atraiu

Diante de tantos amores só o Teu me invadiu, me atraiu.
Diante de tantos olhares, só o Teu me fitou, roubou pra Si, meu coração.
Diante de tantos temores, Tua paz reinou dentro de mim.
Diante de tantas belezas, Tua beleza real conquistou-me para Si.
Sim é Teu meu coração, sim é essa minha decisão! Sejas, Senhor, meu único amor, meu tudo!
—  Comunidade Católica Shalom
Você arrebatou meu coração, ele ficou em suas mãos e eu me tornei dependente de você. Sua voz atraiu meus ouvidos e eles se tornaram dependentes das suas palavras. Meus olhos viram a sua beleza, e ficaram focados em Ti. Você mudou minha mente com seu poder, e minha boca anuncia o seu louvor. Meu corpo inteiro é envolvido por você eu não consigo ficar de pé. Acredito que o meu destino seja estar de joelhos.
—  a-sound0fprayer

De vez em quando


de vez em quando
é que você encontra
alguém com uma
presença
e eletricidade
que combina com a tua
no
ato

e nessa hora
geralmente é
uma estranha

foi há 3 ou 4
anos atrás
eu andava pela
Sunset Boulevard
em direção a Vermont
quando
a uma quadra de distância
notei uma
mulher vindo
em minha direção

havia algo
em sua postura
e no seu andar
que
me atraiu.

conforme nos
aproximamos
aumentou
a intensidade.

de repente
eu sabia toda
a sua história:
ela viveu
a vida toda
com homens
que nunca a conheceram
de verdade.

quando ela chegou perto
quase fiquei
tonto.

podia ouvir os seus
passos quando
ela chegou perto.

olhei em
seu rosto.

ela era tão
bonita
quanto eu
pensava
que ela seria.

conforme passamos
nossos olhos transaram
e se amaram e
cantaram um
para o outro

e então
ela passou
por mim.

fui andando
sem olhar
pra trás.


quando olhei
pra trás
ela tinha
sumido.

o que se deve
fazer
num mundo
onde quase tudo
que vale a pena ter
ou fazer
é
impossível?

entrei num
café
e resolvi que
se algum dia a encontrasse
de novo
eu falaria
“por favor, escuta,
só preciso
falar com
você…”

nunca mais a vi
de novo

nunca mais a verei.

a rigidez de nossa
sociedade silencia
o coração
de um homem

e quando você
silencia o coração
de um homem
você deixa ele
por fim
apenas com um pênis.

Charles Bukowski, no livro Maldito deus arrancando esses poemas da minha cabeça