amo a carol

Seu dia 24/07

Sonhos mudam, paixões passam, corações partidos e restaurados. É questão de tempo, amadurecimento dos pensamentos. O novo fica velho, a novidade se torna clichê. O 15 vira 16. Lembro exatamente do dia em que nós nos conhecemos, de cada detalhe das primeiras conversas, primeiras brigas, primeiros ciúmes por motivos bobos e sem noção. Cada choro meu quando o coração apertava querendo te abraçar, querendo teu abraço, querendo tudo que eu não podia ter e apenas sonhava com isso e continuo sonhando.
Carol, você sempre esteve comigo nos piores e nos melhores momentos da minha vida, sempre lá me apoiando e me botando pra cima, me ajudando a superar meus problemas, por você eu daria a minha vida, porque você é tudo o que tenho de mais precioso na vida. Deus não poderia ter escolhido outra pessoa melhor pra botar na minha vida e eu agradeço a ele sempre por isso. Algumas vezes na vida, você encontra uma amiga especial. Alguém que muda sua vida simplesmente por estar nela, alguém que te faz rir até você não poder mais parar, alguém que faz você acreditar que realmente tem algo bom no mundo, e esse alguém é VOCÊ! Eu quero te agradecer por tudo, por tudo o que a gente já passou uma ao lado da outra, cada risada, cada briga, cada xingamento que não são poucos, por tudo. Eu te amo muito, muito mesmo, você vai estar sempre comigo, isso não é exagero! Você sabe que ta difícil a gente parar pra conversar, colocar tudo em dia mas isso que eu sinto por você em nenhum momento diminui, poderíamos nunca ter nos conhecidos, mas é o destino, e agradeço a ele por isso.
Feliz aniversário meu amor, que tudo de bom aconteça na sua vida e que você seja muito feliz! Que Deus lhe dê muita saúde, paciência, dinheiro e principalmente FELICIDADE, que Deus te ilumine aonde estiver. Bom amor, saiba que te amo bastante, e que você é muito importante na minha vida, minha eterna vaca. Eu nunca vou te abandonar e desculpa por tudo, pelos meus ciúmes, por minhas brigas idiotas sem necessidade. Quero que você conte comigo sempre e nunca deixe de ser quem você, linda, diva, vaca, puta, maravilhosa, sapatão, lébisca… Eu só queria te abraçar agora e te dizer o quando eu te amo e o quanto você é importante pra mim mas isso ainda não é possível, nossa hora vai chegar, ta? anota isso aí.
“Você é meu anjo da guarda, você é meu chão, meu ar, minha vida, o que seria de mim sem você?”

PARABÉNS CAROLINA ELLEN
Uma carta a Deus! #18

Hoje meu coração está apertado, apertado por não saber como te agradecer pelo tanto que tens feito! Hoje eu choro, porque não sei como retribuir toda graça e misericórdia com que tens me cercado! Quantas e quantas vezes eu cantei “Como o vento, venha e faça Sua vontade” com o meu coração em pedaços por abrir mão do meu próprio eu e fiz por “obrigação” o que Tu me pediu e nem assim Tu retirou a Sua bondade da minha vida. Mesmo com todas as minhas reclamações e dúvidas, Tu não te restirastes da minha vida. Mesmo com todos os meus erros, Tu não me tirou da Sua presença. Deus, eu sei que eu duvidei de todas as Suas promessas, sei que achei que não poderia ser tão bom pra mim viver o que Tu queria e te peço perdão por ter sido tão fraca e boba. Perdão pela minha primeira reação não ter sido confiar em Ti. Deus, eu nem ao menos consigo descrever o quanto eu sou grata pelo momento que estou vivendo, Tu está transformando esse ano no melhor da minha vida, não pelo que tenho em mãos, mas pelo que tenho tido em meu coração, pelo que tenho tido de Ti. Ah Deus, muito obrigada por não permitir que eu fosse por onde eu queria, obrigada por gritar não para mim e não ceder, obrigada por matar cada dia o meu eu, obrigada por ter me dado força pra continuar mesmo sem ver nada. Eu ainda não vejo nada, eu admito, mas tudo o que tem acontecido me faz ver que Contigo não há acasos ou coincidências, tudo está diante e conforme a Sua boa, perfeita e agradável vontade! Obrigada por cuidar dos detalhes minúsculos que eu nem ao menos vejo. Eu sei que nem com toda minha vida Te servindo eu vou poder retribuir as coisas que tens feito por mim, mas, muito obrigada! Obrigada por me mostrar que eu não preciso ver para crer e sim o contrário! Obrigada pelo amor incondicional e pelo cuidado sem fim. Obrigada por ser comigo e, por favor, me deixa te conhecer mais e não deixe que eu vá nunca por mim mesma. Que seja sempre Contigo e conforme Tu queres! Minha vida te pertence, Deus, eu só quero o Teu querer! Eu não sei viver sem Ti, meu Deus. Tu é a melhor escolha de toda a minha vida, obrigada por tudo que tem sido e por tudo que virá, porque até mesmo na espera Tua fazes maravilhas! EU TE AMO, MEU DEUS!

carol giovannini, chance com Deus.

