artis tragici

Plano Marshall

O Programa de Construção Européia (European Recovery Program) foi um programa norte-americano de ajuda financeira para a reconstrução dos países europeus afetados gravemente pela Segunda Guerra Mundial. O Programa ficou conhecido por Plano Marshall pelo nome do criador do plano, o General George Catlett Marshall.

Como já foi dito aqui, a Europa ficou devastada depois da Segunda Guerra, com escassez de matéria prima, afetando as fábricas e a produção, fazendo com que, obviamente, a economia caísse. O Plano Marshall tinha com objetivo reconstruir os países devastados porque a Europa era seu maior e principal mercado, e o centro industrial do continente estava no ocidente. E claro, também pelo fato de que sem a ajuda dos EUA, a Europa ocidental poderia se render ao comunismo, já que sem a ajuda econômica dos norte-americanos, eles poderiam ser facilmente influenciados pela URSS, e isso comprometeria a segurança Americana. O Congresso Americano aprovou uma ajuda de mais ou menos 13 bilhões de dólares, e 70% do total foi usado para comprar bens norte-americanos. A medida que crescia a tensão na Guerra Fria, os recursos eram gastados mais com investimentos militares do que com a indústria, que cresceria economicamente o países. Em 1952, a influência da URSS no Ocidente acabou, e a produção industrial cresceu 35%, a economia começou a se recuperar, deixando a Alemanha Ocidental independente.