome com o gosto de todos os outros alimentos, assim dominando o prato com seu gosto forte. Gosto de andar de carro de noite, gosto de como a cidade fica iluminada, até fiz uma pequena poesia sobre os “ vagalumes paralíticos”. Não me importo com o que pensam de mim, mas ao mesmo tempo fico curiosa para saber que impressão tiveram de mim. Prefiro mil vezes guarana do que coca. Gosto de chuva, mas não gosto do guarda-chuva. Gosto do cheiro de grama cortada e de terra molhada.
—  Criando Conceitos
Espero que assim como eu, você nunca esqueça de nenhum momento nosso, nem dos pequenos detalhes. Desde o primeiro beijo até o último que a gente nem imaginava ser a despedida. E apesar de todas as brigas, discussões e xingamentos, o amor sempre prevaleceu, mas chegou a hora, e eu, como adulto o suficiente, sei que chegou a hora de ir. Mas não vou de mãos abanando, vou com a certeza que consegui ser feliz o tempo todo que fiquei ao seu lado. Me desculpa por não conseguir ser o que sempre sonhou, a minha realidade se tornou completamente diferente da sua, e com o tempo nossas ideias não se encaixavam mais. Mas desejo que todo o bem do mundo fique para você, porque só eu entendo o quão maravilhosa tu és. Siga seu caminho como se não houvesse impedimentos. E eu sempre vou cuidar de ti seja aonde for. Um amor não acaba assim, de uma hora para a outra, pode diminuir, mas nunca vai acabar e eu nunca vou me esquecer de você, e meu coração sempre vai ser teu.
—  Felipe Martins
O que será amar ?

Hoje eu acordei me perguntando o que é o amor, e o por que de ser tão intenso, e aprendi que é como viajar e nem sempre alguém nos esperar no aeroporto, corajosos os que amam, que se entregam, que faz do amor sua prioridade. Até porque o amor é um conjunto, de esperança, motivação, felicidade, é um conjunto de coisas boas. Às vezes, a gente confunde o amor com traição, rejeição, ignorância e por aí vai indo. Mas o amor é puro, o amor é raridade, o amor é lindo, meio que algo inexplicável, que por mais que tentem descrever, nunca vão saber explicar. Faltam palavras pra descrever o que é realmente o amor, mas é algo que se sente, se sente com o coração, apenas com ele. O amor ele chega sem ao menos te perguntar se você ta afim, sabe aquelas pessoas que vão na sua festa sem você convidar, e ainda te traz alegria, pois é. A vida nos dar apenas um amor que realmente seja compatível, sobre os outros “amores” esses são apenas aprendizados. O amor pode chegar cedo demais, talvez, pode até chegar um pouco tarde, mas, nunca é tarde pra amar, e do amor não da pra fugir. Mesmo em meio a decepções sempre vai haver uma outra tentativa, afinal, o mundo é grande demais, é grande demais pra vidrar em uma pessoa só. Por isso, a gente se apaixona várias vezes, por pessoas completamente diferentes. Mas, algum dia, teremos o verdadeiro amor, aquele que não tem um “mas” e muito menos uma pedra no caminho, talvez tenha, mas nada que faça a gente tropeçar e não levantar.