carotida

One life for another|| Felanna

Tres dias ja haviam se passado e Anna ainda vagava meio perdido pela floresta, conseguiu despistar por um tempo os capangas de Felipe que a seguia, mas naquele dia era melhor ter tido eles por perto.
John havia descoberto por rumores de alguns vampiros que Anna estava novamente desprotegida do principe Felipe.Com isso logo que pode a encontrou na floresta para terminar seu servico vingativo de anos.-Parece que alguem esta sem protecao…-Andava em volta dela com um pedaco de metal na mao.-Achou mesmo que se escoderia de mim por muito tempo?-Anna pensaa em correr mas saberia que ele a alcancaria e tornaria aquilo mais doloroso, depois do que Felipe havia feito, sua vida nao parecia mais sentido, alem de nao ter para onde voltar.-Termine logo o que voce comecou John!-Diz com um no na garganta dando um espaco ao seu pescoco para que ele a suagasse por inteiro.-Ah … nao querida, nao sera assim.Voce foi a que me deu mais trabalho, sera de um modo especial…-Sorri olhando para o ferro em sua mao.Anna logo percebe e por um momento o medo tomou conta de si,mas continuou calada.-Ah… a noite em que sua mae gritou quando perfurei bem fundo a carotida dela, aquele sangue perfeito escorrendo pelo chao…hum… o gosto estava maravilhoso.-O medo que antes a dominava sumiu com toda a raiva que passoua sentir.Com o instinto atirou -se em cima dele o enchendo de tapas.-Seu desgracado!Matou minha familia!-Dizia mediante a raiva e o choro que vinham juntos.-Isso agora voce torna as coisas mais diertidas par MIM!-Balbuciou ele e sem perder tempo, enfiou todo o ferro dentro da barriga dela a matando.-Apenas um grito se ecoou por toda a floresta.-Acho que terminei meu servico.-Disse lentamente no ouvido dela, deixando o corpo ali no chao e sumindo.-O grito foi o suficiente para que os vampiros ajudantes do Felipe encontrasse o local onde estavam o corpo.Pasmos, o minimo que poderiam fazer era levar o corpo da garota de volta para Nyx, e foi o que fizeram.A deixaram em cima de uma mesa com o corpo coberto por uma manta e logo chamaram Felipe, abrindo a porta do local e o deixando la sozinho com o corpo coberto.