cercamic

Sai desse teu mundinho, dessa tua ilusão de ótica arquitetada pela acomodação. Esses muros que cercam a tua casa não são o limite, acredite. Levanta, ergue a cabeça e se arrisca. Há tanto pra explorar, tanto pra aprender. Escancara o rosto pra vida e vai à luta, confiante. Há mais! Há sempre mais. Abandone o apego à pinturas desbotadas de si, fixadas por um tempo que não voltará. Sinta, apenas sinta o sol se infiltrando na sua pele. Ouça o canto dos pássaros, enquanto um sorriso brota em seu rosto ao se dar conta, enfim, de que a felicidade está logo ali. Além dos muros, à sua espera, te sorrindo de volta.
—  A Better Place.
Algum dia você tem que tomar uma decisão. Erguer muros não mantém as pessoas do lado de fora. Elas te cercam. A vida é uma bagunça, é desse jeito que nós somos feitos. Você pode desperdiçar sua vida desenhando linhas, ou pode viver cruzando elas. Mas tem algumas linhas que são muito perigosas de se cruzar… Mas o que eu sei é: se você tiver a chance de ver as coisas do outro lado… é espetacular!
—  Grey’s Anatomy.
Às três da manhã caiu a primeira lágrima, cinco minutos depois eu já não sabia quem eu era, a tristeza diluída que escapa por meus olhos enfermiços tem a capacidade única de me deformar. Eu não sei porque choro, não imagino porque sinto tanto, as coisas que me cercam não deveriam me importunar desta maneira. A quem recorrer neste momento? Às três da manhã só as putas e os poetas estão acordados e eu não quero encontrar ninguém que possa foder comigo. Busco o espelho, mas ele não me conhece, eu não me conheço, quem eu era antes deste rio invisível sangrar? Eu sinto medo do pranto, muito mais do que sentiria da dor, da angústia, do desprezo, da incompreensão. Sinto medo porque ele revela um homem que não costumo ser, um homem que por alguns instantes parece ser humano, frágil, real, incapaz… As lágrimas me arrancam as máscaras, o dilúvio implacável que escorre por meus olhos arrasta tudo o que não faz parte de mim. Nenhum homem é capaz de negar sua dor enquanto chora. Não serás capaz de mentir, negar o próprio sofrimento, se teus olhos involuntariamente derramam tudo aquilo que não pode se tornar palavra. Às três da manhã eu chorei. Às três da manhã eu me despi de mim mesmo. Às três da manhã… De um dia que foi ontem, de uma madrugada que será hoje, de uma realidade que também será amanhã.
—  Gabriel Vargas
⚓ Status: Variados parte 4

* Acima de tudo, nunca pare de acreditar.

* 50% de alguma coisa é melhor do que 100% de nada.

* A luz que me guia é bem mais forte que os olhos que me cercam.

* Exalando energia positiva.

* Vai na fé, não na sorte.

* Tempestade somente de coisas boas.

* Não há dias cinzentos para quem sonha colorido.

* O que não te desafia, não te faz mudar.

* Sou alérgica a pessoa negativas.

* Só o tempo ensina a viver.

* Sorria, mesmo com problemas, mesmo sem motivos.

* Deixa o que te faz feliz chegar e revestir.

* Sorriso sincero é aquele que você não consegue controlar.

* Esquece e segue em frente, o tempo já é outro.

* A vida não tem que ser perfeita, só tem que ser vivida.

* Exercite sua fé.

* Abençoada demais pra reclamar.

* Na melodia da minha vida, Deus é a nota mais bonita.

* Errar, superar, aprender e recomeçar.

* Nada é errado se te faz feliz.

* Lutamos de pé mas é de joelhos que temos a certeza da vitória.

* Aponta pra fé e rema.

* Se a onda não tem futuro, nem rema.

* Aprecie as coisas simples da vida

* Os obstáculos existem para ver até onde vai sua fé.

* Momentos felizes merecem horas extras.

* Sonhar, viver e todo dia agradecer.

