ataca

Imagine Harry

pedido.

P.O.V (S/N)

Os ponteiros do relógio pareciam não se mover mais, podia ouvir alguns passos no corredor mesmo com a porta fechada, minha poltrona parecia machucar ainda mais as minhas costas com cada movimento que fazia impaciente, a pequena mão segurava meus dedos e eu não me atrevia a retirar meu braço sobre a cama. Essa era minha rotina pelos últimos meses quando descobrimos que nosso filho tinha uma rara doença genética chamada Lupus, depois de vários exames o médico constatou que sempre esteve no meu corpo mas eu não fazia ideia.

Mais uma madrugada em claro no hospital meu pequeno respirava devagarzinho pela gripe forte que pegou, a doença ataca a imunidade do corpo fazendo com que seja extremamente forte e reagindo contra os órgãos os considerando como invasores.. O tratamento é feito com medicamentos que agora também utilizo, mas até acertamos a sua dosagem, meu pequeno fica doente com muita facilidade e tudo isso enquanto meu marido está em turnê.

-Alô-atendi meu celular que vibrava no meu bolso com um sussurro

-Amor ?- sua voz rouca me chamou fazendo meus olhos se encherem de água-Desculpa te acordar- ele sussurrava como se estivesse ao meu lado-Queria saber como nosso pequeno está- sorri o observando dormir

-Estamos bem- menti acariciando a sua pequena mão-E o show como foi ?- sorri imaginando sua expressão mudando

-Foi incrível- ele contava animado e eu apenas assentia tentando segurar as lagrimas que insistiam em cair

-Isso é ótimo meu amor-assenti que sim com a cabeça para a enfermeira que entrava no quarto para chegar meu filho enquanto caminhava até o corredor.-E quantos shows ainda faltam ?- perguntei e me arrependi

-Alguns babe- sua voz era doce-Porque ? está tudo bem ?- respirei fundo ficando em silencio-Faz quanto tempo que vocês estão ai ?- ele inquieto falava sem parar

-Calma Harry- adiverti o fazendo ficar em silencio-Só algumas horas-Lui precisava fazer inalação e preferi passar a noite aqui- podia ouvir sua respiração pesada- É só uma gripe- assenti

-Porque não me avisou ?- calmamente ele me questionava

-Você não podia fazer nada dai meu amor-assenti-É só uma gripe, quando amanhecer voltamos para casa-observei a enfermeira sair do quarto e ao entrar dei de cara com dois olhos verdes me observando -Espera um minuto

P.O.V Harry

Estava caminhando de um lado para o outro dentro do meu quarto de hotel, só de pensar em minha mulher e meu pequeno em um quarto de hospital de dilacerava por dentro, por ser um péssimo e marido e pai estando do outro lado do mundo, o telefone estava em silencio por alguns minutos

-Papai- uma voz doce fez as lagrimas começarem a descer pelo meu rosto

-Oi Campeão- pude ouvir sua risadinha de fundo-Como você está ?- pelo som ao fundo imaginei que ele estava no viva voz

-Bem papai- ele deu um espirro

-Saúde- eu e (s/a) falamos juntos

-A mamãe disse que você volta logo- ele tagarelava-.. E ai vamos fazer aquela proteção para o homem aranha e o homem de ferro

-Louis Edward- sua voz rouca o fez suspirar

-Tá bem mamãe- imaginei sua feição brava para ela me fazendo sorrir

-Quando  voltar vamos fazer tudo isso está bem campeão ?- ele ficou em silencio

-Amor o papai não está te vendo balançar a cabeça- ela ria baixo me fazendo rir

-Tchau papai-ele espirrou mais uma vez- Amo você

-Também amo você campeão- sorri enquanto ouvi as instruções da minha mulher para ele puxar o travesseiro e deitar

-Quando chegarmos em casa eu te ligo Hazza- sua voz estava baixa e eu ouvi alguns passos, fiquei em silencio sentindo as lagrimas escorrerem e a minha garganta queimando-Você é o melhor pai do mundo..- suspirei-O melhor marido e eu te amo tanto, eu sei o quanto você queria estar aqui e isso é o que importa.. -não conseguia dizer uma única palavra-Ele sabe que você queria estar aqui- ela sussurrou

-Eu sinto muito- murmurei com a minha mão sobre a cabeça sentindo as lagrimas inundando meus olhos

-Não sinta meu amor, eu preciso…-LOUIS..- ela aumentou o tom de voz me assustando..- Solta isso,não é pra brincar com o controle da cama, cristo menino..-sorri baixo imaginando a cena- Amor eu preciso desligar e colocar essa mini versão Styles pra dormir antes que ele destrua o quarto..-ri baixo

-Amo você- sussurrei a ouvindo repetir antes de desligar

P.O.V (S/n)

Desci até a recepção para assinar alguns papeis liberando a saída do meu pequeno do hospital enquanto uma enfermeira o ajudava a se trocar, Louis era a versão mirim do Harry com seu padrinho Lui, ainda me pergunto porque deixei meu marido escolher o seu nome.. O que o deixava as vezes impossível, mesmo com 4 anos ele me deixava louca com suas travessuras. Sai do elevador caminhando em direção ao quarto e senti uma movimentação maior que o de costume quando abri a porta tive que me segurar pra não cair para trás com a cena

-Você acha mesmo ?- Lui saltou da cama pulando nos braços do Harry parado a sua frente- Que o aranha vai vencer na nossa luta ?- ele desconfiado discutia os planos da brincadeira

-Tenho certeza que sim- ele espalhava beijos sobre o seu rosto o fazendo rir-Oi mamãe- ele se virou pra mim que já estava com os olhos cheios de lágrimas

Apenas fui até os dois e os abracei forte antes de receber os seus lábios sobre os meus em um selinho demorado-Não papai- senti duas mãos o empurrando-A mamãe é minha- ele cruzo os braços nos fazendo rir.

Harry com toda a certeza é o melhor marido e pai do mundo.

youtube

Perro ataca a bebé

¡Hoy es DOGmingo!