cheias de sentimento

Andando por ai, ouvi uma garota dizer para uma amiga forçar um sorriso e dizer que estava tudo bem. E foi nesse momento que eu percebi o quão cheia de sentimentos eu sou, que eu não consigo forçar sorriso pra ninguém, se não to bem, não to e pronto, se estou amando, amo com todas as minhas forças, me entrego sem medo, me deixo ser levada. A questão é que, no meio desse teatro todo no dia a dia, as pessoas acabam deixando tudo de lado mesmo, acabam evitando falar em sentimento porque acabam achando também que ninguém se importa com elas e que se quiserem saber de algum sentimento, vai ser pra usar contra a mesma no futuro. E no fim, acaba acontecendo a mesma rotina, pessoas forçando sorrisos pra ficar tudo bem e passar batido.
—  DEZEMBRO, 24.
Eu tava sentindo essas coisas e tudo parecia fazer sentido,
mas depois eu comecei a escrever e talvez não tenha sentido nenhum.
Fiquei tão cheia de sentimentos bons e ruins ao ponto de me sentir vazia,
um pouco inútil, muito vazia.
É uma coisa difícil, lidar com o vazio.
—  Emotizar.
Foi nos dias de luta que aquela menina valente e corajosa perderia tudo em si mesma, até a coragem de se amar. Todos os sentimentos bons que haviam dentro de mim foram aniquilados; exatamente todos os sentimentos que foram plantados por meus pais, em cada fracasso e cada luta que eu… que eu realmente decidi desistir e me opor, nunca mais me senti forte, me sinto sozinha o tempo todo, eu desejo estar assim o tempo todo. Alguns colegas me ensinaram que amizade não existe, só existe união. O único sentimento que nunca destruí foi o medo, e esse medo me levava todos os dias, e quando decidi me libertar, no fundo já sabia que me sentiria cheia de sentimentos falsos… minha vida é um teatro tanto na chegada ou saída, todos que queriam meu bem me abandonaram, e assim eu ficava a vontade para chorar até me ver desmoronando, me vi no fundo do poço e se acham que um dia consegui sair dele está enganado, as minhas lágrimas transbordaram o poço, e atualmente não consigo chorar ou sorrir, o pensamento que passava por minha cabeça é que pessoas más sabiam sorrir enquanto eu sabia chorar. Deus me via sangrando por dentro e me ouvia pedindo pra morrer, por alguma razão eu permaneci. Posso afirmar que com todos os meus defeitos imperfeitos eu ainda fui uma garota que conseguia expressar sentimentos por alguém, mas hoje não sei no que me tornei, tenho medo de falar e amar, odeio escutar minha voz, passei a pensar mais e escrever também, quando estou sozinha me torno uma garota legal e doce, a garota que eu queria ser, mas ela está presa dentro de mim, a outra garota infeliz atua mais, não sei escrever sobre essa, por mais que ela assuma o controle da minha vida, eu mesmo sei que essa não sou eu, eu estou perdida e sem amor próprio, soterrada numa cova chamada corpo humano, o que vive em mim são as poucas lembranças da garota que eu queria ser, foi essa que encontrou o amor da minha vida, na verdade foram essas duas, cada uma com seu jeito me fez gosta muito de alguém, alguém que não precisou da aprovação do meu coração, porque ele não queria nada e achou tudo, todos os sentimentos que não me pertenciam a muitos anos, ele me fez sentir sua presença e afastou um pouco a solidão, me senti viva de novo e guardei memórias dos pequenos momentos que eu estava sorrindo pra ele, agora sei que não pediria outro mundo nem outra vida que não me levassem tão perto do seu mundo, depois de te conhecer aprendi a mudar, e eu não vou mais tentar preencher meu coração, mesmo que você nunca esteja nele, eu percebi que meus sentimentos são eternos, e nunca saíram de mim, só aguardei duas de mim te amar.
É sempre assim, você sempre volta depois que as pessoas te ignoram. Quando a sua vida se torna vazia você sempre volta. Quando cansa dos seus rolês, das noitadas, das outras pessoas vazias, você sempre volta. E sabe, você é igualzinha a todas essas outras pessoas. Vazia. Prefere sempre o que é mais fácil. Se não é do seu jeito, não está bom. Mas sabe, eu não sou assim. Sou totalmente o teu oposto. Sou intensa, completa, cheia de sentimentos e você não é assim. Você vive no teu mundinho realista aonde você acha que por eu ser uma bagunça, sou imatura ou criança demais. E mesmo depois de todos os ditados e textos que li, só depois de passar pelo que eles diziam, eu vi que era totalmente verdade. Não se deve expressar sentimentos, abrir as portas e dar lugar no seu mundo, na sua bagunça, para quem não entende. Mas eu fui teimosa. Te mostrei o melhor de mim, te dei minhas melhores palavras, te mostrei a minha alma, cada pedacinho meu eu, tentei organizar minha bagunça interior e te colocar nela com a esperança de que você, como o meu amor, me ensinasse a lidar com os monstros que se escondiam embaixo da minha cama. E ai está o problema, você tinha mais medos deles do que eu, ficou mais apavorada no meio da minha bagunça do que eu. Com toda a confiança que me passou, na primeira oportunidade, fugiu. O que foi, viu que não daria conta da minha intensidade e recuou? Pois é, são tantas perguntas né. Só que eu tenho um segredo para te contar, meu amor, eu nunca vou mudar. Prefiro ser intensa do que vazia. Sabe que eu até gosto dessa minha bagunça, desse meu caos, deve ser porque é MEU, só MEU. E veja só, se eu não te mostrei nem a metade e você fugiu, imagina se eu tivesse mostrado o resto? Imagina se eu tivesse depositado de verdade em você toda a confiança que cabe em mim, nossa, você nem voltar, voltaria. Percebi que quem recua, na verdade nunca quis fazer parte, e sinceramente, eu tenho totais dúvidas sobre você. Continua ai, com tuas noite, bebidas, caras ou minas, com suas “fritadas”. Continua com o teu pensamento de que está sempre com a razão, de que pessoas inteiras são imaturas ou criança, fica ai! Não volta! Você escolheu todas essas coisas, jogou todo o amor que eu tinha por você e todas coisas que passamos fora, preferiu essa sua vidinha do que uma vida comigo, por causa da minha intensidade e da minha bagunça. E agora? Depois de todo esse tempo, pouco tempo, eu to me reerguendo e aprendi a dizer não para você. E ah meu amor, isso me faz ficar tão bem, porque eu sei todas as coisas que acompanham quando temos recaídas. Eu estou bem, quero continuar assim. E você só vai saber de mim, quando ler algum texto meu por ai, porque eu mesma, não vou mais atrás de você.
—  Sim, amor, é para você!

