brasil!!!!

youtube

¿Quién dijo que el fútbol femenino nunca tendría audiencia?

Daddy is sick.

Pedido: Queria um com o Liam que ele fica com uma gripe forte,eles são casados e tem dois filhos(uma menina,que se chama Maia e um menino,o menino pode se chamar Thomas)Liam fica todo manhoso, ela cuida dele e os filhos também,queria que fosse bem fofo. Obrigada

Em homenagem ao novo papai da área, fiz esse pedido, não muito antigo, só mudei uma coisinha, Thomas, vai ser filho da Cheryl, espero que não fiquem bravas, principalmente a menina que fez o pedido.

Espero que gostem :3

Congratulations, Payno. We love you and your little boy 



— Tia s\n. — Me virei ao ouvir a voz de Thomas, o pequeno ainda estava com o pijama de Toy Story que o pai comprara, e as pantufas de monstro que foram meu presente de aniversário, ele coçava um dos olhos com a parte de trás da mão. 

— Bom dia. — Falei sorrindo, e me aproximando para lhe dar um beijo na bochecha. Thomas era filho do primeiro casamento de Liam, e não quis se separar do pai quando ele foi embora, Cheryl odiava ficar longe do filho, mas sabia que podia vir vê-lo quando quisesse. — Onde Maia está? — Perguntei me abaixando.

— Nanando. — Disse antes de um bocejo.

— E eu posso saber por que o mocinho está acordado tão cedo? — Papai estava dodói ontem, quero ajudar a cuidar. 

— Mas você vai acabar ficando dodói também. — Fiz carinho na sua bochecha com o polegar. Ele cruzou os braços e fez beicinho, exatamente igual a Liam.

— Quero cuidar do papai. — Insistiu. Sorri e acabei me rendendo depois de ganhar um grande beijo na bochecha.

— O que acha de fazermos um café da manhã bem gostoso pra ele? — Thomas pulou e bateu palmas, sorri e me levantei, levando ele no meu colo.

Sentei o pequeno no balcão e lhe entreguei algumas frutas e uma faca sem ponta. Thomas falava alegremente sobre uma menininha nova que entrou na sua turma na creche, enquanto colocava os últimos pedaços das frutas em uma tigela de cereal. 

Fiz um chá forte para Liam, e coloquei em uma bandeja, junto de algumas torradas e a geleia preferida dele. 

Preparei a mamadeira de Thomas e Maia e coloquei junto na bandeja. Coloquei Thomas no chão e fui com ele até meu quarto. Liam estava assistindo tevê, ele parecia cansado, havia tossido a noite inteira, a ponta do seu nariz estava vermelha de tanto que ele passou lenços ali.

— Paaaaaaaaaai. — Thomas gritou enquanto corria para pegar impulso e pular na cama. Liam sorriu e se sentou.

— Você vai pegar grite, Thommy. — Disse passando a mão em seus cabelos.

— Quero ficar com você papai.  — Thomas fez beicinho e Liam sorriu.

— Vou acordar Maia. — Falei largando a bandeja nas pernas de Liam, ele sorriu e me deu um beijo na bochecha. 

Fui até o quarto de Maia e Thomas e peguei minha pequena no colo, ela tinha dois anos, e era extremamente parecida com o meio-irmão de cinco. Ela resmungou um pouco, mas abraçou meu pescoço e deitou no meu ombro. 

Voltei para o quarto e a coloquei ao lado de Thomas, que estava abraçado ao pai. Sentei ao lado deles e troquei o canal da tevê, de um jornal para um desenho animado, entreguei as mamadeiras ás crianças e peguei a xícara de café quente que tinha preparado antes de trazer a bandeja de Liam. 

— s\n? — Liam me chamou baixo, para não acordar as ferinhas que tinham pegado no sono novamente, o olhei.  — Eu te amo.

— Eu te amo, babe.  — Sorri e lhe mandei um beijo no ar.


Ficou bem clichê e bobinho, espero que gostem mesmo assim ;-;

Me digam o que acharam.

