caio fernando abreu e clarice lispector

Não mereço uma pessoa que não sabe o que quer. Mereço certezas. Mereço que seja recíproco. Não quero alguém que me bajule o tempo todo. Não precisa abrir porta de carro, oferecer diamantes, pagar o jantar. Só precisa ser sincero. E real. E, principalmente, se entregar por inteiro. Porque não estou aqui para receber metade de nada.
—  Clarissa Corrêa
Eu conheci razoavelmente bem Clarice Lispector. Ela era infelicíssima, Zézim. A primeira vez que conversamos eu chorei depois a noite toda, porque ela inteirinha me doía, porque parecia se doer também, de tanta compreensão sangrada de tudo. Te falo nela porque Clarice, pra mim, é o que mais conheço de grandioso, literalmente falando. E morreu sozinha, sacaneada, desamada, incompreendida, com fama de “meia doida”. Porque se entregou completamente ao seu trabalho de criar. Mergulhou na sua própria trap e foi inventando caminhos, na maior solidão.
—  Caio Fernando Abreu. 
Eu sei que isso parece improvável agora, até meio sem sentido, e talvez soe imponente da minha parte afirmar com tanta certeza que você vai querer voltar no tempo, mas no dia em que você me encontrar desfilando pela rua de sorriso de orelha a orelha e braços dados com outro cara cê vai perceber que era pra ser você ali. E que no fundo cê queria que fosse. Você vai olhar pra ele e sentir raiva por não ser você quem recebe os meus beijos de boa noite, nem minhas cartas de amor ou o meu sorriso apaixonado. Vai sentir raiva porque não vai mais ser você o dono dos meus pensamentos e do meu olhar e do coração que eu guardo aqui no peito. Não vai ser você. Mas vou ser eu, ali na sua frente vivendo com outro o que você sempre quis viver comigo e nunca se deu conta. E quando a ficha cair e o mundo fizer sentido, já vai ser tarde demais pra voltar atrás e eu vou amar te ver lamentar por tudo o que você me fez.
—  Gabriela Freitas
— Os seus olhos.
— O que tem eles?
— Nada… Eu só gosto.
— Gosta?
— É.
— Mas eles não são azuis como o mar ou aquele verde intenso, eles são…
— Uma floresta.
— O que?
— Uma floresta. Seus olhos são castanhos, mas não são escuros. E tem algumas algumas partes que são verdes. Me lembram uma floresta, calma, mas misteriosa.
—  Jhena Ferreira
Aí eu paro e penso: com você, só com você, eu imaginei tudo assim. Todas essas coisas de romance bonito de filme, casamento, família, viagens, cachorros, canários, papagaios. Por quê? Porque eu te amo. Porque eu te quero. Porque eu nunca senti por ninguém nada perto do que sinto por você. Porque ninguém fez com que eu me sentisse assim, entregue, na corda bamba, com esse gosto de felicidade na boca.
—  Clarissa Corrêa
Não sei como esse amor nasceu dentro de mim, e muito menos como ele domina todo o meu coração. Pode ter sido de repente, meio que sem um porquê ou uma razão. Mas, também pode ter acontecido devagar, dia após dia, um pouquinho a cada segundo. Ou pode ter sido uma mescla dos dois. Eu sabia que meu coração seria teu desde o primeiro instante em que te vi, mesmo negando, sabia que cada cantinho desse meu pequeno coração seria seu. Mas foi no dia a dia, em certos momentos, em algumas palavras e versos teus que eu tive a certeza: é ele. Foi nos meros detalhes que eu vi o seu eu de verdade. Foi nas músicas que eu descobri a paz que sua voz pode me proporcionar. Foi em tuas brincadeiras e palhaçadas, que eu descobri o amor mais lindo que alguém pode conhecer. Foi em cada detalhe do seu corpo, desde a imensidão do azul do seu olhar à cada pintinha que te enfeita, que eu descobri que o que eu sinto é puro e verdadeiro. É doce, mágico, pacificador e é bondoso. Você, a cada dia que passa me mostra que vale a pena a continuar lutando por você. Lutando pelo seu abraço, pela sua voz, pelo seu olhar ao meu, lutando pelos seus sonhos e, principalmente pelo meu. A cada dia que passa, você me dá a certeza que entreguei meu coração para a pessoa certa! Eu amo você. Amo com toda essa minha loucura, com todos os meus surtos, com toda minha felicidade; amo você com todo meu amor. Obrigada por ser quem você é e obrigada por me fazer tornar quem sou.
—  Jhena Ferreira
Agora é assim, primeiro eu. Quem não gostar das regras, não joga. Tô feliz, acredita? Olha só a ironia, fui buscar o amor e já tinha. Fui tentar ser feliz e já era. Fui tentar me encontrar e me perdi. E, que loucura, precisei me perder pra me valorizar. Coração vazio e sorriso cheio, que assim seja.
—   Tati Bernardi. 
Frases/Status ♥

Tanta gente falando de amor… E poucos sabendo amar.

Se afastar é necessário quando estar perto ja não te faz tão bem assim.

Arte de sentir e não dizer, essa eu domino.

Pior que enganar é se enganar.

A vida é maravilhosa, quando você não tem medo de viver intensamente.

As pessoas reciclam até as palavras.

