branco negro

Ser livre, é ser. Ser ansioso, orgulho mas sem deixar de ser piedoso. Ser a calmaria em meio à multidão, quando alguém não aguentar mais tanta solidão. Ser o véu que cobre o céu quando a luz se ausentar e a escuridão chegar. Ser a falta de alguém, querendo não ser saudade. Ser a garota que foi tratada como uma pedaço de carne - “oh gostosa” porque foi pra festa com a roupa que queria. Ser livre é imaginar sem direção e só perceber quando a mente estiver a duzentos quilômetros do chão. Ser as estrelas que nunca vão deixar de brilhar, até mesmo quando a morte escura chegar. Ser a paz quando sobra guerra e ser agradecido quando a falta. Ser ciente, coerente, valente. Ser gentil, hostil, e nunca esquecer de não ser fútil. Ser livre é ser o negro, o branco, o pardo, o indígena. Ser, independente das raças, das cores, dos sabores.  Ser livre, é ser.
—  Pedro Pinheiro.
eu sou poeta


mulher 
negra 
lésbica

eu sou poeta 
dessas que vê flores no asfalto
fala de amor 
e anda na chuva querendo mesmo se molhar

eu sou poeta
universitária
feminista
que briga com o mundo
racista
capitalista
machista

eu sou poeta
sim
poeta
mas não tem poesia que embeleze essa realidade genocida do Brasil
pátria amada, mãe gentil (dos brancos) 
os negros ela aborta
e quando nasce
ela segrega
não leva pra escola
bate e nega (tudo)

eu sou poeta 
de quinta 
que observa a vida na esquina
que cola com o gueto
que não tem medo 
que não foge da luta

eu sou poeta 
e já cansei 
não existe amor em SP ( e nem no resto do Brasil)
CARALHO! 
Castro Alves é atual 
Pedro Alvares Cabral usa terno 
e vocês ai com medo de ir pro inferno 
ACORDEM! 
já estamos nele.

Aryelle Almeida.

Eu não me importo se você é,negro, branco, hétero, bissexual, gay, lésbica, baixo, alto, gordo, magro, rico ou pobre. Se você for gentil comigo, eu serei gentil com você. Simples assim.
—  Eminem
REAÇÃO DO BTS ao descobrir que você é estéril.

Rap Monster (Kim Namjoon): “Temos outras coisas para nos preocuparmos no momento, vamos deixar isso para depois, okay? Apenas não pense que vou te deixar pois eu não vou.”

Suga (Min Yoongi): Ele te tranquilizaria dizendo que isso não importa para ele e ficaria irritado quando você insistisse que ele devia procurar outra pessoa.

“Não seja idiota, eu amo você! Vem aqui deitar com o seu daddy.”

Jungkook (Jeon Jungkook): “Não vamos falar sobre isso agora, não é como se soubéssemos algo sobre crianças. Daqui alguns anos nós acharemos a perfeita e ela não precisa sair de dentro de você para ser amada.”

Jin (Kim Seokjin): Acariciaria seu rosto e sorriria terno, tentando acalmar você e seus batimentos nervosos por ter revelado aquilo.

“Existem muitas crianças sozinhas pelo mundo ou em orfanatos, nós seriamos ótimos pais para elas.”

Jimin (Park Jimin): (S/N): Eu sei que você um dia vai querer ter filhos e eu não vou poder da-los a você… Então… A-acho que é melhor parar tudo p-por aqui…”

JM: Você é tão boba, vem cá meu amor… É claro que você pode me dar filhos, negros, brancos, brasileiros ou coreanos, basta escolher aonde vamos encontra-los.”

V (Kim Taehyung): “Oh… Isso é um assunto muito delicado… Acho que eu deveria te abraçar agora e dizer que está tudo bem… E-eu não sei como reagir… A verdade é que não precisamos de um filho legitimo quando existem tantas crianças precisando de amor no mundo.”

J-Hope (Jung Hoseok): “Se você me amar para sempre eu já vou ser a pessoa mais feliz do mundo.”