Me perguntaram se o que escrevo é real. É claro que é real. Não vivi tudo, isso é certo, mas minhas palavras são pensamentos e sonhos que não cabem em mim, não quero que essas histórias cheias de sentimentos se percam na memória, e é por isso que escrevo. As vezes é bom relembrar, mesmo que seja só minha imaginação. Pra mim, é real.

- K.G.S

É complicado quando a gente fala que entende certas coisas que talvez, nem quem tivera vivido anos e anos neste mundo nunca pôde entender. Sabe, a vida é cheia de caminhos e de sentimentos, nós sempre acharemos que somos nós e apenas nós os responsáveis por aturar o maior peso da vida, mas é em momentos como esse que somos sinceros demais até com nós mesmos e tentamos expressar alguns sentimentos escondidos aqui bem no fundo de nossas almas. No sufoco percebemos como somos pequenos, insignificantes e inúteis diante dessa imensidão que é a vida. Percebemos que quanto mais aprendemos, menos sabemos. E no final o que realmente importa não são os nossos conhecimentos, e sim o que a gente fez com cada um deles. Não adianta decorar todos os livros ou dizer que sabe isso e aquilo, a prática é bem diferente e complicada. A vida a cada dia nos ensina de uma forma dura que nem sempre o que pensamos saber é de fato uma verdade nua e crua, as coisas vão mudando e as vezes não é tão simples de adaptar e acompanhar tudo. Ouvimos e ouvimos, mas parece que algumas coisas não se encaixam no nosso pensamento. Não adianta se afogar em pensamentos e tentar entender o que a vida nos promete, não adianta torrar a cabeça pensando que seria melhor se tivesse feito algo diferente no passado, não adianta ficar remoendo coisas que, nem de longe, serão possíveis de mudar. Não se martirize tentando dar sentido à vida, ninguém nunca disse que a vida ia ser justa. A vida é complexa demais pra ser entendida, o destino nem sempre está a nosso favor. Mas sorria sempre, as pessoas ficam mais bonitas quando sorriem. E quem sabe assim o destino decida sorrir pra você também.
—  Escrito por Aline, Beatriz D., Andreza e Bianca em Julieta-s
Nota da noite: Vai ter um dia que vc vai me mandar uma mensagem enorme, linda, cheia de sentimentos, dizendo o quanto me quer, o quanto me ama e o quanto está arrependido e sabe o que eu vou fazer? Visualizar e não responder. Tô aprendendo com você a ser otária!
Ela

“Ela é um universo, cheia de galáxias, um livro com infinitas páginas, uma loja toda a preços altos, uma estrada cheia de curvas, um penhasco sem visão do fundo, um poço cheio de sentimentos, uma personalidade cheia de brechas, um corpo cheio de descobertas, um sorriso com varios enigmas, um história sem começo, sem meio, com certeza sem final, ela é um desafio, um caminho sem volta, um túnel com luzes brilhantes, ela é um CD com faixas nunca ouvidas, ela é ..