E chega uma hora em que você percebe que está tudo errado, que você fez tudo errado. Você percebe que o tempo todo você esteve pensando errado, e dando valor às coisas erradas. E por isso toda a sua vida ficou errada. E você passou a vida toda achando que a vida era errada com você, quando na verdade você quem estava errado com a vida. E no meio de todos esses erros você se perdeu, e agora tudo a sua volta é um desastre. E você se pergunta: Como voltar atrás? Como fazer diferente? Como desfazer tudo que eu fiz de errado? A resposta é não, você não vai voltar atrás. E sim, você pode fazer diferente. Os seus erros pesam e te cercam, mas você é maior do que os seus erros. Você não é a sua parte ruim. O bem que existe em você sempre vai ter outra chance de espalhar o bem, e nunca é tarde pra fazer o que é certo. Então levante-se, siga, tente, o bem só não é possível quando você desiste de fazê-lo.
—  Aluador.
Ela é de libra e não sabe como alguém pode ser mau humorado com um Sol desses do lado de fora, ela fala muito e fala sobre tudo, não sabe ser sucinta em explicações precisa contar todo o seu dia para finalmente chegar ao ponto do porquê brigou com a sua mãe, como se o frango que ela comeu no almoço tivesse alguma ligação com a discussão que ela teve depois sobre para onde ela iria viajar nas férias. Ela dá atenção porque gosta de ouvir histórias e nada além. Ela é fã de surpresas e desses pequenos prazeres que a vida pode nos dar, como comer, ela ama comer. Ela é sonhadora. Ela precisa de alguém que ponha seus pés no chão e mostre que a vida pode ser amarga às vezes, mas por favor, nunca corte suas asas, lá em cima é onde ela se sente em casa. Ela é aberta à opinião, admira a inteligência alheia e sabe enaltecer as qualidades das pessoas que as cercam, ela vê o que há de melhor em cada pessoa e dificilmente guarda rancor, perdoa mancadas, irreleva erros, ignora quem não gosta dela e não são poucos. Esse jeito descontraído e leve causa inveja, como alguém pode ser assim nesse mundo todo errado? Essa é a maior graça dela, ela não liga para os erros, acredita que as qualidades compensam, sabe que depois da chuva vem o Sol. Ela precisa de ajuda para escolher a roupa que vai sair, o prato que vai comer e o filme que vai assistir. Não sabe o que quer na vida, mas sabe que quer ser grande, uma grande arquiteta, uma grande publicitária, uma grande modelo para todos. Ela sonha grande sempre. Ela quer ser grande, mas gosta de passar desapercebida, ela é graciosa sem chamar muita atenção, linda sem causar comentários, ela vem do nada e muda tudo. Ela é de libra e provavelmente só está lendo esse texto porque viu o título. Ela prefere ouvir música. Conquista com o jeito de falar. Sua felicidade irá te contagiar, ela é cura para depressão, por vezes tenho vontade de colocá-la em um pote tamanha a felicidade que essa garota, exala. Ela transmite sorriso pelos poros, sério.
É impossível ficar triste perto dela.
—  Notas sobre ela, libriana.

Precisamos falar sobre as grandes coincidências que nos cercam.
(Tá tudo bem, juro)
Quando eu era mais nova via nos cometas uma infinidade de sonhos, eu amava ver estrela cadente, mesmo nunca dando tempo de concluir os pedidos. Iam sempre incompletos.
Por culpa minha e não do destino, não do cosmo, não dos astros.
Fiz assim com você também Ana, te adiei, recuei das ondas
e não foi só pela insegurança presente nos genes
foi por esse espaço que sobra aqui, que eu não gosto.esse receio de não sei o que.

Agora deságua o Atlântico dentro de mim. E tem tanto tempo. Me pergunto
O que é que eu sou?
Esses caminhos inversos que eu traço, essa voz presa. Esse medo.

Controlo o choro, mas to perdida, que grande cena.

