bicicleta de

flickr

(via 14º Feria de las pulgas ciclistas | Feria de la bicicleta | Flickr)

Háblame; háblame de como estuvo tu día, háblame de las discusiones con tus padres, háblame de tus hermanos; háblame de tus sueños, tus penas, tus decepciones, tus pequeñas alegrías; háblame de aquella materia que tanto te cuesta, de la profesora que te reprobó injustamente, de las compañeras que tan mal te caen; háblame de la cicatriz que te hiciste aprendiendo a andar en bicicleta, de la gripe que tanto te costó superar; háblame de los gatos que has tenido, de cuánto te gusta alimentar a los perros de la calle; háblame de ti, de mi, de nosotros; háblame, será siempre escucharte un deleite para mi alma
Pensa em suicídio? Vá em frente, mas antes, tente fazer isso - roube chocolate no walmart, prove sorvete de tangerina, dirija à 220 km por hora em uma rodovia, grite o mais alto que puder dentro de um túnel, zere Sonic, Pacman e Super Mario, almoce com um policial, pule de bang-jump, escale uma montanha, leia trinta livros, vá ao show da sua banda favorita, faça uma tatuagem, apaixone pessoas que você não vai amar até descobrir que na brincadeira se apaixonou mesmo, aprenda a tocar um instrumento, escreva uma poesia, visite um parente distante e finja que as conversas da família te interessam, segure o ar por dois minutos sem soltar (não morra tentando essa parte), escreva seu texto favorito nas paredes do seu quarto, beba até vomitar, chore em um lugar público pra ver se alguém irá te consolar, piche uma frase de efeito em um muro, coma até não aguentar mais, ande de bicicleta sem as mãos, encoste a língua no nariz, cante no ventilador, abrace um mendigo, invoque satã com um tabuleiro de ouija e fique com o cu na mão. Depois de tentar tudo isso, faça o que achar melhor, que a vida é uma merda ninguém pode negar, mas algumas loucuras tornam tudo mais suportável.
—  SEAN WILHELM.  
A vida é uma grande onda de coisas que não tem explicação. Por exemplo: todos nós sabemos que vamos morrer. Mais cedo ou mais tarde infelizmente vamos partir. E acredito que a maioria de nós gostaria de partir deitados quentinhos na nossa cama. Não é mesmo!? Mas não é assim que a vida acontece. Você pode estar voltando do trabalho de bicicleta e por um descuido seu ou de outra pessoa acaba sendo atropelado. Que irônico né? Você tinha acabado de sair do serviço, querendo chegar em casa e ver as pessoas que ama, seja pai, mãe, marido, mulher ou filhos, e de repente sua vida acaba. Ou simplesmente você pode estar bem em um dia e no outro aparece com uma doença que não tem cura. E aí? Você já sabe que vai morrer, não tem o que fazer. Isso devia ser mais fácil, mas não é. Ninguém tá preparado para partir, nem para perder quem ama. A vida é assim, imprevisível. Então é o que eu sempre digo para as pessoas ao meu redor… Curta cada milésimo de segundo ao lado de quem ama. Dêem valor a vida. Sejam sempre gratos. Porque quando chegar a hora da sua partida, você vai querer ir em paz, e acima de tudo, sabendo que fez o bem e que foi amado.
—  bea goulart, inalcanzabble.
É desculpa! Quem realmente está a fim manda mensagem do banheiro, pede crédito especial, cria uma conta no skype, parcela a passagem no cartão de crédito do amigo, liga com 9090, atravessa a cidade de bicicleta, conta as moedas pro ônibus, os trocados pra cerveja, racha a gasolina, entrega-se de verdade.
Não seja boba! Eu sei que não te ensinaram na escola, mas reciprocidade não se inventa.
—  Guilherme Pintto
Para evitar a compulsão:

- Dê um passeio
- Vá para a academia
- Pratique ioga
- Faça uma lista de todas as razões de porque você quer isso
- Escute música
- Baixe todos os seus favoritos
- Faça uma pesquisa na internet
- Escreva uma carta para algum parente
- Escreva uma carta para a sua celebridade favorita
- Leia um livro
- Escreva no seu diário thinspo o quanto você está com fome e o quanto vai conseguir (leia no outro dia)
- Pratique pilates
- Procure informações de saúde/nutrição
- Limpe a casa (e deixe a mamãe feliz, e deixe seu corpo mais feliz ainda queimando calorias)
- Faça uma nova lista de reprodução no iTunes
- Nade
- Aprenda a saltar pedras
- Medite
- Coordene seu armário/guarda-roupa (e deixe a mamãe feliz e se torne uma pessoa muito mais organizada).
- Alfabetize seus cds e dvds
- Faça uma rotina de alongamento.
- Dirija em algum lugar bonito e apenas aprecie-o.
- Beba água até explodir
- Leia um livro ou revista
- Expresse sua criatividade
- Levante pesinhos
- Brinque com seus animais de estimação
- Ande de bicicleta
- Aprenda uma nova habilidade ou ofício.
- Memorize algo (preferencialmente a matéria DAQUELA prova que você precisa tirar notas boas)
- Pule corda
- Esfolie todo o seu corpo
- Tome um longo banho gelado
- Faça suas sobrancelhas
- Pinte as unhas das mãos e dos pés
- Experimente um novo penteado
- Alise os cabelos (sem muita chapinha, por favor)
- Dê a você mesma uma reforma geral
- Depile-se
- Colocque uma máscara facial
- Vá a uma manicure ou pedicure
- Faça a alguém uma pulseira ou colar
- Tire uma soneca
- Faça um brinquedo de gato e jogar com seus gatinhos
- Beba uma garrafa grande de água com gás
- Ligue o som e DANCE. Sem parar.
- Elaborar receitas com calorias assustadoramente baixas.
- Pinte ou desenhe.
- Faça compras on-line para redecorar sua casa/quarto
- Pinte as paredes
- Faça jardinagem
- Organize suas anotações para a aula
- Maqueie-se
- Jogue seu material escolar fora
- Escreva uma lista de 50 coisas para fazer em vez de ter uma compulsão
- Lave sua roupa (nada de máquina de lavar!)
- Trabalhe em um scrapbooking
- Vá ao shopping
- Entre no Tumblr
- Escreva um poema
- Faça compras online (ou simplesmente faça uma lista de coisas que você futuramente quer comprar)
- Obter um guia de natureza e identificar todas as árvores/aves/insetos/cobras em seu bairro
- Aprenda as constelações
- Vá ao seu computador e apague arquivos desnecessários
- Faça sua própria pulseira ana ou mia (vermelha ou roxa)
- Inicie o seu próprio livro/textos
- Anote tudo que desejar sobre ana e mia
- Organize seu quarto (cama, prateleiras, tv, pc, tudo. Limpe TUDO. Até as caixas de sapato)
- Aspire toda a casa
- Lave todas as janelas e espelhos da casa
- Coloque uma música muito boa e limpe sua casa dançando
- Planeje suas férias dos sonhos
- Jogue jogos no computador
- Assista aos canais de moda na TV
- Faça sua lição de casa e torne-se uma aluna perfeita
- Estude
- Escove seus dentes durante 20min
- Escute a sua música favorita
- Mude o canal de tv sem usar o controle remoto
- Coma gelo
- Espane toda a casa
- Limpe o banheiro
- Limpe a varanda
- Costure todas as suas roupas com furos
- Limpe a caixa de areia
- Passe por todos os seus livros e encontre um que é para doar para a biblioteca local
- Tire todas as suas roupas que estão grandes e doe para instituições de caridade (assim como brinquedos, ursinhos, etc)
- Limpe os tapetes
- Desinfete o banheiro
- Se pese
- Leia muitas revistas on-line
- Exercite
- Exercite um pouco mais
- Assista a um filme
- Coloque suas séries em dia
- Olhe um catálogo de moda
- Prove suas roupas
- Prove jeans apertados e anote, para futuramente você saber que era apertado
- Tire fotos suas e anote suas medidas para depois comparar
- Vá para uma sala de chat (entre no Omegle!)
- Telefone para alguém
- Olhe o calendário de eventos da sua cidade
- Leia revistas de moda e babe as modelos
- Assista vídeos com pessoas magras
- Anote as roupas que você vai usar quando estiver magra
- Faça planos e anote
- Leia sobre as calorias dos alimentos
- Decore as calorias
- Veja se tem algo faltando na casa, como desodorante, shampoo, condicionador, sabonete, etc
- Procure uma thinspo e pesquise TUDO sobre ela
- Veja as novidades da sua celebridade favorita
- Tente aprender uma nova língua
- Experimente tipos de perfumes
- Organize as gavetas do seu quarto
- Jogue Xbox, wii, Playstation (de preferência Kinect)
- Jogue Stop! com alguém
- Entre no Gartic
- Faça novos amigos
- Converse sobre os planos da outra semana
- Pense em provas
- Anote em papeizinhos coloridos o que você tem que fazer na semana
- Ande pela casa sem parar
- Se morar em condomínio, telefone para alguém, saia e converse
- Jogue algum esporte
- Jogue sinuca/ping pong
- Prove seus sapatos
- Organize-se e faça para si uma caixinha de remédios urgenciais e coloque na bolsa
- Passe hidratante no corpo
- Ligue para seu namorado
- Faça chá verde e tome
- Veja fotos antigas
- Procure álbuns de família e ocupe-se olhando as fotos
- Tenha uma longa conversa com seu/sua vizinho/a
- Lave o carro
- Ofereça-se para fazer favores
- Saia de casa
- Baixe jogos/aplicativos para o seu celular e ocupe-se
- Passe músicas para o seu celular
- Pense em magreza

Quando a gente está morrendo...