O destino me reservou algo tão valioso e perfeito que mesmo que eu tente agradecer pelo resto da vida, nada seria perante o que ganhei. E você sabe o que ganhei? Ganhei seu amor, seus beijos, carinhos, e o melhor de tudo, ganhei você. Simples e unicamente você, o amor da minha vida! O que mais posso querer? Você faz da minha vida um sonho tão perfeito, que temo um dia acordar e perceber que tudo acabou.
Nosso amor é puro, real, sincero, gigantesco e sem fim. Nada nesse mundo é grande o bastante pra acabar com toda felicidade que me dá. O universo é pequeno diante de nós. Quero estar contigo não somente hoje, amanhã e depois, mas por toda eternidade.
Os seus sonhos são os meus sonhos, e os meus sonhos nada valem sem sua presença e sem a realização dos seus sonhos. Tudo conspira ao nosso favor… Parece que a vida e o destino estão torcendo pela gente.
Você me fez e continua fazendo, te amar de uma maneira tão intensa, que, às vezes, até eu me estranho. Em tão pouco tempo já passamos por tantas coisas juntos. Temos muitas histórias pra contar, relembrar e rir de nós mesmos. Vivemos tão intensamente nosso amor. Cada dia é um novo recomeço, só existe o início, não existe fim.
Lendo essas coisas até parece que nunca discutimos né? Até capaz mesmo! Nós brigamos também, qual casal não briga? Mas a cada reconciliação aumenta minha certeza de que nada é capaz de separar o laço que nos une. Não tinha como ser diferente, eu sou sua e você é meu. E como você diz, não somos mais ‘eu e você’ e sim ‘nós’, uma única pessoa. O destino nos encarregou de ser feliz!
Meu anjo, tudo o que eu disse se resume em duas simples, mas perfeitas palavrinhas: te amo! Sem dúvida alguma você é o amor da minha vida, presente de Deus pra me fazer feliz. Te desejo cada dia mais… Te sinto sempre mais perto de mim. Olho pra trás, vejo tudo que já vivemos e tenho a certeza que faria tudo de novo sem mudar ao menos uma palavrinha que foi dita, porque tudo que vivenciamos, em cada momento, valeu muito a pena.
Te amo demais!
—  Carol Linhares 

credits to arslansenkis (tweet) or like *:・゚✧

“Encontrei o nosso livro pra te dar nessa
data tão especial. Pra ser o seu livro,
assim como foi o meu. Pra te lembrar
que a gente já se enclausurou em
lugares fechados e que, mesmo assim,
o ato de sentir nos alcançou. Então,
decidimos arrombar cada gaveta trancada
por cadeado, para que o sentir
fosse um alívio, e não um fardo.
Sentir deve ser sinônimo de vida.
Quando não for, me dá uma procurada
pra gente conversar como sempre. 


Te amo e te quero bem,
Carol.
15/02/2017”


>Carne Nua . Mônica Montanari 

>Enviada por Luiza Leite (coleção particular)

>Ela conta: Ganhei esse livro no meu aniversário da menina que sempre me dá de presente histórias com dedicatórias de inflar o peito de amor e outros sentimentos que ainda não sei o nome.
Esse livro que é nosso livro. Que encontrou ela numa livraria bagunçada e depois protagonizou tardes nossas lendo seus trechos em voz alta e sentindo que tudo aquilo foi escrito pra nós.
Agora, ela me comprou um também.
Obrigada, Carol. Estamos juntas nessa caminhada. E sabemos bem: nós cansamos de gavetas fechadas.
Te amo.