Ribossomos, insuficiência

Esta noite tive um sonho, e nesse sonho eu era assim como sou agora: triste, angustiado e deprimente. Que doce sonho eu tive! Não há nada mais prazeroso do que fechar os olhos, e mesmo inconsciente, ainda conseguir se reconhecer. Não pense que é um pesadelo ser assim como eu sou, em nada me incomoda saber que no mundo onírico eu vejo detalhadamente o homem que criei com os pés no chão. Terrível seria se eu fosse como os que me cercam, seres humanos estagnados na mesmice, rindo das mesmas tolices, condenando arduamente toda e qualquer dialética, com línguas delicadas que nunca provaram uma ironia. São abomináveis os pés que apressam a própria morte achando que estão buscando a vida, e os olhos que veem horizontes que não existem, são quase sempre os olhos que não veem a dor alheia e não alcançam os medos que transbordam dos túmulos que ainda respiram. Eu não quero viver como eles, eu não quero morrer como eles. Não quero comer um pão que tem gosto de sangue, não suporto a ideia de que me sugarão até a última gota de vitalidade e depois dirão que isso é necessário para a vida. Que espécie de filho da puta, acorda todos os dias a mesma hora, repete as mesmas ações, encontra os mesmos rostos e ainda assim diz a todos que é feliz? Que diabos de vida é essa que nos oferece mais e mais razões para se aproximar da morte? Maldito pesadelo que tantos chamam de sonho… Isso me assusta… Isso me dá medo… Isso me atormenta gradativamente, todos os dias, a cada instante em que lembro que nossos olhos foram arrancados pelas ilusões consumistas e a tola necessidade de receber aprovação de uma sociedade racionalmente falida. O mundo te dará uma escada e despertará a encantadora quimera de que tu podes ir mais alto, mas quando subires um degrau, ele te fará descer dois, e na repetição ininterrupta deste ciclo ilusório, pouco a pouco tu se aproximarás do abismo, até que entres em queda livre e não haja mais salvação. Por isso, eu não viverei como eles, eu não morrerei como eles. Queimem o meu corpo, façam-me novamente pó! Na morte, não servirei de adubo para a flora que eles futuramente derrubarão, eles não assistirão minha queda! Pois eu, filho da inquietude, da incompletude e do desassossego, nasci e darei meu último suspiro no chão.
—  Gabriel Vargas
Sabe Deus, eu venho precisando tanto andar contigo. Eu sei que meus tropeços me fazem parar no caminho e sei que como o bom Pai que és, Tu olhas pra trás, estendes a mão e me espera até que eu a segure e prossiga caminhando contigo. E tem aquelas vezes que eu caio e Tu mesmo me levantas e me carregas no colo. Ah Pai, Tu melhor do que ninguém sabe cuidar tão bem de mim. Mesmo quando eu desvio e saio da trilha que traçaste pra mim, Teu amor me alcança e me constrange e me faz voltar. Eu sempre volto para os Teus braços Pai, mas como eu queria nunca ter saído deles. Lá fora tudo pode até ser bonito,  mas se torna frio e vazio. Perto de Ti tudo transborda, aquece e encanta, tudo é perfeito. Em tua presença é onde eu sempre devo estar, é onde o teu amor me inunda, tua paz me invade, tuas asas me protegem, teus olhos me cercam e teus braços me envolvem. Eu preciso andar contigo Pai porque é o melhor pra mim.
—  Curastes, sobre andar com Deus
As mulheres que mais irão marcar a sua vida são as chatas. Também chamadas de loucas, ciumentas, bipolares, confusas, esquisitas. As chatas te ligam de madrugada cobrando algo que você fez na semana passada, elas brigam contigo, olham feio para a mulherada que está em volta de você, as chatas fazem cara feia, batem o pé, fazem bico, batem boca contigo sem pensar nas consequências e principalmente são ciumentas. Mas vou te perguntar uma coisa: quem não gosta de se sentir desejado?
Uma mulher que não te procura ou não está nem aí para você ou tem medo de te perder e prefere fingir que não viu ou ouviu nada, não tem identidade! As chatas podem incomodar, mas estão ali do seu lado em qualquer situação, não ligam para sua conta bancária ou quantos carros têm na garagem, elas te cercam tanto que não deixam que nada de ruim se aproxime de você. Elas podem ter seus defeitos mas fazem tudo para ser perfeitas, não pedem desculpas e são marrentas, porém se tratá-las bem são as pessoas mais doces que irá conhecer… Então valorize aquela mulher que bate o pé, xinga, teima, porque essa mulher sim, está dando valor para o que você é!
—  Pedro Bial
Hoje é o penúltimo dia do ano e eu me sinto tão triste como se toda a carga que eu suportei por meses não fizesse mais sentido eu carregar. Sinto uma tristeza tão profunda, impregnada com uma vontade tão grande de chorar sem parar, embora eu não deixe nenhuma lágrima cair, chove, dentro de mim, como se nunca mais fosse parar de chover. Eu tenho sido forte por tantos anos, mas a cada ano eu me sinto ruir mais e a cada minuto da minha solidão eu penso em uma forma nova de suicídio. Eu não sou feliz. Talvez, nunca tenha sido. Eu sorrio para agradar as pessoas que me cercam, para que não se sintam infelizes também ou culpadas por minha depressão, mas, por dentro, tudo sangra, tudo se desconfigura, os estilhaços, dentro de mim, se chocam cada vez mais, fazendo a minha alma gritar em silêncio. Eu estou só e sinto tanta saudade de pessoas que nem lembram mais de mim, saudade que queima os olhos em vontade de chorar, saudade que aperta o peito e faz eu perder o ar aos poucos. O celular não toca, nenhuma mensagem chega e a caixa de e-mail está empoeirada. Esse vazio é um enorme buraco em meu peito que me sufoca e faz com que eu sinta que nunca mais vou me sentir bem na vida. Vida esta que já se tornou morte. Eu nunca me senti tão sozinho como me sinto nesse exato momento. Esse é o penúltimo dia do ano e eu não queria existir.
—  30 de dezembro de 2016, O Mundo Cinzento.
Eu não sei o que aconteceu. Quando eu parti minha essência ficou. Eu não simplesmente abandonei amigos e familiares, não. Eu abandonei a mim mesma. Tons de cinza me acordam no meio da noite, eu tento gritar no silêncio que me mata mas já faz tempo que perdi minha voz. Já não sinto o calor do sol, nem o frio das noites de inverno. Durante a noite tenho pesadelos, vejo os monstros que me cercam durante o dia.
Felicidade não passa de uma lembrança borrada, esquecida no meu subconsciente. Tenho guardados em minha memória todos os momentos felizes, mas não consigo lembrar do calor da felicidade.
Não sinto tristeza, nem felicidade. Não estou deprimida, eufórica tampouco.
Não sinto. Não estou. Não sou.
—  Anna Maia
Bios para instagram (Twitter)

