cabum ' '

5H — performance
  • Me: JESUUUS we all need jesus, 5H how could you do that ?!😂
  • Ya'll dressed like angels then CABUM that oufits Thooooo
  • HOLY WATER COME TO ME
  • *starts dancing like a possessed person*
  • Mom: What the hell are you doing ??????
  • Me: just dancing, bc mom, 5H SLAYEEEEED
  • Mom: who's that?
  • *shook*
  • Me: mami you're not serious are you? We are always Always singing they're songs!!!
  • Mom: who?
  • *inner me*
  • Me: bitch thaaaaa fuck
  • *Real me*
  • Me: mami, las chicas que cantan, que tienen el nombre de fifth harmony, ellas an ganado muchos awards y son mucho amables... ( yes i talked spanish even tho we are portuguese)
  • Mom: ok, i love you
  • Me: love you too, now lets watch them
E antes que eu fique sozinho mais uma vez, eu preciso destrancar todas estas palavras presas no fundo da minha garganta. 
Primeiro, eu tenho este grande desastre pessoal em não saber demonstrar os sentimentos nas horas necessárias, eu repilo tudo que me é bem-vindo, como se eu não fosse apto aos bons sentimentos. Talvez eu tenha criado uma autoproteção, por nunca conseguir distinguir o autentico do falso. Não faço por mal, é involuntário.
Segundo, eu sou como um campo minado, diferente de uma bomba relógio que tem hora marcada para explodir; eu sempre me autodestruo nos momentos mais inoportunos, não suporto que me façam mal, basta que alguém me pise em falso e CABUM, mando tudo pelos ares e afasto ainda mais as pessoas. 
Terceiro, mesmo eu demonstrando uma total repugnância para com as pessoas que me rodeiam, eu preciso delas tanto quanto preciso de mim, pois, mesmo sendo solitário, eu não consigo viver sozinho. Sou como um pássaro que alça voo em plena solitude, mas está a mercê dos ventos para voar tranquilo. As pessoas me são como o vento, por isso me encontro sempre perdido, voando contra elas.
E mesmo que eu diga que cansei de tudo, que não quero mais nada, eu ainda transbordo esperança e queimo fogos de artifício por dentro quando alguém ultrapassa toda esta muralha protetiva.
Meu único problema é não saber o que fazer após isso, pois sempre acabo sendo uma decepção, sempre acabo cobrando muito, querendo muito, sem mensurar meus almejos, e nunca me satisfaço. 
Mas sou assim mesmo: um desajuste emocional.
A vida sempre me distribuiu as cartas, eu que nunca soube jogar.
—  Jadson Lemos. 
Bomba interior

isso é sobre como falta pouco para essa bomba interior explodir. isto é pra dizer que sufocar não tem sido a melhor forma de fazer passar. isto é pra te mostrar que deixarei de existir em poucos segundos. isto é pra dizer que virar um nada não é opção, era a última escolha que eu poderia fazer. isto é pra lembrar que não só essa minha bomba interior irá explodir, como outras já estão explodindo por todo universo. isto é pra relatar que estou um caos. isto é pra dizer que estou sofrendo um colapso. isto é pra dizer que explodir é o mesmo que morrer.
isto é pra dizer que isso é meu último suspiro, último verso.
os segundos do relógio se aproximaram a zero.
e cabum!
explodi aqui, ali.
o som barulhento me descrevia
pois o silêncio já nem cabia em mim.

e.c