brends1

  • Beautiful
  • Christina Aguilera
  • Stripped
Play

Ei, garota, é, você mesma que está lendo isso. Me faça um favor ? Aperte play e não pare, não pare por mais que uma lágrima vá de escorrer ao seu rosto, por mais que pensamentos passados incubram sua mente, por mais que pessoas indesejáveis venham a aparecer em seu pensamento. promete ? Então vamos lá. Está ouvindo essa música ? O nome dela é Beautiful, a tradução dela consiste em dizer que você é linda, independente de tudo, você é linda. E sinceramente ? Você é. Essa música me inspirou para fazer coisas que eu julgava ser impossíveis, ela me inspirou a passar por cima de todos os meu problemas de cabeça erguida. E você ? Qual problema você tem de enfrentar agora, minha pequena ? É o amor não correspondido ? Ou o amor correspondido de forma errada ? É o problema na família ? É o problema na saúde ? São os amigos falsos ? Me diz pequena, por que choras todas as noites abraçada em seu travesseiro ? Por que espera ligar o chuveiro para se derramar em lágrimas ? Por que, pequena ? Já se olhou no espelho ? Já ? gostou do que viu ? Não ? Esses seus olhos, que estão lendo isso agora, parecem cansados e exaustos, andou chorando, minha pequena ? Pois ele são lindos, não faça transbordar lágrimas desses olhos tão lindos, por favor. E esse sorriso ? Por que se esconde ? Com aparelho ou não ele é perfeito, sabia ? só por demonstrar sinceridade. Mas ele não demonstra sinceridade sempre, não é ? Ei, pequena, preste atenção, você é linda, sabe aquele garoto que não te deu valor ? então, mande ele para o inferno e diga que você ainda tem um pouco de amor próprio. Sabe aquelas amizades fúteis ? então, mande para o inferno junto com suas falsidades. Sabe aquele seu problema com a família ? Não desista, pois família é a coisa mais importante na vida. Sabe Deus ? Ele não quer te ver assim pequena, eu também não quero, então por favor, promete para mim, enxugar essas suas lágrimas e erguer a cabeça ? promete para mim se reerguer de qualquer problema que há aparecer em sua vida ? Promete para mim ser feliz independente do que digam ? Promete, pequena ? Eu irei te proteger de todos que tiverem a coragem de entrar em seu caminho, eu irei entrar em sua frente quando jogarem pedras de julgamentos sobre ti, eu irei chorar o teu choro, sofrer as suas dores, engulir os seus problemas, se necessário, por que eu quero te ver sorrindo, entendeu minha pequena ? Deus te ama, e eu também.

De: Seu anjo da guarda

Para: a garota mais linda do mundo

(Confissão Adolescente) for todas as garotas desse universo, que assim como eu, possuem problemas a serem enfrentados.

Ah garoto, você ainda vai se arrepender. Você ainda vai olhar outros rostos e só vai ver o dela, vai escutar o toque do seu celular indicando que tem alguém ligando e vai suplicar que seja ela a dona da voz do outro lado da linha. Vai ver o jogo do seu time de futebol e não vai ter muita graça sem ter ela para torcer contra. Vai ouvir a música de vocês e não terá ela para dançar de um jeito desengonçado e bobo fazendo você sorrir feito uma criança. Vai ver o filme preferido de vocês no dia de frio e vai sentir falta da cabeça dela encostada no seu peito, daquele jeito, daquele jeito em que ela podia escutar as batidas do seu coração. Vai olhar nas contra-capas dos seus cadernos escolares e vai ver apenas o nome dela, em todos os cantos de cada folha. Vai abrir o seu armário e vai ver o seu casaco que ela costumava vestir nos dias de frio, que a propósito, era 2 vezes maior que seu corpo. Vai reler as cartas que elas escreveu quando vocês estavam juntos, e não vai ter ela para dizer que “ficou horrível”. Vai lembrar de promessas e planos que vocês fizeram juntos para um futuro distante, e vai sentir falta da voz fina dela no final te dizendo “Você promete mesmo?”. Vai conhecer pessoas que possui o nome que vocês tinham escolhido um dia para o filho de vocês, e vai lembrar de toda a teimosia até chegar a um acordo de ambas as partes. Vai passear nos lugares que costumavam ir e não vai ter a mão dela segurando a sua. Você vai sentir falta dela, garoto. Sabe por que ? Porque você a deixou escapar.
Eu sei que você sente falta dele. Sei que você sente falta do jeito que ele te chamava, dos apelidos carinhosos destinados apenas a sua pessoa. Sei também que você sente falta das mãos dele, a propósito maiores que as suas, que insistiam em segurá-las em lugares públicos para dar a ideia de que “Ele é meu”. Sei que você sente falta dos casacos dele que te protegiam do frio, já que eram maiores que seu corpo. Sei que sente falta do cheiro dele também, e que já se pegou sentindo aquele perfume do nada, parece coisa de cinema, mas você já sentiu, admita. Sei que você sente falta da maneira como ele notava que estava mal, e da maneira que se importava até quando você dizia estar tudo bem. Sei que sente falta até de suas discussões, que mesmo nas piores, eram encerradas com um beijo vindo de ambas as partes. Sei que sente falta de ouvir a música de vocês, e sente porque é incapaz de ouvir de novo por não se sentir preparada para lembrar dele. Mas querendo ou não, você lembra dele não é, pequena ? Você fica dispersa na sala de aula escrevendo o nome dele nas bordas das folhas dos seus cadernos, não é ? Eu sei que você pode viver sem ele, mas simplesmente não quer, não é? Você ainda o ama, pequena. Se não amasse, a voz, o jeito, o cheiro e o toque dele não passariam pela sua cabeça enquanto digo todas essas coisas, já que eu simplesmente não citei nome de ninguém […]
2