Às vezes precisamos sacrificar certas coisas para sermos felizes

A Clarice Lispector é meu lado fofo. A Tati Bernardi é a minha revolta. E o Caio Fernando Abreu? Ah, o Caio simplesmente me conhece e sai contando de mim por aí.

A arma dos fracos é criticar os fortes. A arma dos fortes, é ignorar os fracos.

Vai devagar… Pensa duas, três, quatro, quantas vezes forem necessárias pra não fazer bobagem.

Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada

Tanta gente passa pela gente, mas tão pouca gente realmente fica.

Sem apego. Sem melancolia. Sem saudade. A ordem é desocupar lugares. Filtrar emoções .

As pessoas criticam, porque criticar, é mais fácil do que fazer melhor.

A simpatia, bom senso, compaixão, piedade, e amor ao próximo tem se feito extinta entre os povos. Lamento por você e seu coração, cheios do vazio.

Cuida do teu coração, cuidado com quem você deixa entrar.

No fim de tudo a gente fica se perguntando: Porque não deu certo? E a resposta clássica e indiscutível: Não era pra ser.

Quando algo de bom acontece em sua vida, você começa a ligar os pontos. O que ficou para trás, tinha que ter ficado.

Coisas boas, por favor, aconteçam.

Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença.

Sábio é o ser humano que tem coragem de ir diante do espelho da sua alma para reconhecer seus erros e fracassos e utilizá-los para plantar as mais belas sementes no terreno de sua inteligência. 

Para aqueles que lhe desejam todo mal , deseje todo bem. Cada um só pode oferecer o que tem.

Só lembre-se de que, às vezes, o que você pensa de uma pessoa, não é o que ela realmente é.

Faz bem não se entregar totalmente logo de cara. Se arrisca mais, por você. Tenha coragem para dizer tudo que tens aí guardado.

O amor é a paz de Deus que nunca acaba.

Largue desse medo, e corre atrás do que você quer.

Você tem uma voz. Use-a, não deixe que as pessoas falem por você.

Coragem é quando você sabe que não vai dar certo, e mesmo assim tenta.

A palavra é meu domínio sobre o mundo.

Fé, em quem realmente faz a diferença , é isso que faz a diferença.

Não diga “agora é tarde”, nada é tarde nesta vida, não enquanto estivermos vivos.

Só me fala que vai me aturar. Aturar todas as minhas crises de ciúmes, meus momentos - não tão raros - sem paciência, as minhas desconfianças e meus surtos de insegurança. Aturar meus dramas, minhas teimosias, minha arrogância, minhas piadas sem graça e o meu não-romantismo. Aturar todos os meus tipos de provocação, meu amor por outras pessoas, minhas mudanças inconstantes de humor e de temperamento. Aturar minha mente confusa, minha memória irritante, minha sinceridade exagerada. Aturar quando eu falar que te amo mais e também quando eu não falar que te amo. Aturar e segurar tudo não por mim, nem por você… Mas por nós.
—  Tati Bernardi
Ela é exatamente como os seus livros: transmite uma sensação estranha, de uma sabedoria e uma amargura impressionantes. É lenta e quase não fala. Tem olhos hipnóticos, quase diabólicos. E a gente sente que ela não espera mais nada de nada nem de ninguém, que está absolutamente sozinha e numa altura tal que ninguém jamais conseguiria alcançá-la. Muita gente deve achá-la antipaticíssima, mas eu achei linda, profunda, estranha, perigosa. É impossível sentir-se à vontade perto dela, não porque sua presença seja desagradável, mas porque a gente pressente que ela está sempre sabendo exatamente o que se passa ao seu redor. Talvez eu esteja fantasiando, sei lá. Mas a impressão foi fortíssima, nunca ninguém tinha me perturbado tanto. Acho que mesmo que ela não fosse Clarice Lispector eu sentiria a mesma coisa. Por incrível que pareça, voltei de lá com febre e taquicardia.
—  Caio Fernando Abreu sobre Clarice Lispector
Eu conheci razoavelmente bem Clarice Lispector. Ela era infelicíssima, Zézim. A primeira vez que conversamos eu chorei depois a noite toda, porque ela inteirinha me doía, porque parecia se doer também, de tanta compreensão sangrada de tudo. Te falo nela porque Clarice, pra mim, é o que mais conheço de grandioso, literalmente falando. E morreu sozinha, sacaneada, desamada, incompreendida, com fama de ‘meia doida’. Porque se entregou completamente ao seu trabalho de criar. Mergulhou na sua própria trap e foi inventando caminhos, na maior solidão.
—  Caio F. Abreu, sobre Clarice.
aprendi muito cedo que as pessoas mentem não quero generalizar mas de 90% de pessoas que conheci   me mentiram e me decepcionaram então aprenda nao confie em todos uma hora vai aprender que as pessoas sao falsas e nao dão valor
—  Marcelo Zaluski
Claro que eu adoro minha casa, meu cachorro, meus amigos, meus livros, viagens, músicas. Tenho uma vida ótima. Mas nenhuma dessas coisas se compara ao prazer que eu tinha ao ouvir o barulhinho de uma mensagem dele chegando. Ou de quando o telefone tocava e eu sabia que era ele e o meu coração disparava tanto que eu tinha medo de morrer antes de falar: alô.
—  Tati Bernardi