bandey

IMAGINE HARRY STYLES

*Caso tenham gostado dessa primeira parte, me digam nas ask para eu saber se devo fazer a segunda parte desse pedido muito especial. Qualquer coisa eu rescrevo.

..

-Por favor Hazz- (Sn) implorou pela milésima vez me fazendo bufar cansado de sua insistência.

-Eu já falei que não vou- tentei soar firme mas creio que não deu muito certo. Não conseguia dizer não para (Sn).

-E por que não, eu posso saber?- tentei falar mas ela me interrompeu- e nem venha com esse papinho de que “eu não vou me encaixar” “Eu nem converso com a Louise” que essa desculpa não cola- cruzou os braços irredutível

-Mas é a verdade (Sa)! O que eu vou fazer nessa festa?

-Acompanhar a sua namorada não é uma ótima razão?-eu já conseguia ver as veias saltando do seu pescoço tamanha era a raiva que ela sentia.

-Sim meu anjo, mas..- fui interrompido novamente.

-Ou você não está querendo ficar comigo? Não quer ser visto junto a mim?- ok. Agora ela estava viajando na maionese.

-É óbvio que não é isso. Por que raio de motivo eu não iria querer ser visto com você? A garota mais perfeita do mundo- sorri doce e ela relaxou os ombros mas ainda estava irritada. E como ficava linda irritada

-Não sei- deu de ombros- vai ver você não quer ser visto com uma líder de torcida considerada uma loira burra pelos seus amigos. Pode afetar a sua fama de cara mais inteligente do colégio- não me contive e gargalhei, atraindo olhares desconfiados das poucas pessoas que passavam pelo corredor dos armários, onde nos encontrávamos encostados- ta rindo de que, idiota?

-Da sua capacidade de transformar algo como ser nerd e tímido em algo bom- me aproximei a abraçando-você não é burra, é a mulher mais linda, carinhosa, carismática, humilde, talentosa e inteligente que eu conheço, e meus amigos não te acham burra. Você sabe disso.

-Mas também não vão com a minha cara.

-Eles só não estão acostumado com o fato de eu estar namorando. Nem eu na verdade me acostumei ainda.

-E Por que não?

-(Sn), digamos que eu não sou o cara mais cobiçado pelas meninas do colégio- apontei para mim mesmo- não estou acostumado a ter uma namorada, ainda mais a garota mais popular do colégio.

-Pois se quer saber, eu acho ótimo você não ser tão cobiçado assim- sorriu maliciosa

-Ótimo?- perguntei confuso

-Sim, aí eu não preciso dividir a sua atenção com essas “criaturinhas” do colégio que se jogariam em cima de você se soubessem o cara incrível que você é, e o beijo maravilhoso que tem- não pude conter o meu sorriso pelas suas palavras doces.

-É incrível como você me faz sentir bem com tão poucas palavras, mas que tem um significado muito importante para mim- a selei- você me convenceu. Eu vou na festa!

-Sério?- assenti- sério, sério mesmo? Jura juradinho?- assenti novamente- Você é o melhor namorado do mundo!- disse eufórica se jogando nos meus braços, que a receberam de ótimo grado.

-Mas você tem que me prometer uma coisa- tentei dizer em meio aos seus beijos em minha face.

-Tudo o que você quiser, meu amor.

-Você não vai me deixar sozinho, no vácuo lá- ergui meu dedo mindinho e ela nos separou para entrelaçar o seu no meu com um sorriso malicioso.

-Meu amor, se tem uma coisa que eu não vou fazer, é desgrudar de você!

-Então quer dizer que você realmente vai no aniversário da Louise?- Louis me perguntou e eu assenti rindo- É.. Essa garota te dobrou direitinho.

-O que você quer dizer com isso?- perguntei já sem o sorriso de antes.

-Que se fosse há um tempo atrás você jamais iria em uma festa dada por ela.

-Eu só estou fazendo um favor para a (Sn), que me pediu para acompanha-la -Respondi rude

-Louis, para!- Liam interveio.