Reaction: Fazendo uma surpresa vestida de Dominatrix

OBS: 

Mensagem enviada para os meninos:: “Que tal nos divertirmos essa noite? Venha aqui para casa. Prometo que você irá adorar…”

• Rap Monster

Namjoon ficara bem animado quando terminou de ler sua mensagem. Todas as noites com você eram maravilhosas para ele, mas o fato de você querer experimentar algo novo o deixava totalmente excitado. 

Ele responderia com um rápido “Deixe a porta aberta!” antes de pegar as chaves do carro e ir rapidamente em direção a sua casa. Chegando lá, ele virou confiante a maçaneta de seu apartamento percebendo que você fizera o que lhe foi pedido. Namjoon quase caiu para trás ao ver você sedutoramente a sua frente vestida de dominatrix.

Keep reading

gabreulle a foto tá toda tremida, eu tô também so that’s okay. passei um tempão tentando pensar em como seria a sensação de finalmente poder te ver de perto depois de todos esses longos anos, mas nada que eu diga vai chegar perto do que eu to sentindo agora, do que eu senti quando você disse aquele “i love you too, please don’t hurt yourself” e pegou na minha mão. sério, eu ainda nem consegui assimilar tudo direito, mas dá pra dizer com certeza que todo o tempo que eu esperei valeu a pena pra caralho. quem sabe algum dia eu consiga escrever exatamente tudo que eu queria sobre ter te conhecido, mas por enquanto eu só consigo sentir meu coração quase explodindo. I love you more than being 17 ♡

Pedido:Queria um 1s cm o Zayn ou Liam q ele é louco por ela e faz qualquer coisa p estar ao lado dela , ai ele sequestra ela é no meio desse sequestro eles se apaixonam , final feliz por favorrrr e se possível bem detalhado bb

           O meu horário de trabalho estava quase chegando ao fim, faltava menos de quinze minutos, coloquei todas as minhas coisas dentro da bolsa e soltei meus cabelos para ir embora. Esperei o elevador chegar e assim entrei infelizmente meu carro estava na oficina há dois dias, eu não sei que diabos aconteceu com ele e o seu motor acabou parando, e esses últimos dias estavam sendo os mais difíceis já estava acostumada com o conforto do carro e andar a pé e de ônibus não estava sendo fácil. Assim que dobrei a esquina para pegar o ônibus reparei em uma pessoa que estava parada perto de um bar e me olhava de uma maneira estranha, não demorou quinze minutos para eu perceber que era Liam, o garoto que eu cresci ultimamente todos os lugares que eu ia ele estava, parecia até uma enorme coincidência, mas isso já estava me assustando eu até imaginei que ele pudesse está me seguindo, mas logo tirei essa ideia maluca da cabeça. Liam é um homem realmente muito bonito e ele poderia ter qualquer mulher que quisesse então porque diabos ele vivia atrás de mim?

           Assim que o ônibus chegou entrei, e logo depois Liam entrou no mesmo. Assim que ele passou perto de mim segurei sua blusa de frio e o puxei, ele se assustou com o meu gesto, mas logo de acalmou e fiz um gesto para que ele se sentasse ao meu lado. – Liam, você quer me dizer algo? – Coloquei uma mecha do meu cabelo atrás da orelha e olhei para ele.

- N-não. – Liam disse seco e se levantou indo para o fundo do ônibus.

           Que merda estava acontecendo? Eu admito que o meu medo esta crescendo cada vez mais, Liam sempre foi muito comunicativo com todos e de uma hora para outra começa a apresentar um comportamento totalmente diferente e isso começou a menos de três semanas, antes ele sempre falava comigo e de uma hora para outra simplesmente parou.

           O dia passou tão rápido que nem mesmo reparei que o relógio marcava onze horas da noite, eu fiz uma hora extra e nem reparei. Assim que cheguei ao térreo, fiz o mesmo trajeto eu não estava mais aguentando andar com esses saltos precisava do meu carro de volta o quanto antes. Quando dobrei a esquina senti um braço passando em torno do meu pescoço, meu coração quase pulou para fora.

