cachorro mendigo

Quais as melhores coisas a se fazer para enfrentar uma segunda-feira: ser rude, arrogante, ignorante, maldoso, agredir as pessoas, chutar cachorro, tacar fogo em mendigo, cometer suicídio ou ser ‘feliz’ e tratar todos bem?

Mas eu demorei aprender que somos estações de trem por onde passam pessoas todos os dias; todos os anos. Algumas passam depressa, outras passam mais devagar e há ainda aquelas que ficam por mais tempo, a gente até pensa que elas irão ficar, mas em algum momento terão que partir também, ou porque querem ir ou porque a vida as leva a força, o fato é que ninguém fica na estação, mesmo que peçamos, mesmo que ela diga que irá ficar; ninguém fica pra sempre, só conseguem adiar sua ida, mas todos se vão, ninguém permanece na estação, nem mesmo os cachorros e os mendigos. Todos partem.
—  Está tudo bem.
Não gosto de sair na rua com a minha mãe ela dá oi pro padeiro, pro vizinho, pro mendigo, pro cachorro que tiver passando na rua. Enquanto eu fico esperando com cara de paisagem