“No final é tudo louco de alma pura…”

“Brilhando em vida, sorrindo a toa…”

“Sonhar, viver e todo o dia agradecer.”

“Espera que o sol já vem…”

“Não há mentiras nem verdades aqui…”

“Crescer, evoluir e manter as bases fortes!”

“Te sugiro doses de bom senso e maturidade!!!”

“Tudo vai acontecer no tempo certo…”

“Linda flor que não se acha na floricultura…”

“A luz que me guia é bem mais forte que os olhos que me cercam!”

“Seja o amor da sua vida.”

“Ela é tão ela, e as outras são todas iguais…”

“Nas curvas de uma mulher só se curva quem ela quer.”

“Que me traga paz ou me deixe em paz.”

“Cada inimigo seu vai te aplaudir de pé, quando o seu escudo for o seu olhar, e sua espada for sua fé.”

“Porque toda lua tem suas fases e essa foi a mistura de todas.”

“Se benze porque a sua felicidade vai ofender muita gente.”

● se pegar dê like ou reblog

Noite que revele

Quero sentir o gosto da tua boca
No sal quente da minha pele
Quero na escuridão profunda
Tudo entre nós se revele

Que não haja medo, nem peso
Nem passado nem futuro
E que se houver um pesadelo
Seja o nosso vício do escuro

Quero sentir o teu perfume
Misturado ao sal que ora ferve
E que todos os nossos mistérios
Nem a luz da manhã revele

Que os toques sejam cegos
Que os gritos sejam surdos
Que as paredes que nos cercam
Sejam mudas como túmulos

Quero sentir o teu abraços
Como despedida, até em breve
Até outra noite você retorne
Com a escuridão que te revele


Edison Botelho