aquedadogovernador

— Austin, espere. — Lilly busca as palavras certas. — Desculpe… Estou sendo ridícula. Só quero ir devagar. O que aconteceu ontem à noite…
Austin a pega nos braços, olha fundo nos olhos dela e diz:
— O que aconteceu ontem à noite foi lindo. E não quero estragar isso — a expressão dele se suaviza. Austin toca o cabelo de Lilly e dá um beijinho platônico na lateral do rosto dela. Ele faz isso sem intenção, sem premeditar. Simplesmente beija a têmpora de Lilly com muita ternura. — Quer saber a verdade? — Austin a encara. — Você vale totalmente a espera.
E, com isso, ele desce as escadas arrastando os pés e sai pela tempestade que se forma.
—  The Walking Dead: A Queda do Governador