O destino me reservou algo tão valioso e perfeito que mesmo que eu tente agradecer pelo resto da vida, nada seria perante o que ganhei. E você sabe o que ganhei? Ganhei seu amor, seus beijos, carinhos, e o melhor de tudo, ganhei você. Simples e unicamente você, o amor da minha vida! O que mais posso querer? Você faz da minha vida um sonho tão perfeito, que temo um dia acordar e perceber que tudo acabou.
Nosso amor é puro, real, sincero, gigantesco e sem fim. Nada nesse mundo é grande o bastante pra acabar com toda felicidade que me dá. O universo é pequeno diante de nós. Quero estar contigo não somente hoje, amanhã e depois, mas por toda eternidade.
Os seus sonhos são os meus sonhos, e os meus sonhos nada valem sem sua presença e sem a realização dos seus sonhos. Tudo conspira ao nosso favor… Parece que a vida e o destino estão torcendo pela gente.
Você me fez e continua fazendo, te amar de uma maneira tão intensa, que, às vezes, até eu me estranho. Em tão pouco tempo já passamos por tantas coisas juntos. Temos muitas histórias pra contar, relembrar e rir de nós mesmos. Vivemos tão intensamente nosso amor. Cada dia é um novo recomeço, só existe o início, não existe fim.
Lendo essas coisas até parece que nunca discutimos né? Até capaz mesmo! Nós brigamos também, qual casal não briga? Mas a cada reconciliação aumenta minha certeza de que nada é capaz de separar o laço que nos une. Não tinha como ser diferente, eu sou sua e você é meu. E como você diz, não somos mais ‘eu e você’ e sim ‘nós’, uma única pessoa. O destino nos encarregou de ser feliz!
Meu anjo, tudo o que eu disse se resume em duas simples, mas perfeitas palavrinhas: te amo! Sem dúvida alguma você é o amor da minha vida, presente de Deus pra me fazer feliz. Te desejo cada dia mais… Te sinto sempre mais perto de mim. Olho pra trás, vejo tudo que já vivemos e tenho a certeza que faria tudo de novo sem mudar ao menos uma palavrinha que foi dita, porque tudo que vivenciamos, em cada momento, valeu muito a pena.
Te amo demais!
—  Carol Linhares
“Promesa a un Ángel” -WIGETTA DRABBLE-

*ANTISIPADAMENTE ME DISCULPO CON LA GENTE SENSIBLE, ES PROBABLE QUE SIENTAN ALGO*

Gracias a ti, que estás leyendo esto por tomarte la molestia de hacerlo…

¿Y por qué agradezco?

Porque este drabble incluye algo muy personal que quise compartirlo con ustedes. Algunas cosas pasaron y otras no, a ver si descubren cuales fueron :P

¿El motivo?

Ninguno en especial, comencé a escribirlo y al terminarlo decidí mostrarlo por el simple hecho de querer hacerlo.

Y no, no lo hago por presumir que tan “bien” sé escribir, ni por fama, seguidores o votos.

Solo por regalarles un momento en el que olviden todo y sean este personaje…

Y ¿Por qué no? Hacerlos llorar un rato ;)

Además que leer nunca está de más :v

Cualquier comentario, critica es bien aceptada :D

De nuevo gracias y adiós c:

Att: Yeli.

*******

Estaba sumergido en mis pensamientos, imaginando un sin fin de cosas en mi cabeza, organizando mis ideas.

Sentado en el borde de la acera, mirando todo y a la vez nada; así me encontraba yo, presente e inexistente.

Unas pisadas se escucharon detrás de mí, para después tener frente a mí a mi pequeña hermana agachada a mi altura, aunque ya era muy pequeña no era necesario que se agachase.

Me escrutó con sus brillantes ojos marrones, intentando Descifrarme.

Ella no sabía que yo era un enigma. Ambos lo éramos.

Mantuvimos la mirada el uno al otro, hasta que ella sonrió y miro al cielo.

-Extraño a Samu…- musitó viendo al azul techo con nostalgia.

Mi corazón se encogió, se encogió tanto que pensé que desaparecería; la observe bien, no se veía triste ni alegre, sólo veía al cielo de una manera indescriptible.

-¿Lo extrañas?- dije con un nudo en la garganta, con mi voz a punto de quebrarse.

-Si…-alzo un poco más su voz y ensancho su sonrisa.- lo extraño mucho…

No sentí dolor, solo tristeza y nostalgia, cosas muy distintas; yo también le extrañaba inmensamente, prácticamente él era parte de mi y cuando se fue me dejo incompleto; viviendo en una constante tristeza, donde los recuerdos se repiten una y otra vez, como un disco rayado; viviendo mi incesante agonía.

Pero había días donde olvidaba eso, donde me desconectaba por completo y mi mente viajaba a un más lejos a lo desconocido. En esos días olvidaba que él ya no estaba tan lejos y pensaba que sólo llevaba un tiempo sin verle porque no le había visitado.

Pero en otros días… no paraba de llorarle a su ausencia.