Estou cheia de dúvidas em minha cabeça, estou cheia de fins sem um ponto final, estou cheia de sentimentos que não existem mais, estou rodeada de pessoas mas estou tão sozinha. Isso está acabando comigo.
—  Criando Conceitos
Suas amizades tinham acabado, sua paixão havia acabado, estava cheia de sentimentos e não tinha a menor ideia de onde surgiram. Estava vazia e cheia ao mesmo tempo, não entendia como isso era possível.
—  Criando Conceitos
Ela é assim! Pronto. Mas assim como? Explica! Ela é assim um mix de tudo que se possa imaginar dentro de uma grande capacidade de apenas não ser nada em definitivo. Ela é aquilo que não consegue se encaixar em moldes pré-existentes, parece que ninguém nunca foi antes dela. Ela se incomoda com isso, às vezes, muito. Ela é cheia de sentimentos, parece que suas experiências se manifestam é no dorso do seu colo, e quase sempre, de vez em quando, tudo isso pesa. Mas não tem modo, não existe maneira que a faça ser diferente. E ainda, graças a Deus, ela é diferente. Algo que pesa e que tem o dom da leveza, algo que chora e que se manifesta em sorrisos, algo de forte, mas que se desmancha quando encontra a água.
—  Clarice Lispector.
Ao antigo eu,

esteja onde estiver com sua inocência, sonhos e cores, continue exibindo seu sorriso emoldurado de covinhas nas bochechas e transbordando confiança pelos poros. Não deixe o brilho de uma alma cheia de sentimento se apagar tampouco as cores de um coração jovem acinzentarem. Continue com os sonhos, as metas e até mesmo as loucuras. Seja louco e não deixe-se ser engolido pela razão, porque ser racional demais às vezes implica na emoção. Não dê brechas à amargura e espere pela felicidade sem procurar pela fulana. O grande amor da sua vida baterá na sua porta algum dia e você precisa estar esperando com uma boa dose de inocência e uma bandeja repleta de amor, do mais puro amor que já brotou do seu coração. Por favor acabe com o que venho me tornando e me traga de volta à vida porque já tive o suficiente deste estado de morte precoce. Me liberte com as palavras puras e sem pretensões que já tive um dia e agora são inteiramente suas.

ps:Faça, porque eu tenho certeza de que você não gostaria de ser eu, não agora.

R-etalho.

Conta de luz
papel de água
fatura do cartão de crédito
na caixa de correio
nenhuma carta

não lembram da minha existência
meu nome só é grifado em contas
corações não aceleram quando lembram meu nome
somente calculadoras e gerentes de banco

na terra dos valores inversos
me perco facilmente
na espera de algo, ou alguém
que me chame pelo nome
com a boca cheia de sentimentos


N.

O único problema das pessoas, é que elas esquecem de tomar pequenas atitudes de quem se diz capaz de amar. Um simples “bom dia”, é necessário quando se ama. Porque essas duas palavrinhas, podem tornar nosso dia melhor. Uma cartinha cheia de sentimentos, quem ficaria triste em receber? Um beijo na testa é tudo, quando você se sente sozinho. Um abraço cheio de amor, quando a pessoa transborda em dor. Não diga “se cuida”, diga: “vou cuidar de você”. Em vez de criticar, chore junto. Quem não gosta de expor um sorriso sincero por aí? Acredito que todos nós. Então brinque, faça cosquinhas, conte piadas, se faça de bobo, faça qualquer coisa, mas dê vida a um sorriso que pode estar morto há anos. Diga que está com saudade, mesmo quando falar ou ficar com a pessoa 24 horas por dia, ás vezes, é só isso que ela quer ouvir. Brigue, pois uma vida sem brigas, não é vida. Mas saiba colocar cada coisa em seu lugar, sem magoar ambos. Dançe. Deixe a dança e a melodia morar em você. Dê vida a um sonho qualquer. Você pode. Você consegue.
—  Flautiar.