aniitxa

O Flamengo não é só time, é o meu coração. Muito mais que uma torcida é uma grande nação. Quando tem o rubro-negro em campo, é certo dizer: Vou no Maraca pra ver o Mengão vencer! A raça desse time faz a terra tremer. Um caso de amor eterno, que é nacional. Onde tem jogo do Mengão, tem carnaval! Paixão sem igual, só quem vive pra saber. Mengão sensacional! Nasci Flamengo e sou Flamengo até morrer. A mística do manto, uma velha tradição. A sina desse time é sempre ser campeão. O preto e o vermelho tomam conta de mim. No mundo inteiro não tem amor assim! Paixão sem igual, só quem vive pra saber. Mengão sensacional! Nasci Flamengo e sou Flamengo até morrer. Uma vez Flamengo. Flamengo eu sempre hei de ser. Uma vez Flamengo. Sempre Flamengo até morrer.

Rock do Mengão - Cardióides. ♥

Escrever sobre amor nunca foi tão difícil. Na verdade, sempre foi muito fácil escrever sobre o amor, sobre o que eu achava ser amor. Já escrevi sobre inúmeras pessoas, mas você sempre foi um caso que me deixou intrigada. Sentei inúmeras vezes com papel e caneta pra escrever pra você sobre nós e nada saia. Mesmo lá no começo quando nada dava certo, nem sobre os erros eu conseguia escrever. E hoje, quando tudo se encaixa, cá estou eu com papel e caneta em mãos pra tentar escrever pra você de novo. Um relacionamento intrigante, cheio de idas e vindas, cheio de mudanças, cheio de coisas pra contar. Me lembro como se fosse hoje, o primeiro beijo em meio aos chuvisco no bosque com o tempo nublado, eu, você e mais ninguém. Mas lembro também que antes disso vieram conversas, amizade. Amizade essa que nunca deixamos morrer. A melhor parte do dia era chegar, abrir sua janela e conversar. Você era meu anjo, lembra? Conversas e mais conversas, de pouco em pouco fui me apaixonando. Tentamos um relacionamento duas vezes, e infelizmente não deu certo. Ainda não estávamos preparados. E como eu disse, a amizade não morreu. Te considerava um irmão, dávamos muitas risadas juntos. Você me zoava, eu te perturbava. Tudo tão normal que eu consegui até achar que o que eu sentia era realmente um “amor de irmão”. O tempo passou, eu tive meus relacionamentos e você os seus. Mas nunca me deixava esquecer você, sempre tão presente ali nos pensamentos. Tinha sempre algo que me fazia lembrar você, e tinha sempre um amigo que fazia lembrar ‘nós’. Antes eu me arrependia de ter mudado de escola, e depois agradeci pois se não não teria tido você. Voltei pra mesma escola que você, amigos, zoações. Até que você mudou de sala. Tudo bem, beleza, ele só está ali no fim do corredor. Mas não, espera, ele tá mudando de escola? E agora? Ficar distante de um dos motivos pra minha volta era um pensamento terrível! Demorava a cair a ficha, mas você me conhece, sabe o tamanho do meu orgulho. Eu não ia ficar por aí demostrando as esquerdas e direitas o quanto isso me magoava. Ficar afastada de você foi terrível. Mas sou metida a valentona lembra? Tava com a cabeça em outro mundo também, e o orgulho de te chamar no chat e falar “Me visita, seu chato!” era grande demais. Mas você sempre visitava, e isso me confortava! Mesmo que não fosse todo dia, continuava presente. Passaram se as férias, e cadê o contato? rs. Um belo dia uma chamada no chat, você! Coração dispara.. Está com saudade? Esse menino veio querer me matar, não é possível. Conversas e conversas. Uma visita, um beijo, todo aquele amor me consumindo de novo! Felicidade sem igual! Abri mão de tudo, joguei coisas pro alto, pra ver esse amor dar certo. Tanto que eu ouvi enquanto eu abria a mão das coisas que esse relacionamento nunca iria pra frente. “Você já tentou outras duas vezes e não foi pra frente, porque agora vai ser diferente?” Porque agora nós somos diferentes, eu dizia pra mim mesma, eu ponho fé, sei que amadurecemos e estamos pronto pra sentir aquele amor de novo. Você veio e provou que tudo que eu pensava era certo, provou que veio pra ficar. E aquele pedido de namoro? Vou repetir quantas vezes for preciso, nunca sairá da minha cabeça. “Mô, quer namorar comigo de novo, de novo e de novo?” É claro que sim, seu bobo, tava escrito na minha testa! Felicidade maior eu não podia ter. Passaram as semanas, eu enrolava pra te trazer aqui, tava com medo da minha mãe me tachar de louca por largar um relacionamento e já mergulhar de cabeça em outro. Até que naquele dia, dia inesquecível por inúmeros fatos, você vem na minha casa. Simplesmente entra na mesma van e desce no mesmo ponto que eu. Vem conhecer meus pais! Aí veio a certeza de que eu podia mergulhar de vez no nosso relacionamento, mas do que eu já estava. Passou se o tempo, fizemos um mês! Mas espera, não eramos nós que não conseguíamos passar um mês juntos? Vieram 2 meses, e agora 3! Sei que é cedo pra falar, mas sinto que muitos meses maravilhosos ao seu lado ainda estão por vim. Me fez sentir a mulher mais feliz do mundo. Mulher sim, pois sei o quanto aprendi e amadureci nessas nossas idas e vindas, sei que não sou a menininha de dois anos atrás. Cada momento do seu lado é mágico, é como se eu estivesse em outro mundo. Sei o quanto é clichê escrever isso, mas não existe outra maneira de traduzir o que sinto. Criar mais e mais intimidade com você, poder deitar do teu lado e passar a noite em claro cuidando de você, te observando sonhar como se fosse um anjo. Não existem palavras pra transcrever o quão maravilhoso é cada momento do teu lado. Você é um homem e um menino maravilhoso! Por isso as vezes sinto um medo enorme de te perder, um ciume tremendo. Vai que aparece alguém mais interessante pra você? Mas não quero pensar em bobagem num momento tão maravilhoso. Eu te amo, e esses dois anos longe foram só pra provar o quão verdadeiro é o meu sentimento por você. Tô contigo pra tudo, estamos juntos pra sempre! Você é meu anjo protetor e ninguém no mundo vai mudar isso! Parabéns, feliz 3 meses pra nós ♥

Ana Figueiredo.