  ♦ Meninos, leiam: Talvez ela pense em você e não conta isso para as amigas. Talvez ela olhe seu nome no visor do celular, se segurando para não mandar uma mensagem dizendo que te ama. Talvez ela veja um filme e lembre de você. Talvez ela escute o seu nome, e se arrepie só de pensar que é seu. Talvez ela pegue o telefone, disque o seu numero, mas perca a coragem de dizer “oi” pois se estremeceu só de ouvir sua voz. Talvez ela escreva seu nome na mão e na contra capa dos cadernos. Talvez ela pense em você da mesma forma que você pensa nela. Talvez ela também te ame. Talvez.

   ♦ Meninas, leiam: Talvez ele pense em você e não conta isso pros amigos. Talvez ele se recuse a ficar com qualquer outra garota só por querer ficar com apenas você. Talvez ele tenha a atitude de pegar o telefone para te ligar, mas perde a coragem só de ouvir sua voz. Talvez ele fique fazendo planos e expectativas para um futuro ao seu lado, antes de dormir.Talvez ele entre no msn e não fale contigo, apenas para você ir falar com ele. Talvez ele diga em voz alta o nome de outra quando está perto de você apenas para que você demonstre ciúmes. Talvez ele olhe pra você o tempo todo e mesmo assim você não percebe. Talvez ele olhe pra lua e espera que você esteja fazendo o mesmo. Talvez ele pense em você da mesma forma que você pensa nele. Talvez ele também te ame. Talvez. (Confissão Adolescente)

2

Então faremos o seguinte : vamos dormir juntos, mas não digo com segundas intenções, eu digo no sentido literal da palavra. Digo estar comigo disputando quem ficará com o lado direito da cama. Digo ficar brigando qual tipo de filme iremos ver antes de dormir. Digo discutir quem irá abrir mão do seu devido conforto e levantar para apagar a luz para que o outro possa dormir. Digo me dar um beijo de boa noite e prometer estar ali ao meu lado quando eu abrir os olhos novamente. É apenas isso que quero, nada a mais, e nada a menos. Apenas você. -(Confissão Adolescente)

Andei lendo minha história novamente. Andei repassando meus erros e acertos do passado. Andei relembrando de pessoas que hoje já não se encontram mais aqui. Andei me arrependendo de ter gasto folhas com pessoas que não as mereciam. Andei colocando em prática minhas promessas ainda não cumpridas. Andei também revivendo aquele tempo em que era feliz e não sabia. Andei percebendo que minha história é constituída apenas de vírgulas, interrogações e exclamações. Já o ponto final ? Ah, esse a gente deixa para depois. (Confissão Adolescente)

2

E de repente você se vê dependente de alguém. Dependente de sua voz, de seus sorrisos, abraços, beijos, carícias e manias. Você se pega conferindo o celular de 5 em 5 minutos para ver se tem uma nova mensagem, na esperança de ver aquele nome em destaque na tela. Se pega olhando para todos os lados e cantos, na esperança de ver aquela pessoa vindo em sua direção. De repente você percebe que tudo fica diferente quando você está perto dela, tudo fica mais bonito. Suas mãos soam, sua voz afina, suas pernas se desequilibram. É estranho né ? Pois é amor… (Confissão Adolescente)

