Desde então, eu nunca mais parei de ama-lo. Nunca deixei que outro preenchesse o lugar dele. As vezes é difícil, sabe? Dá vontade de desistir, vontade de jogar tudo pro alto, mas eu não consigo, pois sempre irei precisar dele. É como se ele fosse parte de mim, quer dizer ele já é parte de mim. Sei que é clichê ficar sempre falando a mesma coisa, mas eu não consigo deixar de ama-lo.
—  2.751 km do meu amor
Eu estava sentado no sofá assistindo uma das minhas séries favoritas enquanto ele estava deitado com a cabeça apoiada na minha perna. Eu mexia em seus cabelos e de repente eu o olhei e comecei a rir, ele sem entender olhou para mim, então desviei o olhar para televisão e ele disse “O que foi? O que tem de engraçado?” Eu fitei aqueles olhos castanhos claros e disse “Só estou feliz por ter você aqui comigo.”
—  2.751 km do meu amor.