-Só estou comentando que desde que o Harry começou a namorar com a (Sn), ele tem feito muitas coisas que jamais faria se fosse há algum tempo atrás, mas precisamente antes da festa onde você conversou com ela pela primeira vez.

-Você está insinuando o que Louis?

-Nada demais, só não quero que você mude e se bandeie para o lado dos “populares”.

-Ele jamais faria isso- Zayn protestou.

-Exatamente. Você TEM que parar com esse comportamento infantil- apontei o dedo para ele irritado- eu posso entender que você esteja com ciúmes, já que desde o meu namoro com a (Sa) eu não tenho estado tão presente assim, mas você não pode transferir a culpa para ela. Você, mais do que ninguém, sabe que ela nunca fez nada para merecer tais insinuações, muito pelo contrário. De todos os “populares”, ela é a única que nunca destratou ninguém.

-Isso é verdade- Niall concordou, fazendo Louis bufar.

-Desculpa Dude, eu não deveria ter falado isso- assenti mais calmo e ele me abraçou- e pra ser sincero, eu até gosto um pouquinho da (Sn).

-Então está na hora de demonstrar, porque ela está achando que vocês a odeiam, já que não fazem a mínima questão de a incluir nos nossos programas- decretei.

-Pois pode dizer a ela que eu, Louis Tomlinson, a íntimo para a nossa pizza sexta-feira- comentou brincalhão fazendo todos rirem, principalmente eu, que suspirei aliviado.

-Obrigado dudes, isso é muito importante para mim- Comentei envergonhado, recebendo um “Own” em tom de zuação da parte deles, que logo me abraçaram.

-Mas você não parece muito tranquilo com essa festa- Niall disse e eu suspirei fundo tentando relaxar.

-É verdade, eu não estou nada tranquilo.

-O que aconteceu?- liam questionou.

-Prometem que não vão me zoar?

-Tentaremos- Zayn ergueu as mãos e os meninos fizeram o mesmo. Maravilha, mas uma zuação para a minha coleção.

-Ok- respirei fundo tentando criar coragem para compartilhar o que há dias estava me sufocando- eu estou achando que a (Sn) pode estar querendo..- não consegui completar e torci para que entendessem

-Querendo..?- Louis indicou para que eu continuasse.

-Querendo..transar- respirei aliviado e eles, por incrível que pareça, não riram- e eu acho que ela pode tentar algo nessa festa. E eu não quero parar com uma possível investida dela, não sei como ela pode reagir, e eu tenho certeza que vou travar.

-Calma que eu não estou entendendo. Qual é o problema dela querer transar?- Zayn perguntou com o cenho franzido.

-Eusouvirgem- falei embolado torcendo para que eles tenham entendido e eu não precisasse repetir. Mas pelas caras confusas que foram direcionadas a mim, a tentativa foi falha.

-É o que Harry?

-Eu sou virgem- completei baixo, abaixando a cabeça logo em seguida.

-Uow- foi a única coisa que eu escutei depois do que pareceu séculos.

-É..- concordei.

-E você se sente preparado para transar com ela?- Liam perguntou e eu levantei a cabeça boquiaberto com a sensibilidade que ele tratou esse assunto tão delicado que tanto me afligia

-Acho que sim. Eu quero fazer isso com ela, mas eu não sei como. Não quero parecer um virgem inexperiente para ela, apesar de eu ser isso. Toda vez que eu penso em fazer isso eu fico imaginando os caras que ela já deve ter se entregado, eles com certeza eram experientes e sabiam dar prazer para ela. E se eu fracassar?

-Harry, esses pensamentos não vão te ajudar em nada. Só irão te deixar mais inseguro ainda.

-E o que pode me ajudar então, Liam?- bufei encostando minha cabeça na mesa da biblioteca onde nos reunimos- eu to ferrado.

-Não está não, meu caro amigo inexperiente- Louis comentou e eu levantei rapidamente minha cabeça com os olhos brilhando em expectativa- eu tive uma ideia.