caem

Hoje estou naqueles dias,
Que nada mais faz sentindo,
Se um carro me eclodir no meio da rua,tanto faz tanto fez,
Quando olho para o céu e vejo apenas nuvens,
Quando olho para a lua vejo apenas uma rocha.

Não é fácil,ver que tudo deu errado,
Que caminho para uma direção mas nem sei qual,
Que os afetos que me rodeiam são escassos,
Ou falsos,
Que a vida realmente não faz o menor sentido,
Nem propósito.

Hoje estou naqueles dias em que tomo o café sem açúcar,
Que as lagrimas já caem secas,amarguradas,
Que meus dedos se afiam de tanta escrita em vão,
Quando percebo que não tenho um cais,
Nem para onde fugir.

Esses dias são complicados,
Sem açúcar,
Sem afeto.

-MCPC