chope!

De uns tempos pra cá, tenho acordado no susto. Sempre com a estranha sensação de estar atrasado para um compromisso que não existe. Sempre com aquela angústia desnecessária de estar devendo ao mundo um poema que nunca será escrito. Olho na agenda, nada marcado. Coloco meus óculos e confirmo nitidamente que não tenho realmente nada agendado para os próximos dias, quiçá meses. Devo estar atrasado comigo, com o meu passado. Alguma saudade que eu deixei para trás está cobrando minha companhia, como se fosse um chope ou uma dúzia de bolinhos de bacalhau que eu deixei em alguma conta pendurada no balcão do meu bar predileto.
—  Eu me chamo Antônio.
Aprendi em uma das aulas da faculdade que a Ideia é como gato, não como cachorro. Ela vem quando ela quer, não quando você chama. Pois é, não adianta pressionar a mente. Você não encontra uma ideia pronta na sua agenda telefônica, na sua gaveta bagunçada ou dentro de um baú envelhecido na casa da sua avó. Não dá para convidá-la para o boteco com dia e hora marcada. Ela também não tem endereço fixo para você ir buscá-la desesperadamente em um domingo à noite. Mesmo com chuva! Ah, e nem pense em chamá-la para tomar um chope numa quarta-feira para assistir ao jogo do seu time. A ideia, às vezes, torce pelo adversário! Ela é independente. Ela aparece quando bem entender. E, se ela entender que não deve aparecer, esqueça-a: ela não aparecerá.
—  Eu me chamo Antônio
8

Chope! Book

is now finally launched! Available at our physical store and online store – http://shop.thelittledromstore.com/


Book specifications: 112 pages • A5 • Hard cover • Thread sewn and perfect bound • Published in 2013 • Printed in Singapore • ISBN 978-981-07-6542-2

Content Outline:
• Our peculiar lingoes
• The art of ordering Teh in a Kopitiam
• The art of ordering Kopi in a Kopitiam
• Nicknames of popular drinks in a Kopitiam
• La Kopi, Gossips, Gather
• Kopitiam soccer lingo
• Sounds of Singapore