- Fica quieta. – O homem disse perto do meu ouvido, por um momento aquela voz me pareceu familiar, mas eu estava com tanto medo que nem mesmo parei para reparar de quem era. O que estava acontecendo?

- Por favor, não faça nada comigo, eu te dou minha bolsa meu dinheiro qualquer coisa, mas não faz nada comigo.

- E quem disse que eu quero seu dinheiro?

           As lagrimas começaram a escorrer. Eu não queria ser estuprada e morta, eu estava com medo, eu só queria que isso não fosse real. O homem me empurrou até um carro preto que estava parado na mesma esquina e me forçou a entrar, meu corpo bateu contra o banco com tanta força que soltei um grito, logo depois o homem entrou, seu rosto estava coberto por uma mascara preta, ele parecia muito nervoso então não disse nada apenas continuei rezando e pedindo a Deus para me salvar daquela situação. Após longos minutos no carro ele se aproximou e colocou uma venda dos meus olhos.

- Por favor, não faz isso…

- CALA BOCA. – Homem gritou e me puxou para fora do carro, após alguns minutos andando ele me jogou dentro de um quarto e saiu, mas antes trancou a porta.

           Assim que tirei a venda, pude reparar que o quarto era grande e muito luxuoso com uma cama de casal e lençóis de seda, mesmo assim não me acalmei, eu estava com medo e não conseguia parar de chorar, encolhi-me do canto da parede e deixei as lagrima escorrerem.

           Passei tanto tempo no quarto que não reparei que já tinha amanhecido, fui até a janela com a esperança que ela pudesse está aperta para assim fugir, mas ela estava presa. Sentei-me na cama e tirei meus saltos. A porta se abriu e o homem estava com uma bandeja se comida, tinha frutas e pães além de suco.  – Por que você está fazendo isso? Se você me deixar ir embora eu prometo que não conto para ninguém sobre isso.

           O homem não disse nada apenas colocou a bandeja na cama e virou. Assim que ele virou de costas não pensei duas vezes em ir à sua direção e dar um soco na sua nuca, assim que fiz isso ele caiu no chão, assim que tirei sua mascara vi o rosto do Liam, ele se levantou e eu corri. Assim que cheguei ao final do corredor vi que ele se aproximava ainda mais.

- Porque você fez isso Liam? – Gritei.

- Porque eu te amo, e eu queria que você fosse minha, não suporto a ideia de te vê com outros caras, te tocando.

           Fui a sua direção, ainda chorando muito, ainda não acreditava que o homem que eu cresci a vida inteira foi capaz de fazer isso comigo e logo eu que sempre fui uma ótima pessoa com ele. – Você não podia ter simplesmente contando para mim? – Assim que parei na sua frente, Liam passou as mãos nos cabelos, ele parecia nervoso e com raiva.

- Eu não sei o que eu pensei na hora, mas só queria poder ter você perto de mim para sempre. – Liam passa a mão no meu rosto, mas eu fui para trás. Ele podia ser lindo e ser um cara muito romântico como sempre foi com qualquer garota, mas eu estava com raiva. – Tudo bem, você não é obrigada a me amar.

(…)

        - Isso foi à coisa mais psicopata e romântica. –Disse sentando no colo do meu namorado. Depois de tudo aquilo Liam demonstrou que realmente estava arrependido e aquilo foi uma tentativa desesperada de me mostrar que me ama.

- Eu fiz aquilo porque te amo, mas agora eu sei que fui estranho eu estava obsecado por você. – Liam beijou meu pescoço de uma forma fofa. – O que realmente importa e que seus pais não vão ficar sabendo disso até o dia do nosso casamento?

- Casamento? – Disse olhando sem entender nada.

           Liam tirou uma caixinha preta do seu bolso revelando um anel. – Quer casar comigo? – Liam disse sorrindo.

- Você e essas manias de me surpreender. – Beijei seus lábios. – Sim!