Eles não eram perfeitos. Não chegavam nem ao menos perto disso. Ela era bobona, não era do tipo meiga o tempo todo, falava palavrão, teimosa, fingia ser fria mas era uma maria mole quando estava sozinha, chorava no seu canto e fazia questão que ninguém soubesse disso. Ela tinha suas crises de ciúmes porém permanecia em silencio para não dar sinal de fraqueza. Afinal, ela se recusava a sofrer por causa de um homem. “Feminista”, você deve estar pensando. Mas não, estava mais para independência, amor-próprio ou qualquer outro derivado. Mas ela amava. Oh se amava ! Criava planos, expectativas, diálogos […] Deve ter perdido as contas de quantas noites ela perdeu por estar escolhendo o nome do filho que ela um dia julgava que fosse também dele. Ela não era perfeita, tinha lá seus 1000 defeitos, que para ele, eram recompensados com suas 1001 qualidades. Ele a via como a garota mais perfeita do universo, talvez por ela ser tão complicada e difícil de desvendar. Ela era um livro fechado, onde só quem quer, consegue ler o seu interior, desvendar seus mistérios e segredos mais profundos. Já ele… Nossa, se ela era complicada imagina só ele. Ele era o garoto cobiçado. Sabe ? Aquele tipo que tem todas as seus pés, mulher era quase descartável para ele. Porém (sim, sempre tem um porém) ele a conheceu, e ela agiu de forma diferente, enquanto ele queria ela ao seus pés, ela estava muito acima do seu ego. Talvez isso tenha o deixado intrigado, afinal, por que ela não iria querer algo que todas querem ? Será que ela era tão estúpida assim ? Ele devia estar pensando. Mas não, ela só se recusava a ser igualada às outras. Mas de repente se pegou pensando nele, se pegou ouvindo as músicas que lembravam ele, se pegou perguntando dele para os outros e confundindo os nomes com o dele. Ela havia se apaixonado. Que coisa estranha. Ela ? Se apaixonando ? Por ele ? LOGO ELE ? Mas eles era imperfeitos demais, como já disse, porém (olha só o porém de novo) perfeitos um para o outro. Ele era implicante, fazia ciúmes nela para ter certeza de sua importância, mas na hora de provar que ela era única ali estava ele segurando sua mão para todas as garotas sentirem inveja da garota que estava ao seu lado. Ela continuou fazendo seus planos, expectativas, e tudo mais, mas agora ele fazia parte disso. “Eles vão casar qualquer dia” Já dizem os amigos. De repente eles se tornaram um casal. Mas daquele tipo de casal que não têm coisa clichê, que não é mil e um amores o tempo todo, que não é o famoso tipo de casal “melação”. Não. Eles não era um filme de Hollywood. Ele não era um príncipe, muito menos ela uma princesa. Mas estava certo eles terem um final feliz […] Final ? Eu disse final ? Desculpe, engano. Essa história aí não possui final. Está mais para “E foram felizes para sempre […]"  Brenda França - R. Shit


Travesseiro, me desculpe por todos os gritos, socos e imaginações durante a noite. Chuveiro, me desculpe por todos os choros e obrigada por fazer suas gotas se misturarem com minhas lágrimas […] Cérebro, me desculpe por todas as preocupações em que te sobrecarreguei durante todo esse tempo. Pés, me desculpe por fazê-los andar pelos caminhos mais incertos. Olhos, me desculpe por todas as ilusões e águas que fiz transbordarem de você. Coração, me desculpe por permitir que você fique em todos esses pedaços que se encontra agora, sei que é impossivel voltar ao normal, mas apenas lhe peço que continue batendo.
Conversa com o avô
  • Avô:Por que choras, pequena ?
  • Ela:Chorar alivia.. Faz transbordar pelos os olhos as dores que se espremem para caber aqui dentro. Diga-me uma coisa, vovô ?
  • Avô:O que quiser..
  • Ela:Por que o amor sempre nos faz chorar ?
  • Avô:Existem dois tipos de amor, minha neta. O amor errado, que nos faz chorar pelo fato de não ser correspondido, ou então ser correspondido de forma errada. E então existe o outro, que é o certo, que só é capaz de nos fazer chorar se for de tanto rir.

Tem pessoas que não fazem ideia do valor que possuem. Não fazem ideia do quanto precisamos de seus carinhos, palavras e sorrisos. Tem pessoas que não precisam fazer muito esforço para poder nos cativar, parece até uma droga, basta um olhar ou um abraço, e de repente você se vê dependente daquilo pelo resto da vida.(Confissão Adolescente)

To a fim de fugir com você. Para qualquer lugar, pode ser para a Europa, América do Norte, África ou Austrália. Pode também ser a qualquer hora, de madrugada, de manhã, de noite ou a tarde. Podemos ir de qualquer jeito, de carro, avião, trem ou até mesmo a pé. Se você quiser eu levo roupas, mas se não, daremos um jeito, daremos o nosso jeito. To a fim de fugir sem olhar para trás, sem preocupações ou coisas a qual devo pensar. Sem interrupções. Só você, eu, o amor e a estrada. Longe daqui, longe de tudo, longe de todos. (Confissão Adolescente)