-Él esta haya arriba- hablo con su tono de voz agudo y tranquilizante, señalo al cielo- en esa nube de haya…-indicó con su pequeño dedo la nube más cercana.- está ahí, viéndonos, con sus grandes alas porque ahora él es un Ángel…

Sus palabras estaban llenas de ilusión, teniendo ella asegurado que así era. Su inocencia me sorprendía provocando el que sonriese.

Ella tenía razón, sin embargo él ahora no era un ángel, siempre lo había sido. Todos haya, donde sea que estuviese, han de envidiarle; porque más que un Ángel, Samuel parecía un Dios.

Era tan bello y puro, era tan hermoso por dentro que como por fuera; y poseía una de las sonrisas más hermosas que haya tenido el honor de poder contemplar.

Pero su belleza termino, como cuando una estrella se apaga, como cuando una flor se marchita o el fuego se extingue. Como todo lo que muere.

Pero Samuel vivía en ella, en Carol… Con la misma mirada anhelante y brillante, con los mismos sueños y sonrisa. Con el mismo espacio en mi alma.

-Lo es. - afirme mientras le sonreía, intentando no llorar.

-Quisiera ir a visitarle, ¿Puedo subir al cielo? - me cuestiono inocentemente, atenta a mi respuesta.

¿Qué responder a esa pregunta?

No, yo no quería que ella también se fuera, no quería quedarme soló. Ya no quiero sentir más dolor.

-No puedes…-respondí con un dolor en el pecho, su mirada de decepción apareció pero rápidamente fue sustituida por una risita.

-Cierto- dijo de pronto ella como si lo que dijera fuera una insensatez, como si de algo se acordase.- Él dijo que te cuidara.

Ahí fue cuando me desborone, cuando la realidad me dio una bofetada y después me llenaba de sentimientos de los cuales tristeza era el único que distinguía. Y las lágrimas salieron de mis ojos…

-Está muy alto.-dijo volviendo a mirar al cielo y estiro su brazo, como si así tocase las nubes- no alcanzo…-hizo un puchero de decepción para posteriormente mirarme con asombro. -Guille ¿por qué lloras?…- se acercó a mí, dispuesta a abrazarme.

-Porque lo extraño mucho, pequeña.- dije a solo una lagrima de colapsarme.

La acerque a mí y la abrace con toda la poca fuerza que tenía, con el corazón hecho añicos.

-Te quiero mucho, Carol. No te vayas tú también…-la apreté un poquito más.

-Está bien Guille, no me iré. De igual manera tengo que cuidarte…-recargue mi rostro en su hombro, escondiéndome de su mirada; ella comenzó a acariciar mi cabeza mientras yo abrazaba su pequeño cuerpo.

¿Por qué tuvo que irse? ¿Por qué me dejo tan vacío?

Ahora no sé cómo continuar, como caminar sin caerme, como dormir sin tener pesadillas, como reír sin llorar. Como vivir sin tener en mi mente el día de su partida.

Desear verle, aunque sea solo por un segundo de nuevo su sonrisa, sus ojos…

Sentir de nuevo sus labios.

Era inigualable ¿qué haré con todo esto que dijo en mí y con lo que se ha llevado?

Cada segundo que pasa me dedicó a recordar todos aquellos momentos que pase a su lado y a pesar de que ambos éramos un secreto, en donde durante el día éramos amigos y cuando reinaba la noche éramos amantes; junto a él nada nunca me faltaba, cuando amor necesitaba amor me daba, cuando lloraba él me sonreía y todo lo olvidaba.

Él era mi hombre y mi hombro donde apoyarme.

Y más tarde que nunca, me di cuenta que yo nunca lo consolé…

Y no sabía si era porque él no lo necesitaba o simplemente se quedaba callado. Pero era una gran persona que siempre estaba ahí.

Tal vez por eso el mundo me lo quito, porque no lo merecía.

Cuantas veces se lo dije…pero siempre se quedaba a mi lado, callándome a besos y diciendo que no debía infravalorarme como para pensar que yo no era digno de nadie… Porque según él: yo lo era todo.

Pero ahora solo soy un nada, un triste y roto nada que vaga por la vida sólo.

Solo por ella sigo aquí…

Y por mi promesa.

***

-Guille, prométeme que si un algún día muero, tú seguirás bien. Que cuidarás de Carol y serás feliz.- dijo mirándome a los ojos.

-¿Qué cosas dices?- ¿acaso creía que era dependiente de él?- eso no pasara, Samuel- le Sonreí, intentando auto convencerme.

