chanel may

jaden smith anime trailer highlights

  • someone losing a tennis match and shattering their racket on the ground as the title overlays
  • “she’s possessed? that sucks..”
  • “TERROR ALERT”
  • the inability to pull any information about the main character, as every new thing he is seen doing only confuses the viewer more
  • the reoccurring sheep herd of pastel-shorted assholes
  • “win? lose? we’ll all be equal in the grave.”
  • a toblerone the length of two babies
  • “I CAN SEE YOU, BITCH. YOU’RE WEARING A BLACK TUXEDO AGAINST A MIDNIGHT BLUE SKY. AND IT’S SPARKLIN’”
  • steve buscemi is in it?
  • what could the line “coco chanel, may her memory be blessed!” possibly mean?
  • “(with a little cocktail in hand) *sigh* no, I feel no synergy.”

I’m super ready for september 22nd

anonymous asked:

"Do you sell outfits for dogs?" "We are a power tool hire company." "So do you?" "... No." "Sigh, thanks for nothing."

Their dog is probably thankful you don’t sell outfits for dogs. Poor things should be naked and free. Let that beautiful fur rustle in the wind. Plus you can’t properly pet a dog that’s covered in some ridiculous Chanel clothes. It may look cute but it’s not practical and probably uncomfortable for them. -Abby

General Present Mic headcanons #1
  • He’s a huge fan of Carrie Underwood. (Before He Cheats is a fucking bop, in his opinion)
  • He tries to be #relatable with the kids by using memes. 
  • In school he went through a Student Artiste™ phase, complete with the beret, bongo playing, and slam poetry sessions
  • He’s half spanish
  • He’s the drunk who will get mad and switch languages, as well as be the crying drunk
  • Watched Neo Yokio and now speaks in Neo Yokio quotes (I,e: Coco Chanel, may her memory be blessed)
  • He’s a great dancer

Pedido: Oii pode fazer um com o Harry, em que eles então em um jantar romântico em um restaurante, aí aparece uma ex dele, que fica provocando a (s/n) e o Harry fica do lado dá ex, mas no final eles se resolvem

           Meu namorado afastou a cadeira para que assim eu pudesse sentar-me. Harry sentou a minha frente e ajeitou os cabelos ondulados que já começavam a cair sobre os seus olhos, posso dizer que amo quando os seus cabelos estavam grandes dessa maneira, amo esses cachos. Sorri para ele sem graça.

- Você está linda. – Harry pós sua mão encima da minha e sorriu. – Na verdade você está linda todos os dias.

           Inclinei-me sobre a mesa para que assim alcançasse seu rosto, e o beijei. Por conta da mesa que infelizmente nós separávamos não pude ir muito afundo, então parei. – Eu te amo Harry.

           Harry resolveu que iria levar-me para jantar hoje à noite e achei sua atitude fofa, já que como ele está sempre lotado de trabalho quase nunca sobra tempo para nós dois, e quando ele tem um tempinho de sobre ele aproveita de todas as maneiras ao meu lado, por isso que a cada dia que passa apaixono-me mais e mais por ele. Ele não parava de falar um só minuto de como ele estava cansado devido aos trabalhos do seu novo Cd, e eu não interrompi, pois eu sei de como ele ama falar sobre os novos projetos dele e sei como ele fica feliz quando eu o escuto e apoio ele sempre.

           Assim que chegou o nosso primeiro prato comecei a comer calmamente enquanto ficava atenta a tudo que ele falava.

- Tenho certeza que vai ser incrível, você se esforça tanto para isso. – Levei o vinho à boca, mas parei assim que vi a ex-namorada de Harry entrando no restaurante junto com mais duas meninas ao seu lado.

           Harry acompanhou meu olhar e engoliu o seco assim que viu Kendall. – É eu espero que esteja tudo bem para você. – Harry olhou para mim.

           Olhei para ele com cara de deboche e sorri ironicamente. – Estaria se ela não fizesse questão de me provocar todas as vezes que ela me visse passar em qualquer lugar. – Coloquei o vinho de volta sobre a mesa e revirei os olhos.

           Harry não conseguiu nem responder e Kendall se aproximou de nós dois e praticamente fingiu que eu não estava ali e abraçou Harry com força e disse algo em seu ouvido e depois se virou para mim e sorriu.

- SApelido, que ótimo vê-la aqui. – Kendall olhou de cima abaixo para mim. – Você está tão… Normal. – Kendall sorriu para Harry e piscou para ele e saiu andando.

           Passei as mãos nos cabelos e os enrolei nas mãos. – Está tudo bem, vamos fingir que ela não está aqui. – Harry pegou na minha mão. – Está tudo tão maravilhoso, não vamos deixar esse detalhe estragar nossa noite.

           Assim que ele terminou de falar praticamente me derreti para Harry e recompus minha postura e respirei fundo, não custa nada tentar.

UMA HORA DEPOIS…

 

           Kendall praticamente me infernizou a noite inteira, mas mantive minha postura já que eu não iria me rebaixar ao nível dela e iria continuar fingindo que está tudo bem, afinal ele está ao meu lado.

           Harry já havia pedido a sobremesa quando vi Kendall se levantando da mesa de ela fez questão de passar na minha frente com aquela taça de vinho tinto nas mãos, senti o exato momento em que aquele liquido roxo escuro pingou no meu vestido branco. Senti meu sangue fervendo dentro do meu corpo, Harry olhou para mim e em questão de segundos minhas mãos estavam nos cabelos da Kendall e o meu corpo sobre o dela enquanto socava o seu rosto, senti alguém puxando meu corpo para trás, mas eu não parava continuava socando o rosto dela até senti o sangue voando em meu rosto.

- Já chega, eu cansei dessa vagabunda. – Minha voz era tão alta que senti minha garganta coçando.

           Harry não disse nada apenas puxou-me para fora do restaurante.

 

           Joguei minha bolsa em qualquer lugar da sala e subi as escadas que da acesso ao quarto correndo, Harry estava atrás de mim. Tentei trancar a porta, mas ele foi mais rápido e entrou junto comigo.

- Não me venha da sermão…

- Estou quieto. – Harry levantou as mãos como forma de protesto. Ele olhou para mim e começou a rir. – Mas aquele soco foi muito bom.

           Comecei a rir junto com o meu namorado. – Okay, da próxima vez eu quero que você tenha em mente que a única pessoa que eu amo e você e um vestido da Chanel que custou mais do que esse apartamento eu posso de dá outro. – Harry sorriu e tocou o meu rosto. – Você é a única que eu amo e sempre amei, não dou a mínima para as outras.