É como se todos os volumes ao nosso redor fossem aumentados.
A nossa cabeça começa a girar lentamente, nossa garganta vai aos poucos se fechando, e a respiração fica cada vez mais difícil.
Nosso peito arde como se tivesse em chamas, nossa perna fica bamba, nossos pensamentos começam a não fazer sentido.
A gente sabe quando está morrendo, a gente sente, tudo isso vem de uma hora pra outra, a gente não escolhe, a gente não espera, a gente só sabe que aquilo não vai acabar bem.
Nossa pele vai perdendo a cor, nossos braços ficam leves e se entregam sem resistir ao fim já previsto.
Nossa perna fica leve, como se o peso que carregamos nos ombros tivesse sido tirado.
A gente começa a perceber que nosso corpo não vai resistir, e começamos a pensar em coisas boas, nossas lembranças, aquelas canções que mais gostamos, as pessoas que amamos, aquele sonho estranho que a gente teve na noite anterior, nas brigas, naquela pessoa que nos deixa feliz só de sorrir.
A gente lembra do tombo de bicicleta na infância, da sensação da água correndo em nossos pés, do sol batendo nas nossas costas, o vento no nosso rosto.
Até que em um momento a gente vê que lutar será em vão.
Que tudo não vai ficar bem, não mais.
E a gente cai, e a gente definha e morre.

Eu sinto tanto sua falta. É algo ridículo sentir sua falta depois de tanto tempo. Eu não quero pensar em você, mas não é como se controlasse isso, sabe? Você só vive em minha memória, você me remete a cheiro de chuva, inverno, filmes, café quentinho e um misto de risadas e lágrimas. Lembro que eu sonhava com nossas mãos dadas e dedos entrelaçados, o quanto seus dedos gordinhos se encaixariam bem nos meus. Tudo seria perfeito sabe? Eu e você, você e eu… Nós. Seriamos perfeitos, seriamos como Brangelina, ou Kate Middleton e Príncipe William, ou como a combinação mais estranha sorvete com batata frita, sim seriamos perfeitos e cheios de defeitos, estranhos, danificados, machucados, mas cheios de amor. Seria perfeito, mas a vida não é assim, nada nunca é como queremos, principalmente quando é alguém tão orgulhoso quanto você, você ganharia o prêmio de pessoa mais orgulhosa de todas as galáxias, você me machucava e me concertava tão fácil, como um quebra-cabeça, você monta, desmonta, remonta, nossa dinâmica era exatamente assim. Eu era ingênua demais, como qualquer garotinha que acredita em papai Noel, fada dos dentes, e em coelhinho da páscoa. O primeiro amor é como andar de bicicleta, mas um segredo meu, eu nunca aprendi a andar de bicicleta, você foi a minha primeira pedalada, e o resultado, foram joelhos ralados, e um corte feio no coração. Mas a culpa não foi só sua, e eu sei disso, eu me conheço tanto, que sei dos meus defeitos, e eu te avisei, eu te implorei pra não insistir, porque você iria se decepcionar, e eu iria te machucar, e no final das contas quem me machucou foi você não é mesmo? Talvez a lei do retorno, tudo o que vai acaba voltando. Eu te perdoo por tudo, pelo quebra-cabeça, pela primeira pedalada, por Brangelina, só não te perdoo por não ter acreditado que nosso amor venceria tudo, por não ter deixado o orgulho de lado. Eu sempre irei te amar, você foi meu primeiro amor, e o primeiro a gente nunca esquece.
—  Anna Paula Varella.
Acaban de anunciarse los ganadores de A’ Design Award & Competition 2017

Ganadores en la categoría de envases y embalaje:

Pequeño bolsillo

Embalaje de piano para pastelitos Marais

Diseño de embalaje de miel Funny Honey

Meow – Nutrición para gatos callejeros

Envase para fideos instantáneos

Este es un diseño para un envase de fideos instantáneos, bastante distinto del usual. Cuando no se use, su tamaño será menor, pero al usarse crecerá.

Keep reading