-Cualquier cosa puede pasar…-me sonrió igualmente de un modo indescifrable, a veces sus ojos eran tan misteriosos como lo bella que solía ser su sonrisa.

- entonces; en caso de que eso pasase, te lo prometo. Pero tienes que prometerme algo tú a mi.- le sonreí tiernamente.

-Lo que sea. – me miro atento, esperando que hablase.

- Te casarás conmigo.- solté de repente. El me miro atónito pero después sonrió, mostrándome así mi mayor debilidad.

- no hace falta que te lo prometa, lo iba a hacer de igual manera.- dijo cariñosamente.

- entonces toma- le extendí mi brazo- te quería dar esto.- abrí mi mano mostrando el objeto

-¿un anillo de bodas, Willy?- fingió desconcierto.

- Si, eso creó.- fingí desinterés.

-¿así pides tú matrimonio?- me miro cuestionante y burlón- aprende como se hace…- se paró del césped en el que estábamos acostados y me extendió la mano para que me pare igual que él.

-Willy… – dijo ya una vez de pie, mientras se arrodillaba como era típico hacer. Continúo viéndome con una sonrisa cómplice en sus labios.

-¿qué? - Sonreí.

-¿Quieres casarte conmigo?- pregunto, seguro de mi respuesta.

Me agache para quedar a su altura, pareció sorprenderlo tal acto pero quedo pendiente de mis actos. Lo bese fugazmente en los labios con todo el amor que podía demostrar en un solo beso, y aun así faltaba mucho que demostrar; lo mire directamente a los ojos.

-¿tú que crees? , Tontorrón.- ambos sonreímos y nos besamos, como solo nosotros sabíamos hacer.

****

Aun así, no hubo tiempo para cumplir todo.

Pero aun sin felicidad y sin él; aunque ya no me quede nada, y solo haga mi promesa a medias.

Viviría.

No hay momento en el que no lo extrañe, en que no recuerde su risa o sonrisa; sus malos chistes o sus insaciables labios, aun me duele no haberme despedido, no haberle recordado por millonésima vez cuanto lo amaba.

Quizá el tiempo no se puede regresar, quizá lo que se pierde jamás regresa y las mejores personas siempre se van.

Tal vez todo es efímero en esta vida.

Pero lo que yo siento por él; ese amor empedernido.

Puede que sea la excepción a todas las leyes de la vida.

-Guille, Te amo.

-¿Qué dijiste?- por alguna razón, esas palabras parecían no ser dichas por ella. Ella solo sonrió. – Yo te amo aún más…-respondí.

A veces, tenemos ángeles aun lado nuestro y solo en el instante en el que ellos se van, es suficiente para desgarrar más allá del alma; pero supongo, que ellos tienen que volver de donde vinieron.

Hay que valorar a las personas; cuando nos despidamos, hay que despedirnos como si ya no existiera alguna otra vez en la que nos volvamos a ver; en un instante todo desaparece y quienes se van se llevan todo consigo. Solo nos dejan un recuerdo, un miserable recuerdo que solo es el resto de lo que se llevaron. Hay que disfrutar cada momento junto a nuestros seres amados.

Pero no me arrepiento, aunque los recuerdos sean lo poco que tenga, los atesoro como lo ame a él.

Como lo amo a él.

Cuidaría de Carol, y seguiría con vida, intentando, esperando ser feliz algún día.

Recordando cada instante de mi vida ese romance tan hermosamente imposible.

Por el simple hecho de cumplir mi promesa y volver a estar con él.

Por esa promesa que le hice a un ángel…

GRACIAS POR LEER :)

Quando eu mais precisava de alguém, você surgiu. Não nos conhecíamos, não sabíamos da existência um do outro e mesmo assim, quando nossos olhos se cruzaram, nossos corações foram invadidos pela afinidade, pela atração física, pelo carinho. Senti que naquele momento minha busca pela felicidade havia terminado, enfim te encontrei.

Hoje me vejo vivendo um momento realmente especial, descobrindo que amar vale a pena e que a vida pode ser verdadeiramente feliz. Quero viver este sentimento bonito e ter a certeza que fomos feitos um para o outro. Porque de tudo que descobri ao seu lado, o que me deixa mais feliz e completa, é o fato de poder compartilhar com você parte do que sou e tudo que sinto.

Estamos procurando juntos um caminho para seguir e podemos acreditar que tudo será maravilhoso, mas uma coisa você pode ter sempre certeza: qualquer que seja a situação, em todos os momentos estarei sempre ao seu lado.

Por quê? Porque te amo muito…!

—  Carol Linhares