caitlinn

I was so worried about you. (Ethan&Cait)

O suco de abóbora desceu pela garganta rápido demais, enquanto que, com o indicador, ele desenhava linhas imaginárias sobre a mesa de madeira. Era hora do jantar, e ele não havia visto a jovem lufana o dia inteiro. A certeza de que algo estava errado viera após Caitlinn não aparecer no intervalo entre as aulas, no lugar e hora em que haviam combinado outrora. Não costumavam se encontrar durante o dia, mas ele havia marcado o encontro porque havia comprado algo para ela e queria entregar. Parte da preocupação só foi embora quando recebeu a notícia de que ela estava na ala hospitalar pela melhor amiga desta, que, por ser puro sangue não chamou atenção ao sussurrar ao ouvido do sonserino durante o café da tarde. Daquela hora em diante, ele havia ficado ansioso para saber o que havia acontecido pra que ela fosse hospitalizada, já que não costumava estar na ala hospitalar com frequência. E antes mesmo de terminar o café estava decidido a visitá-la. Quando o jantar terminou e aos poucos os alunos foram deixando o salão principal, ele não perdeu tempo e tomou o caminho em direção ao salão comunal da Sonserina; voltou ao dormitório apenas para executar algumas tarefas, e quando o recinto estava vazio e a passagem livre, ele se dirigiu à ala hospitalar. Tomou o cuidado de andar pelos corredores sem a luz da varinha, e ao parar à frente do ambiente que estivera buscando, ele atravessou a porta e se dirigiu à cama sobre a qual estava Caitlinn. “Juro que se me assustar de novo dessa forma eu mesmo mando você pra cá, ok? Ok.” Depositou um beijo sobre a testa feminina ao se certificar de que estavam sozinhos. Talvez a curandeira não demorasse a retornar, mas poderia inventar qualquer desculpa caso ela aparecesse.