como conquistar um cara

51: Sick

Oi, gostaria de um preference que eles brigam e ela fica doente logo em seguida (tipo um resfriado ou qualquer outra coisa assim) daí ele fica sabendo e vai cuidar dela… se vc puder fazer claro amo seu tumbrl ❤

SITUAÇÃO:

           Como todos os namoros sempre tem aquela briga besta por ciúmes e é claro que com a gente não iria ser diferente, ainda mais com um namorado famoso por todo o mundo, todos sabiam que ele é e com quem ele namora, todos sabem seus passos. E como todo bom famoso, vive cercado por mulheres lindas é que estão prontas para um minuto de fama. Depois de uma briga intensa por ciúmes.

HARRY:

           Depois de uma briga besta por ciúmes da minha parte minha namorada, saiu em direção ao segundo quarto da casa eu sabia que ela estava com muita de mim então resolvi deixa-la quieta por algumas horas, ela precisava de um tempo assim como eu. Só que é impossível não ficar com raiva quando vi todos àqueles caras em cima dela como se ela fosse um prato de comida, odiava vê esses babacas a tratando como um objeto.

           Estranhei o fato dela ainda não ter voltado para o nosso quando, então fui atrás dela. S/n estava sentada na cama com o nariz vermelho e inchado e os seus olhos lagrimejavam, podia ser meio doido, mas ela ficava fofa assim.

- Não olha para mim, estou horrível. – Ela disse escondendo o rosto atrás de um lenço de nariz.

           Aproximei-me dela e tirei o lenço do seu rosto. - Você é linda de todas as maneiras. – Disse beijando seu rosto. – Eu estou aqui para cuidar de você, lembra? Na saúde e na doença.

LIAM:

        Sinceramente podia está errado, mas não queria de nenhuma forma admitir isso, pode ser meio louco, mas é a verdade. Quando vi s/n dançando daquela maneira e todos àquelas caras a olhando e pedindo por mais, fiquei maluco eu não conseguia aceitar o fato que outros homens a olhava daquela maneira, e porra ela é maravilhosa!

           S/n não tinha subido para o quarto depois daquela discussão besta que nós dois tivemos e eu estava preocupado com ela. Desci as escadas e pude ouvir barulhos vindos do banheiro do andar de baixo. Assim que abri a porta a vi ajoelhada na frente da privada.

- Sai daqui, você não precisa me vê dessa maneira. – Ela disse sem olhar para mim.

           Peguei uma tolha e levei até s/n para que ela pudesse se limpar. Ela se levantou rapidamente e deu descarga antes que eu pudesse vê. – Você está grávida?

- Que? – Ela gritou. – Espero que você não esteja me chamando de gorda Liam Payne. - S/n foi até a pia e escovou os dentes.

- Não é que só foi uma pergunta besta.

           Assim que ela terminou passei minhas mãos em volta da sua cintura e a peguei no colo. – Vem, vamos cuidar dessa mocinha doente.

- Você sabe exatamente como me conquistar.

LOUIS:

        Sim, eu sei que sou um cara ciumento é que às vezes passo dos limites, mas é difícil namorar uma modelo e todos os caras ficarem olhando ela daquele jeito. S/n estava sentada no sofá ainda resmungando e falando palavrões baixinhos. Acho que depois de hoje vai ser meio difícil de ela me perdoar, mas eu sinceramente estou arrependido do que eu fiz.

           Sentei-me ao lado dela no sofá e passei meu braço em torno do seu ombro, mas ela se afastou. – Qual é, eu já pedi desculpas por hoje.

- Louis Tomlinson, você socou aquele homem porque ele me chamou de gostosas, você não pode sair socando todos os caras que fala isso eu sou modelo. – Ela gritou comigo e dessa vez foi muito alto.

           Eu estava observando minha namorada desfilar e um idiota a chamou de gostosa na minha frente, e eu acabei sendo expulso do local. Olhei para ela, mas quando estava preparado para dizer algo, ela bufou e saiu.

           Assim que toda aquela briga acabou s/n não subiu para o quarto e eu suspeitei que ela estivesse dormindo no quarto de hospedes, então fui até lá, assim que eu cheguei a vi deitada, ela tossia muito e seu nariz parecia esta entupido.

- Acho que alguém precisa de cuidados. – Disse deitando-me ao seu lado.

           S/n passou seu braço em torno do meu tronco e apoio a cabeça no meu peito e dormiu.

NIALL:

        Nunca fomos o tipo de casal que vive brigando por conta do ciúme, na verdade esse foi a nossa primeira briga depois de tanto tempo juntos, no máximo pequenas discussões que acabam em risadas, mas hoje foi diferente. Depois de gravar meu clipe uma das modelos que faziam do clipe tentou me beijar na boca e eu fiquei sem reação alguma, pois não esperava esse tipo de atitude, nem preciso dizer o que aconteceu depois, assim que chegamos a casa s/n não parava de falar e gritar.

- Eu já disse que não tive culpa. – Foram minhas ultimas palavras e ela saiu andando sem dizer uma só palavra.

           A noite caiu e eu já estava começando a ficar preocupado com ela. Fui a todos os quatros e banheiro,            mas ela estava sentada na varanda da nossa casa tomando chá e olhando para as luzes brilhantes de Londres, ela fungava baixinho, imaginei que ela estaria chorando, mas ao chegar perto dela vi que seu nariz estava vermelho e ela tinha um lenço na mão.

- Parece que alguém não esta acostumada com a mudança de clima. – Disse se sentando ao lado dela e pegando uma parte da coberta que ela esta enrolada.

- Ainda estou com raiva. – Ela disse me abraçando. – Mas, preciso de alguém para me esquentar.

- Esse alguém se chama Niall?

ZAYN:

        Eu tentava de todas as maneiras explicar para minha namorada ciumenta que eu não tinha feito nada, aquela mulher simplesmente chegou perto de mim mostrando os seios, e ela sabia muito bem que eu sou incapaz de acabar com um namoro de tanto tempo apenas um desejo. Mas, mesmo depois de explicar isso tantas vezes ela parecia não me escuta e continuava falando sem parar.

- Estou de saco cheio de você. - Disse pegando meu celular do bolso.

- E você sabe como eu me sinto? Não você não sabe, porque você só está preocupado com o seu próprio nariz.

- Quantas vezes eu vou ter que repetir que eu não fiz nada? - Ela não disse mais nada, apenas saiu andando em direção à porta. Ótimo!

           Depois de mais ou menos dois dias sem falar com a minha namorada (eu espero que ainda esteja namorando) estava ficando preocupado, ela nem mesmo atendia minhas inúmeras ligações. Assim que eu cheguei a sua casa, fui direto para o seu quarto e a encontrei deitada dormindo, s/n estava amarela e sua boca branca.

- Você não está bem? – Disse beijando sua cabeça.

- Eu estou com muita dor. –Ela disse com a voz tremula.

           Eu sabia que tinha sido um idiota com ela, mas ela precisava da minha ajuda nesse momento.