calcanhar de aquiles

Quando alarme da maturidade toca, passamos enxergar tudo de uma forma mais ampla, percebemos quanto tempo perdemos com futilidades. Somos incentivados desde crianças a vencer competições individuais e nunca ensinados o quanto é  bom conquistar coletivamente. No primeiro momento olhamos para a maioria das pessoas como em uma análise de jogo, procurando um ‘Calcanhar de Aquiles’ e nem uma virtude se quer, construimos um adversário antes mesmo de um amigo. Conquistamos tudo e nos tornamos nada.