cender

ilkokulda arkadaşlarla kurtlar vadisi müziğinin melodisiyle saçma sapan şarkılar söylerdik.şimdi bu yazacağımı o melodiyle söylemeye çalışın bi : cendere cendere düdüklü tencere pimapen pencere evinizde x2
trans-cender

eu queria muito que

meu corpo definisse os meus desejos

minhas ânsias de quase vômito

vômito porque é para fora e é de dentro


como se pudesse ser diferente

nada do que pode ser transparecido

é, na realidade, o que sinto

porque preciso me adequar

à essas questões que me impedem de ser

o que nada me convence que não sou


não é questão de leitura

porque não há restrições de quem pode ver

sentir meu ar exalar com as palavras que tanto quero

causar


quando o medo passa e o corpo não mais se magoa

parece que minha pele

finalmente

colou em minha alma no mesmo encaixe

parece que minha pele

é um manto sagrado em que me sinto quente e em casa


não é tão difícil de entender

que se queira mudar

mudar para o que já se é

como se todas as minhas células gritassem algo que ninguém consegue ouvir

porque a epiderme é um isolamento acústico, que nada deixa

trans-passar


mas teve uma noite dessas que consegui romper a barreira do som

fui até a lua sorrindo e voltei

viram o brilho refletindo em minha pele real

real de verdadeira

real de sagrada

porque agora me vestia e me possuía por inteiro


a gente consegue ser muito mais do que pensam que somos

porque há um universo dentro de cada um

que não pode ser abafado sem morrer e virar

um buraco negro.


esse universo

faz de nós

únicos

e vivos.

tomar posse dele

empoderar-nos

e sentí-lo em cada movimento

que somos nós

em nossa mais íntima essência

sem pudor

sem dor.


santhi

Oğul-ağaç

oğulsun ağaçları bir idam, urganı dar cendere, kılıcı cam Bedreddinem. İsasız rahimde midir çarmıhım yoksa ayeti yara olan bir Tanrı'da mı? Boğumsun kefenleri bin beyaz, ipliği yağsız pus, tende yüz fersah Mansuram.